Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Que tal viajar no Natal? Veja como outros países comemoram a data

Diferentes povos, culturas e religiões marcam as mais variadas formas de passar a data. Veja como é o Natal em Israel, Turquia, Grécia, Emirados Árabes, Egito, Marrocos, Líbano, Jordânia e nos Santuários Europeus

Se aqui no Brasil a tradição no Natal é reunir a família, trocar presentes, esperar o Papai Noel ao lado das crianças e caprichar na ceia, em outros países o costume pode ser outro. Mas qual cenário um turista brasileiro que resolve passar o fim do ano fora do País vai encontrar?

“As tradições de Natal realmente são diferentes em cada lugar. A depender da região, da religião, da cultura local, tudo pode mudar. E é isso que move boa parte das pessoas a viajar. Conhecer novas pessoas, seus costumes, sua culinária e novos olhares fazem do turismo ser algo tão especial para tanta gente”, afirma Anna Carolina Caro, diretora da agência de turismo Excursy.

Entre os destinos que a Excursy trabalha, a diversidade de tradições são marcantes, Veja abaixo como seria o Natal se você estivesse passando o Natal em:

Israel

A data em Israel é algo peculiar. Os judeus não comemoram nem o Natal nem o Ano Novo nos “moldes” cristãos. Para essa cultura, principalmente em Israel, a comemoração de fim de ano é o Hanukah, que significa festa das luzes em hebraico. Porém, para os turistas e cristãos, o país oferece uma experiência muito especial. Em cidades como Jerusalém, Tel Aviv, Nazaré e Haifa, os símbolos natalinos convivem quase sem conflito com as chanukiot, os candelabros de nove braços de Hanukah.

E a experiência de passar a data nos locais onde a tradição diz que Jesus nasceu, cresceu e morreu traz muita emoção. Se tiver a oportunidade vale a pena conhecer Israel nesta época e passar o Natal na cidade antiga de Jerusalém, participar das festas e missas na Basílica da Anunciação, em Nazaré, e da Basílica na Natividade, em Belém, visitar diversos lugares cristãos na Galileia, ou participar do Festival Holiday of Holidays, em Haifa.

Turquia

Como é um País majoritariamente muçulmano, a Turquia não celebra o Natal como conhecemos. Lá não há feriado no dia 25 e todos seguem trabalhando normalmente durante esses dias. Porém, símbolos natalinos – como o Papai Noel e as árvores de Natal – podem ser encontrados em cidades cosmopolitas, como Istambul, em um claro sinal da influência da cultura ocidental na Turquia. No entanto, para eles, esses símbolos e o Natal se referem mais à passagem de ano do que ao nascimento de Jesus.

Grécia

Já na Grécia o clima de Natal está mais ligado ao que conhecemos, mas com algumas peculiaridades. Os gregos são ortodoxos e têm costumes diferentes aos dos católicos, mas a celebração do Natal tem muita influência de costumes que vêm do exterior. Geralmente os gregos se unem às suas famílias para terem um almoço festivo no dia 25, e não um jantar no dia 24 como os católicos fazem. Na manhã da véspera de Natal as crianças batem nas portas das casas e cantam canções natalinas. Segundo a tradição, o ato de abrir a porta para as crianças cantarem traz boa sorte e prosperidade. Lá ainda é muito comum ver um símbolo de Natal bem diferente: os barcos enfeitados e iluminados dividem as atenções com as árvores.

Emirados Árabes

Nos Emirados Árabes tudo depende de onde você está. A cidade de Dubai já é naturalmente enfeitada e iluminada, mas fica ainda mais no Natal e Ano Novo. Com uma população de maioria vinda de outros países, a capital do luxo do País tem um Natal muito mais de Ocidente do que o clima de um país oriental. Árvore de Natal, neve artificial e Papai Noel estão nos shoppings que ficam todos decorados e com atividades para as crianças. Já em outras cidades, como Abu Dhabi, o cenário é diferente e o costume mulçumano fala mais forte: o Natal é mais lembrado do que comemorado.

Egito

O Natal no Egito também tem suas características próprias. O país de maioria muçulmana tem cerca de 10% da população Cristã, sobretudo da maioria Cristã Copta (Cristianismo no Egito fundado pelo apóstolo São Marcos). E para eles o Natal é celebrado no dia 7 de janeiro e não em 25 de dezembro. Se você andar pelas cidades vai encontrar decorações de Natal nas lojas, shoppings, restaurantes e ruas, mas o clima não será aquele do Ocidente.

Marrocos

O Marrocos é um país com praticamente sua totalidade de muçulmanos, com cerca de 99% da população seguindo o islamismo sunita. Por isso, as celebrações natalinas são realizadas de maneira mais intimista por aqueles poucos que comemoram. As festas acontecem em família, seja em casa ou mesmo em algum restaurante. Por isso o país também não sofre daquela enxurrada comercial do mundo ocidental em uma data como essa, com inúmeras propagandas para qualquer lugar.

Líbano

No Líbano, entre 35% e 40% da população é de cristãos. Porém, as festividades de fim de ano e o espírito natalino são compartilhados por quase toda a população. No Oriente Médio, o Líbano é o único país que comemora o Natal como um feriado oficial, em 25 de dezembro. Nas casas dos católicos maronitas, que são maioria, é costume ter o presépio montado aos pés da árvore. Mas diferentemente da forma como conhecemos, onde o presépio é montado em um estábulo, no Líbano, ele é montado em torno de uma caverna e decorado com sementes que foram cultivadas anteriormente em algodão úmido. Após duas semanas essas sementes já se tornam pequenas plantas, e seu significado em torno do presépio marca o nascimento de Jesus. A decoração das casas iluminadas também é uma tradição no país.

Jordânia

A Jordânia é outro país com maioria muçulmana em que as comemorações de Natal podem ser vistas. Apesar das festas serem mais tímidas, população cristã e islâmica podem ser vistas compartilhando a ceia juntos. Uma outra tradição do país é que amigos visitem uns aos outros nos dias seguintes. O Papai Noel, a árvore de Natal e os enfeites também são comuns em boa parte das casas. E assim como no Líbano, o ato de preparar um presépio anteriormente com sementes que se tornam plantas também é uma tradição.

Santuários Europeus

É claro que as cidades que abrigam os principais santuários europeus sempre têm uma programação muito especial para o Natal. Além das cidades receberem muitos turistas, as basílicas normalmente contam com uma programação especial de celebrações e missas. Destaque para o Vaticano, onde a tradicional árvore de Natal e o presépio já possuem celebrações de abertura no começo de dezembro. O ponto alto é a Missa do Galo, celebrada pelo Papa na noite de Natal. Para ver a Missa do Galo no Vaticano existem duas maneiras: na praça, que é aberta ao público e gratuita. Porém, se quiser, em tempos sem pandemia, assisti-la de dentro da Basílica de Santa Maria Maior, ou da Basílica de Santa Maria Maggiore, é preciso se programar com antecedência.

Ficou curioso como conhecer todas essas culturas? A Excursy pode te ajudar!

A Excursy é uma operadora de turismo online especializada em oferecer pacotes para Israel, Egito, Emirados Árabes, Grécia, Jordânia, Turquia, Líbano, Marrocos e Santuários Europeus. Criada a partir da experiência adquirida com as caravanas da Terra Santa Viagens, a Excursy oferece opções de viagem para passageiros que buscam o mesmo atendimento e segurança sem precisar fazer parte das caravanas. Tudo isso com a mesma garantia de qualidade no serviço prestado, com hotéis, tours e transporte de qualidade, com fornecedores locais confiáveis e assessoria do Brasil feita por quem trabalha há mais de 10 anos com viagens para esses destinos. O site da Excursy também conta com um blog com atualização permanente com orientações de viagem e dicas sobre o que fazer nos principais destinos.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo