Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mensagem... Nossas lentes

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Redação do Momento Espírita
  • SEGS.com.br - Categoria: Mensagens
  • Imprimir
  • E-mail

Nossas lentes

Quando ainda pequenos, conhecemos nossos avós e bisavós, servindo-se de óculos para melhorarem a sua visão, quase consumida pelos largos anos vividos.

No entanto, pensamos alguma vez como enxergavam ou deixavam de enxergar as pessoas, antes da invenção do primeiro par de óculos?

As notícias da criação das primeiras lentes data do século VIII a.C. Tratava-se de um cristal de rocha que tinha a propriedade de ampliação da imagem.

Mas, foi somente no século XIII que esse cristal passou a ser conhecido e utilizado, surgindo os primeiros óculos.

Foi um conforto, para os que tinham problemas de visão poderem ver melhor, a partir desse instrumento mágico.

E se os óculos foram uma conquista, prosseguimos, como humanos criativos, a inventar.

O século XVI assinala a invenção dos holandeses Hans e Zacharias Janssen: um instrumento com capacidade de ampliar imagens de objetos muito pequenos até três a quatro vezes.

Era o microscópio. A partir de 1632, passou a ser utilizado especialmente para os cientistas estudarem e compreender os micro-organismos.

Tornava-se visível o que nos era invisível, até então. O mundo dos infinitamente pequenos. Descobrimos novos mundos, que nos escapavam totalmente à visão.

Então, desejamos conhecer o macrocosmo, o infinitamente grande.

Não se sabe ao certo quem inventou o telescópio. O primeiro pedido de patente foi feito por Hans Lippershey, em 1608, na Holanda.

Porém, foi o professor de matemática da Universidade de Pádua, Galileu Galilei, quem primeiro o utilizou para estudar o céu, cientificamente.

Ele revolucionou a astronomia, desenhando as crateras da lua com detalhes impressionantes.

Mostrou que ela não era sólida, regular e uma esfera perfeita. Era irregular como a própria Terra.

Também nos revelou as quatro luas de Júpiter.

* * *

Lentes, que descoberta impressionante!

Com elas, temos melhorada nossa deficiente visão, permitindo que nos movimentemos de forma segura, sobre o planeta.

Podemos ver os objetos, as cores, o claro, o escuro, contemplarmos nossa própria imagem ao espelho.

Com elas, descobrimos o mundo espetacular das células, os micro-organismos e nos maravilhamos com os aglomerados de estrelas e os detalhes de outros mundos.

Em nossa vida, igualmente, são demasiado importantes as lentes.

Precisamos ter lentes mentais adequadas para ver as coisas como realmente são.

Se estivermos com as lentes alteradas pela nossa vaidade, orgulho e egoísmo, deixaremos de ver o que é pequeno, detalhes de suma importância para nosso viver.

Deixaremos de ver o nosso irmão que passa cabisbaixo, portando problemas que lhe pesam aos ombros.

Deixaremos de ver o rosto entristecido, o corpo que se dobra ao sofrimento.

De igual forma, não descobriremos o mundo macro da beleza, da harmonia, que nosso Pai Celestial nos destina, como filhos de Seu amor.

Lentes para os olhos da nossa alma, aumentadas pelo conhecimento, pela sabedoria, pela humildade.

Lentes para a nossa compaixão, nossa solidariedade para ver o interior das criaturas, descobrindo-lhes as necessidades.

Escolhamos muito bem as nossas lentes.

Redação do Momento Espírita
Em 5.4.2023.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

voltar ao topo