Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

BRAZTOA cria a campanha #ViajarÉPreciso, que traz a mensagem “Não Cancele, adie”

O momento é de cuidados, união e solidariedade. A pandemia do Covid-19 tem um potencial devastador para o mundo, e em especial, para o setor de turismo. A BRAZTOA atua no Brasil de forma alinhada com os principais organismos oficiais de saúde e do turismo e acredita que, se adotarmos medidas mais rigorosas agora, o tempo para a reabertura das fronteiras e livre circulação de pessoas será mais curto.

Segundo um recente levantamento feito pela entidade, comparando com 2019, os resultados das vendas das associadas BRAZTOA (Associação Brasileira das Operadoras de turismo) efetivadas em janeiro e fevereiro de 2020 foram menores para 65% delas. Já para março, essas empresas estão com as vendas praticamente paralisadas.

Seguindo a tendência de transmissão global do Coranavírus, as regiões que registraram os primeiras impactos no turismo foram Ásia, Oceania e Europa. Mas agora, com o avanço da pandemia por todos os continentes, as restrições de voos, circulação de pessoas, fechamento de espaços públicos e turísticos, exigência de quarentena e bloqueio de fronteiras, estão generalizados. A isso tudo ainda se soma os reflexos que a insegurança provoca na volatilidade das moedas e o resultado, não podia ser diferente, as viagens internacionais foram severamente comprometidas.

No Brasil, o cenário não é diferente. Por conta das medidas e orientações do Ministério da Saúde e dos governos locais para conter o avanço da pandemia, o turismo aqui, neste momento, está praticamente inviabilizado.

Nunca estivemos diante de uma crise dessa magnitude e por isso a BRAZTOA vem apoiando os seus associados em diversas frentes de trabalho, inclusive de forma conjunta com outras entidades do setor. Uma das principais ações foi o encaminhamento de um pleito para o Ministério do Turismo para aprovação de medidas emergenciais visando garantir a sustentabilidade do setor que passa por: disponibilização de linhas de crédito especiais, suspensão e/ou postergação de pagamento de impostos, liberação do saque do FGTS para funcionários, apoio para remarcação de viagens em detrimento ao cancelamento com consequente devolução de valores que põe em risco a manutenção dos negócios.

Mas há muitas outras iniciativas em andamento junto aos governos estaduais, municipais, junto a fornecedores da cadeia produtiva e de apoio aos consumidores que ainda estão em viagem ao exterior, por intermédio das operadoras associadas, e que precisam regressar ao país. Nossos associados seguem as recomendações dos órgãos oficiais e estão comprometidos a prestar os melhores serviços a todos os seus passageiros, fazendo a ponte entre eles e os mais diversos fornecedores espalhados pelo mundo para que viagem sempre com segurança.

E como uma medida fundamental, criamos a campanha #ViajarÉPreciso, que traz a mensagem “Não Cancele, adie”, tendo em vista que os impactos para agentes de viagens, meios de transporte, hospedagens, receptivos e guias de turismo são incalculáveis.

Estamos convictos de que é com união que superaremos esse momento tão desafiador para o Turismo e para toda a sociedade e 70% dos associados BRAZTOA acreditam que o mercado se normalizará ainda em 2020. Ou seja, em breve essa crise ficará para trás e finalmente voltaremos a atuar para que cada um possa realizar o seu sonho de viajar.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo