Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mensagem... O outro lado do caminho

  • Escrito ou enviado por  Redação do Momento Espírita
  • SEGS.com.br - Categoria: Mensagens
  • Imprimir
  • E-mail

O outro lado do caminho

A morte não é nada.

Eu somente passei para o outro lado do caminho. Eu sou eu, vocês são vocês.

O que eu era para vocês continuarei sendo. Deem-me o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos. Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo, sem nenhum traço de sombra ou tristeza.

A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado. Por que eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vidas?

Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho...

Você que aí ficou, siga em frente. A vida continua linda e bela como sempre foi.

* * *

Quem dera todos pudéssemos nos despedir assim de mais uma jornada no mundo físico, de cabeça erguida, sem remorsos, sem medo e ainda deixando um rastro de esperança para os que ficam.

Quem dera todos tivéssemos essa noção clara de que não estaremos longe, apenas do outro lado do caminho.

Quem dera conseguíssemos manter o laço com quem partiu, não o laço que segura, que retém, mas aquele que mantém a ligação do coração, que faz com que quem deixou o mundo por primeiro se sinta tranquilo, sem preocupações em relação aos que ainda nele permaneceram.

Quem dera entendêssemos que cada um tem seu próprio trilhar, e por maior que seja nosso amor, não foi feito para viver eternamente amarrado em nós.

O amor não acorrenta, pelo contrário, liberta, dá asas, dá oportunidades, deseja e trabalha pelo bem do outro.

E quando o tempo do outro termina aqui na Terra, nossa alma deveria se inundar de felicidade.

Isso não nos impede de sentir a ausência, de demorar em se acostumar a viver mais distante daquele que, por vezes, dividiu toda uma encarnação conosco.

Isso não nos impede de sofrer. Sofrer faz parte da vida, do crescimento do Espírito e de seu processo de sensibilização moral.

Sigamos em frente mesmo assim. Chegará o nosso tempo. E o mais incrível de tudo isso é que nunca sabemos quando. Por isso é importante estar sempre preparado, deixando a casa da alma em ordem, arrumada, nada fora do lugar, nada por fazer ou resolver no suposto amanhã.

Logo estaremos do outro lado e ainda caminhando, pois a estrada é longa, contínua e cheia de conquistas, em ambos os lados.

Quanto mais adiante estamos, mais fortes e dispostos estaremos. Cada passo dado nos faz mais completos, mais felizes.

Os que estão do outro lado do caminho acompanham nosso trilhar com carinho e, por vezes, se programando para retornar, pois o ir e vir é lei universal.

Um dia ainda nos questionaremos: qual o verdadeiro outro lado do caminho?

Redação do Momento Espírita, com base em trecho do sermão
de Henry Scott_Holland, intitulado Morte do Rei dos Terrores,
pronunciado durante o funeral do rei Eduardo VII.
Em 20.2.2020.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo