Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Chegada de novos projetos estimula a criatividade da equipe da HotelCare

Em linha com a adaptação à pandemia e seus efeitos na indústria do turismo e, em particular, da hotelaria, a HotelCare equaciona o seu portfólio e assume novas propriedades e deixa outras.

Já foram integrados à nova gestão da HotelCare o Ibis Arapiraca, em Alagoas; a Pousada Terramare, em Guapé - MG no lago de Furnas e a Pousada Recanto dos Pássaros em Angra dos Reis - RJ na Ilha Grande. Continuam as operações do Ibis Campina Grande - PB, Ibis Montenegro - RS, o Ibis Palmas - TO, César Park e Cesar Inn em Juiz de Fora - MG. Atualmente são 8 hotéis e 599 apartamentos.

"As operações da Tempus em São Paulo, a saber: Excelsior São Paulo, Marabá São Paulo e Timbiras Inn, voltam à auto-gestão dos investidores. Os demais hotéis da Tempus, César Park e César Inn em Juiz de Fora - MG, seguem sob administração da HotelCare. A realidade de São Paulo motivou a mudança na gestão, haja vista o fluxo instável e da tímida retomada das atividades corporativas não atingirem o patamar que entendemos viável para a manutenção de uma gestora profissional, ao mesmo tempo Juiz de Fora, assim como as médias cidades brasileiras, ainda mantém um fluxo razoável de negócios". Comenta Ronaldo Albertino, Diretor da HotelCare.

"A decisão conjunta, minha e da HotelCare, se deu pela situação drástica que as operações enfrentam em São Paulo, tanto é que continuamos com a gestão da HotelCare em Juiz de Fora. Ter bons profissionais ao nosso lado sempre é a forma mais saudável de enfrentar adversidades, por isso somos gratos pelo trabalho desenvolvido em São Paulo e felizes por continuar com a HotelCare". Declara a proprietária da Tempus, Valéria Coelho Borges.

O Ecoresort & Golfe Clube dos 500 foi outra propriedade que a HotelCare também deixa de ter sob sua administração e, portanto, os proprietários reassumem a gestão do Ecoresort.

"Foram seis meses intensos de trabalhos em várias áreas, sobretudo na divulgação massiva do empreendimento. Ainda que o segmento de lazer tenha demanda maior neste momento, o segmento corporativo ainda é muito importante para compor o volume de receita ideal para atingir o ponto de equilíbrio; como todos vemos a retomada tímida do corporativo é natural que os proprietários busquem reduzir os custos para minimizar o impacto que todos enfrentam, em todas as áreas". Explica Jeferson Munhoz, Diretor da HotelCare.

"A grande lição que todos nós estamos aprendendo é a adaptabilidade e rapidez na tomada de decisão. Vimos no passado recente o anúncio da saída de São Paulo do Four Seasons, marca inquestionável, mas que soube a hora de recuar quando necessário. A nossa empresa é jovem, tem apenas dois anos e já alcançou um patamar invejável, principalmente se levarmos em consideração que foram praticamente doze meses de pandemia em nossa curta história de dois anos. Iniciamos o ano de 2020 com 3 hotéis e 329 apartamentos sob nossa operação, agora em janeiro de 2021 temos 8 hotéis e 599 apartamentos, um crescimento de mais de 80%. Não é de se desprezar. Poderíamos ter mais propriedades em nosso portfólio caso aceitássemos as operações que não agregariam valor e nas quais o relacionamento com os proprietários fosse de litígio mesmo antes de começar. Vimos muito isso nestes últimos meses e o crescimento a qualquer custo, pode custar muito caro". Completa Ronaldo Albertino, Diretor da HotelCare.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo