Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Retomada das viagens de estudantes aos países de intercâmbio não depende apenas da reabertura das fronteiras, mas sim da situação econômica nos destinos

A reabertura das fronteiras não é a única questão para a retomada dos programas de intercâmbio em todo o mundo. Tudo depende também da situação econômica dos países.

Alguns destinos como é o caso da Austrália, que segue totalmente fechada na atual “bolha – Austrália e Nova Zelândia”, vem sofrendo alta pressão política no fator econômico porque apesar do brilhante resultado em termos de saúde e controle da pandemia, aumentam os problemas práticos de falta de mão de obra e mesmo por parte do setor de educação internacional que deixa de movimentar milhões causando forte impacto no PIB do país.

Grandes escolas diminuem os investimentos locais, seguindo com suas redes para outros destinos mais flexíveis e as menores escolas começam a ter sérios problemas financeiros causando uma ruptura e exigindo intervenção de toda a indústria educacional. A retomada ao normal exige uma atenção especial ao crescimento econômico que é movido pelos estudantes internacionais.

“Mais pessoas vão querer ir para estes países considerados saudáveis e seguros e com isso, vão abrir vagas de trabalho em especial para atender turistas. O setor de hospitality é o que mais contrata estudantes internacionais e é fácil ver que uma coisa puxa a outra.” A análise é de Alexandre Pucci, fundador da Information Planet e vice presidente da Abraseeio – Associação Brasileira de Agências Especializadas em Intercâmbio para Oceania.

Na visão do executivo, há sinais positivos de retomada dos programas de intercâmbio para a Austrália e Nova Zelândia, mas há muita especulação no mercado. “Não dá para precisar quando estaremos de novo trabalhando a pleno vapor, mas podemos dizer que os sinais são bem positivos. O movimento dos Estados Unidos feito ontem (com a liberação para estudantes brasileiros em programas de intercâmbio) prova isso e precisamos não só que as fronteiras estejam abertas, obviamente, mas que a retomada econômica seja positiva para que haja uma experiência positiva no programa de intercâmbio”, disse o executivo.

Os programas mais procurados tanto na Austrália quanto na Nova Zelândia são de trabalho e estudo e já nos Estados Unidos, existe uma grande procura de cursos superiores os quais foram os primeiros a serem restabelecidos.

A tendência deve ainda ser atendida pelo Canadá que tem início de curso superior em maio – para os intakes de Primavera e depois em setembro para os que iniciam no outono.

“Vale desde já pensar que um programa de longa duração exige um bom tempo de organização e por isso, aproveitar este período de fronteira fechada para iniciar as negociações e burocracias de visto pode ser uma boa solução para garantir valores promocionais e fazer as coisas com a calma necessária, deixando tudo pronto para no momento de reabertura o estudante possa seguir viagem.”

Saiba mais sobre a Information Planet

A Information Planet é uma agência de educação internacional que é especializada em programas de intercâmbio em países como Austrália, Canadá, Irlanda, EUA, Nova Zelândia, Reino Unido e Malta. Tem parceria com mais de 500 escolas e possui agências receptivas para os estudantes brasileiros na Austrália e no Canadá. Ao todo já enviou mais de 50 mil brasileiros para programas de educação, cultura e experiência.

Fundada em 1996, a Information Planet nasceu na Austrália pelas mãos de um estudante que passou por todas as fases de um intercâmbio. Depois de viver uma experiência incrível, ele quis facilitar a vida de quem busca uma vivência semelhante. Hoje, mais de 20 anos depois, a equipe é formada exclusivamente por ex-intercambistas e a Information Planet oferece assessoria completa em todas as etapas do programa.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo