Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mensagem... Frutos da renúncia

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Redação do Momento Espírita
  • SEGS.com.br - Categoria: Mensagens
  • Imprimir
  • E-mail

Frutos da renúncia

Na pequena cidade, quase todos se conheciam e a comunidade tinha a virtude da solidariedade.

O que acontecia a um, atingia aos demais. Assim, quando um incêndio devorou as instalações do ainda nem inaugurado restaurante do jovem casal, a cidade ficou abalada.

Todos estavam cientes que o marido de Justine vendera seu barco e ela investira até o seu último centavo para aquisição daquele imóvel.

Ainda estavam no período das reformas, quando o sinistro surpreendeu, com suas chamas altas, em plena noite.

Às vésperas do Natal, aquela tragédia atingiu não somente o casal, mas parentes, amigos, conhecidos.

De forma surpreendente, a mão de obra para a limpeza, retirada de entulhos e consertos possíveis se apresentou.

Foi emocionante recepcionarem o casal entre as paredes queimadas, com salgados, tortas, café, chá, dizendo da sua intenção de auxiliar.

Aquilo serviu de estímulo aos jovens para prosseguirem na perseguição do seu sonho, a abertura do restaurante.

Quando a cantora, vinda de outra cidade, desembarcou no cais, teve quem a auxiliasse, indicando o endereço que buscava.

Grávida, não lhe foi difícil conseguir emprego como garçonete e cantora, na lanchonete mais frequentada da pequena cidade.

Uma cidade amiga. Uma cidade solidária.

Quando o concurso anual da mais bela decoração natalina foi aberto, o dono da pousada se esmerou.

Utilizou os enfeites do ano anterior, adquiriu outros e iluminou o imóvel do telhado ao chão. De longe, podiam ser vistas as luzes de variadas cores.

Pelo jardim, espalhou árvores decoradas, laços de fita, renas iluminadas e outras figuras natalinas.

Os comentários é de que a pousada, com certeza, seria a escolhida pela comissão de festejos, composta pelas pessoas mais atuantes na comunidade.

Os dias avançavam e Bob, o dono da pousada, já se imaginava com o troféu nas mãos, pela oitava vez consecutiva.

Então, quando a Comissão estava prestes a decidir, sua esposa fez um comentário.

Disse como a quase nonagenária senhora Edna ficaria triste por não ser a premiada.

Afinal, disse ela, está idosa, vive sozinha e se esmerou na decoração. Pobre Edna, sua tristeza será muito grande mesmo.

Ao ouvir isso, Bob olhou o esplendor da sua pousada, as luzes piscando, o colorido imenso que tomava conta do jardim, na noite agradável.

Pensou em Edna. Há poucos dias, ele a vira se credenciar para compartilhar um jantar com um dos jovens da cidade.

Uma promoção que visava oferecer alegria à comunidade, alargamento das amizades e, também, recursos para a manutenção da Biblioteca Pública.

Então, num gesto bem pensado, ele foi até a caixa de força e desconectou os cabos elétricos. Repentinamente, todos os enfeites, guirlandas, sinos iluminados desapareceram.

Com essa atitude, ele se retirava da competição para possibilitar a vitória à idosa Edna.

Uma renúncia. Um ato de compaixão, de bondade, de solidariedade.

Ele desejava ver aquela senhora sorrir, se emocionar e mostrar o troféu conquistado.

Um gesto assim massageia o coração de quem o realiza. E coloca sorriso nos lábios envelhecidos de uma longa vida.

Redação do Momento Espírita, com base em
capítulos do seriado Os casos de Cedar Cove
do romance homônimo de Debbie Macomber.
Em 7.12.2020.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

voltar ao topo