Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Pesquisa da ABIH-SP mede desempenho da hotelaria em Julho

Associação Brasileira da Indústria de Hotéis - ABIH-SP passa a divulgar, mensalmente, resultados atualizados da pesquisa que abrange 11 RTs (Regiões Turísticas). Em julho de 2020, o desempenho geral da hotelaria do Estado de São Paulo apresentou taxa de ocupação (TO) de 19,83%; diária média (DM) de R$ 282,55; e RevPar de R$ 56,03. Estudo realizado é baseado no desempenho mensal dos hotéis associados à Instituição.

“Com amostra representativa, constituída por 64,1% da base de associados, os resultados obtidos alcançam intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 4%, para mais ou para menos”, explica Roberto Gracioso, conselheiro fiscal da entidade e coordenador geral do estudo. ABIH-SP possui 196 empreendimentos hoteleiros associados.

De acordo com Ricardo Andres Roman Jr., presidente da ABIH-SP, o objetivo da iniciativa é divulgar aos associados, órgãos governamentais e de imprensa um diagnóstico mensal do desempenho da indústria hoteleira no Estado de São Paulo. “Está evidente o elevadíssimo grau de dificuldades enfrentadas por toda a hotelaria paulista, com destaque para reduzidas taxas médias apuradas em julho de 2020 junto aos empreendimentos da capital: ocupação, 8%; diária, R$ 258,90; e RevPar, R$ 20,71”, destaca Roman Jr.

O trabalho revelou ainda que, no mês de julho, 81,54% dos hotéis estiveram em funcionamento, enquanto 18,46% mantiveram-se fechados. Oferta total de unidades habitacionais (UHs), por conta da Covid-19, alcançou 34,59%. Já as UHs fechadas atingiram 65,41%. O total de funcionários nos hotéis em funcionamento foi de 94,08%; e dos estabelecimentos fechados representou 5,92%. A taxa de funcionários por unidade habitacional em funcionamento chegou a 0,593.

“A metodologia adotada permite identificar também que a retomada tem início com a demanda turística terrestre, direcionada a destinos turísticos em diferentes regiões do interior e litoral”, complementa Roman Jr.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo