Grupo Costa movimenta 12,6 bilhões de euros e gera mais de 63 mil empregos na Europa

Um estudo realizado pela Deloitte & Touche, em conjunto com a Universidade de Gênova e a Universidade de Hamburgo, mostra um panorama do impacto econômico da companhia marítima na Europa; A contribuição à economia da Itália é de mais de 3,5 bilhões de euros e 17 mil postos de trabalho; A região italiana da Ligúria é a maior beneficiada pela presença da Costa Cruzeiros

A indústria de cruzeiros confirma sua contribuição positiva para a economia europeia e italiana. O Grupo Costa, líder do setor no continente europeu e também na China, com 3,2 milhões de hóspedes, gerou um impacto econômico total de 12,6 bilhões de euros em 2018 na Europa, criando mais de 63 mil empregos.

Os números fazem parte de um levantamento realizado pela consultoria Deloitte & Touche, em parceria com a Universidade de Gênova e a Universidade de Hamburgo, e apresentado no final de setembro pela companhia marítima.

O estudo considerou três principais tipos de impacto econômico. O direto, que engloba despesas da empresa, seus passageiros e sua tripulação, e representa 38% do total; o impacto indireto, que corresponde às despesas efetuadas pelos mais de 10 mil fornecedores e parceiros do Grupo Costa, e soma 36% do total; e o impacto sobre as atividades como os gastos e o consumo dos colaboradores, fornecedores e parceiros do Grupo Costa em bens e serviços nos locais onde vivem e passam os navios da companhia.

Considerada a atividade com o maior impacto econômico na Europa, a construção naval movimentou cerca de 4,5 bilhões de euros e gerou mais de 20 mil postos de trabalho. Os números são consequência de um plano de expansão da companhia, que terá, até 2023, sete novos navios em sua frota – desses, dois já estão em operação. Os gastos realizados pelos hóspedes também foram expressivos. Somando todas as visitas realizadas pelos navios da companhia, cada passageiro gastou, em média, 74,60 euros por escala. Além disso, 60% dos turistas embarcados afirmaram querer retornar aos destinos visitados, confirmando a importância do setor de cruzeiros marítimos na promoção do turismo local.

"Os cruzeiros são sinônimo de valor e riqueza para as cidades e países onde operam e cada euro gasto pelo nosso grupo, pelos nossos hóspedes ou pela nossa tripulação, tem um efeito multiplicador. Esse círculo virtuoso criado pode transformar positivamente a economia local, garantindo sua continuidade e reforçando sua estabilidade econômica", afirma Neil Palomba, presidente da Costa Cruzeiros. Para o executivo, o objetivo do estudo é justamente quantificar esse valor na Europa, especialmente na Itália, onde a companhia é líder e possui uma presença histórica estabelecida. “Esses números podem servir de base para que, de posse de mais informações, programas de desenvolvimento possam ser implementados com as comunidades dos portos que visitamos", completa Palomba.

Entre os países em que o Grupo Costa gera maior valor, incluindo a Costa Cruzeiros e a AIDA Cruises, estão a Itália e a Alemanha. Na Itália, pátria da companhia e sua casa há mais de 71 anos, o impacto econômico foi de 3,5 bilhões de euros em 2018, com cerca de 17 mil empregos gerados. Somente na Ligúria, a presença do Grupo Costa representa 511 milhões de euros e mais de 3.200 empregos, sendo 1.100 diretos, na sede da Costa Cruzeiros e em seus três portos de embarque na região: Gênova, Savona e La Spezia.

O número de fornecedores locais também é bastante significativo. São mais de 4.700 empresas, incluindo o estaleiro Fincantieri e grandes marcas italianas nos setores de design, alimentos e bebidas. A Itália também está entre os principais destinos dos navios do Grupo Costa. Somente no país, os navios movimentaram 3,2 milhões de passageiros em 2018 e realizaram 852 escalas em 20 portos diferentes.

Para 2019, a Costa espera um aumento no número de passageiros transportados, graças ao retorno do Costa Fortuna à região. Com saídas semanais, o navio deve transportar 170 mil hóspedes a partir do porto de Gênova no próximo ano. Para 2020, a expectativa é de que sejam mais 185 mil passageiros, quando essas saídas regulares passarem a ser feitas pelo navio Costa Pacifica, com maior capacidade.

Savona é o principal porto da Costa Cruzeiros, tendo recebido 850 mil passageiros em 2018, o que acarretou numa contribuição econômica de 125 milhões de euros e 700 postos de trabalho. Com a chegada do navio Costa Smeralda, novo flagship da companhia, já no final de 2019, Savona deve presenciar um crescimento nos próximos anos. Para acomodar o novo navio, a Costa investiu, juntamente com a Autoridade Portuária do Oeste da Ligúria, mais de 20 milhões de euros na reestruturação do cais principal.

Sobre a Costa Crociere

A Costa Crociere é a companhia marítima italiana integrante da Carnival Corporation & plc, a maior empresa de cruzeiros do mundo. Há 71 anos a frota da Costa Crociere navega pelo mundo e oferece o melhor do estilo italiano, da hospitalidade a alta gastronomia, fazendo das férias uma experiência única a bordo. As embarcações incluem o que há de mais moderno em diversão, além de oferecer opções para aqueles que desejam relaxar. Possui 15 navios em serviço, a maior frota da Europa.

Além disso, dois navios de última geração serão entregues em 2019 e 2021: eles apresentam um "projeto verde" revolucionário e será conduzido por gás natural liquefeito (GNL), combustível fóssil mais limpo do mundo, o que representa um grande avanço ambiental. A Costa reflete a excelência italiana surpreendendo seus clientes todos os dias com experiências de férias únicas e inesquecíveis graças aos 27.000 associados de Costa em todo o mundo que, por sua vez, trabalham todos os dias para oferecer o melhor da Itália em férias de cruzeiro por meio de 140 itinerários diferentes, 261 destinos e 60 portos de embarque.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

NEWSLETTER SEGS