Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Constantes incêndios em museus, no Brasil, trazem uma reflexão sobre medidas de segurança

Vivenciamos um momento conturbado na sociedade onde valores são reconhecidos somente após terem sido perdidos. No Brasil, ocorreram nos últimos anos constantes incêndios de grandes proporções que fizeram com que parte da nossa história fosse perdida, além do risco de perdas humanas.

Arquivos, teatros, peças históricas e outros objetos com valores inestimáveis para a nossa história foram perdidos em tragédias como a de 2013 no Memorial da América Latina, de 2015 no Museu da Língua Portuguesa, de 2018 no Museu Nacional da UFRJ e agora, em 2020, no Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG. A maioria dos casos poderiam ter sido evitados ou minimizados com algumas medidas de segurança contra incêndios.

Devem-se ressaltar ainda diversos erros apontados pelos especialistas que avaliariam alguns dos casos, como precariedade das instalações elétricas e fiações expostas. O Museu Nacional do Rio de Janeiro, por exemplo, não contava com uma rede de sprinklers, um dos principais sistemas de combate a incêndio disponíveis. Este equipamento é considerado um dos mais eficientes no controle de incêndios, pois combate as chamas ainda no início, evitando que o fogo se alastre no estabelecimento.

“Junto a outras medidas, como saídas de emergências amplamente sinalizadas, extintores portáteis e hidrantes, por exemplo, o sistema de chuveiros automáticos - conhecido popularmente pelos engenheiros como ‘sprinkler’ - ajuda a evitar a perda do patrimônio e, o mais importante, a salvar vidas. É um dos componentes de maior importância de uma rede de combate a incêndio, pois tem a capacidade de inibir a propagação das chamas e, consequentemente, tragédias com incêndios de grandes proporções, como a que aconteceu no Museu Nacional”, explica Felipe Melo, presidente da ABSpk.

O sprinkler é fabricado em latão revestido de uma cobertura resistente a corrosão e possui uma espécie de “gatilho”, um elemento termo sensível, chamado bulbo. O bico do sprinkler é rosqueado a uma tubulação pressurizada e permanece fechado por uma tampa travada pelo bulbo. No interior do bulbo, um líquido se expande a uma determinada temperatura, de maneira que a cápsula seja rompida quando um incêndio for iniciado.

De acordo com Felipe Melo, se instalado de maneira correta e com manutenção em dia, o sprinkler entra em operação automaticamente, liberando água de forma rápida e de maneira circular, atingindo uma área aproximada de 16m², propiciando tempo de fuga para os ocupantes do local. Além do alastramento do fogo, consequentemente, o Sprinkler também ajuda a evitar a propagação de fumaça tóxica e falta de visibilidade.

Assim, é possível concluir que a não presença ou não correta instalação e manutenção de equipamentos contra incêndio, em especial o sprinkler, foram fatores determinantes nos casos dos museus. O equipamento poderia ter apagado o primeiro foco ou controlado as chamas até a chegada do serviço de emergência, evitando a perda de obras inestimáveis para a história e cultura do Brasil.

Sobre a ABSpk

A Associação Brasileira de Sprinklers, fundada no início de 2011, nasceu com o objetivo básico de fomentar o uso de sprinklers no mercado nacional. Sua função é promover a discussão, bem como implementar ações, no intuito de que todo sistema de sprinkler, projetado, instalado e mantido, no Brasil, seja tratado de maneira técnica, profissional e ética, uma vez que riscos à vida e ao patrimônio estão diretamente relacionados à correta implementação de equipamentos nos diversos tipos de empreendimentos e finalidades/uso da área protegida.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo