Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mensagem... Verdadeira homenagem

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Redação do Momento Espírita
  • SEGS.com.br - Categoria: Mensagens
  • Imprimir
  • E-mail

Verdadeira homenagem

Foi em agosto de 2003 que um caminhão estacionado nas proximidades do escritório da ONU, em Bagdá, no Iraque, explodiu.

Foi mais um ataque terrorista e causou a morte de vinte e dois funcionários. Entre eles, estava o brasileiro Sérgio Vieira de Mello, alto comissário da ONU para os Direitos Humanos.

Quatro anos depois, no dia 28 de junho de 2007, a Organização das Nações Unidas inaugurou, em Genebra, um busto de bronze, em homenagem ao diplomata brasileiro.

Colocado em um pedestal, constam igualmente ali os nomes dos outros vinte e um funcionários mortos, no trágico atentado.

Justa, com certeza, a homenagem, a quem se doava em prol dos direitos humanos.

Enquanto isso, a notícia de que, nos próximos dias, seria enforcado, pela justiça iraquiana, o suposto responsável pelo ataque, chegou aos ouvidos da família de Sérgio.

A mãe emitiu um comunicado, apelando para que a sentença de morte fosse revista.

Também o relator especial da ONU sobre a independência do poder judiciário, emitiu o mesmo apelo ao governo iraquiano.

Tudo poderia passar como apenas uma notícia a mais, não fosse a justificativa, entre outras, da mãe de Sérgio: Ele sempre foi contra a pena de morte.

Esta, com certeza, foi a melhor e mais verdadeira homenagem que o brasileiro poderia receber.

Enquanto, em nosso próprio país, vozes se erguiam para invocar a instauração da pena de morte, uma mãe, em memória de seu filho, a própria vítima, pedia pelo seu algoz.

Isso nos leva a cogitar o quanto essa mãe ama seu filho, pois que, mesmo após a morte dele, suplantando a dor da separação e da saudade, o respeita e procura fazer valer a sua vontade.

Ela poderia deixar tudo transcorrer. Afinal, o Iraque é tão longe e o suposto assassino lhe é desconhecido.

Poderia pensar que ela nada tem a ver com isso. Mas, como alguém que ama em profundidade, ela faz o apelo. E recorda os anseios que nortearam a vida do seu filho.

Ele lutava por direitos humanos. E a vida é o primeiro direito a ser assegurado.

Oportuna manifestação de um coração materno.

Ela sabe que nada trará seu filho de volta. Ela o guarda em sua memória, colorindo as lembranças com as flores da sua terna e longa saudade.

Não pensa em vingança. Tem em mente respeitar o filho amado e, possivelmente, o coração de outra mãe, esposa, filha, irmã, que muito sofrerá com a morte do seu afeto, não importando o que ele tenha feito.

Seu gesto impactou a sociedade.

Possivelmente, algumas mentes repensarão as suas posições destrutivas.

Outras tantas verão com olhos diversos a delicada questão da pena de morte.

Todos, no entanto, não esquecerão, a especial, justa e verdadeira homenagem de uma mãe ao seu filho.

Um respeito que suplanta a dor da separação, a ausência da presença física do filho amado para se expressar em nome de ideais defendidos por quem teve sua vida ceifada, tão violentamente.

Um exemplo a ser seguido.

Redação do Momento Espírita, com base em notícia publicada
na pág. 4 (Mundo), do Jornal Gazeta do Povo, de 29.6.2007.
Disponível no livro Momento Espírita, v. 6, ed. FEP.
Em 30.9.2020.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

voltar ao topo