Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

HotelInvest e FOHB apontam futuro da hotelaria

A HotelInvest, em parceria com o FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, elaborou o estudo “O Futuro dos Hotéis”, analisando o ritmo de recuperação dos hotéis urbanos em 14 estados brasileiros até o mês de setembro. O documento aponta que a ocupação cresce em todo país, mas com velocidade e percentuais muito diferentes quando comparados com o período pré-pandemia.

A ocupação média é um dos fatores que retrata a recuperação do setor, apesar de ainda lenta quando comparada aos dados anteriores a março de 2020. Entre os mercados analisados, a média das cidades do interior saiu na frente, com até 10 pp de ocupação acima das capitais.

Na pesquisa, o Rio de Janeiro é destaque com 48% de taxa de ocupação no interior e 38% na capital. Entre as cidades indicadas, os principais indutores de demanda têm sido a cadeia produtiva de óleo e gás, empresas de pequeno e médio portes, com foco no público regional. Contudo, as cidades com maior atividade econômica estão em ritmo aquém do desejado, como São Paulo, que em média alcançou 16% na capital e 25% no interior.

Em relação à diária média de hotéis urbanos, nota-se que as maiores quedas acontecem nas capitais do país, como -23% em Porto Alegre e -21% no Rio de Janeiro. No interior fluminense as diárias tiveram um aumento de 9%. São Paulo apresentou uma queda de -17% na capital, já a Bahia foi o único estado que conseguiu manter estabilidade na diária.

Dentre as oportunidades identificadas no estudo, encontra-se a retomada das viagens de lazer, o aumento nas reservas diretas e nítida preferência por destinos domésticos por conta das barreiras impostas por outros países e o dólar alto. A maior preocupação no mercado se dá na queda das tarifas, fragilidade no fluxo de caixa e cenário conservador para recuperação dos hotéis urbanos.

Orlando de Souza, presidente executivo do FOHB, aponta que “O estudo em parceria com a HotelInvest é importante para se entender como está o setor desde o começo da pandemia e os impactos no futuro. A intensificação da queda das diárias pede extrema atenção dos hoteleiros. Em setembro, tivemos uma queda de 15% na diária média nas capitais das regiões sul e sudeste, por exemplo. O momento pede serenidade e cautela para tomar as melhores decisões”.

Pedro Cypriano, sócio-diretor da HotelInvest, comenta que “Apesar de difícil precisar quando acontecerá, mantida tendência de controle gradual da Covid, não há outro caminho que não o de recuperação do desempenho da hotelaria no Brasil. Na média, esperamos para a maior parte da hotelaria urbana no Brasil um 2021 com RevPAR entre 60% e 80% sobre os valores alcançados em 2019, com destaque às cidades de pequeno e médio portes”.

Confira o estudo completo anexo ou no link:
https://hotelinvest.com.br/hotelinvest-e-fohb-fazem-apresentacao-sobre-o-futuro-dos-hoteis-no-brasil/

Sobre o FOHB

O FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil – é uma entidade associativa que reúne as mais importantes redes hoteleiras com atuação no país. Fundado em 2002, hoje conta com 21 redes associadas, tanto nacionais, como internacionais.

São 671 hotéis de redes associadas ao FOHB, que juntos totalizam mais de 105 mil unidades habitacionais (UHs). Estão presentes em 168 municípios nas 5 regiões do Brasil, gerando mais de 150 mil empregos diretos e indiretos. Em 2022, os hotéis das redes associadas ao FOHB serão 848, que totalizarão mais de 140 mil Uhs.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo