Brasil, 12 de Dezembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mensagem... Casa em ruínas

  • Escrito ou enviado por  Redação do Momento Espírita
  • SEGS.com.br - Categoria: Mensagens
  • Imprimir
  • E-mail

Casa em ruínas

Maria de Magdala ouvira as pregações do Evangelho do Reino, não longe da vila principesca onde vivia entregue a prazeres, em companhia de patrícios romanos.

Tomara-se de admiração profunda pelo Messias.

Que novo amor era aquele apregoado aos pescadores singelos por lábios tão divinos?

Até ali, caminhara ela sobre as rosas rubras do desejo, embriagando-se com o vinho de condenáveis alegrias.

No entanto, seu coração estava sequioso e em desalento.

Seu Espírito tinha fome de amor. O Profeta Nazareno havia plantado em sua alma novos pensamentos, depois que lhe ouvira a palavra.

Observou que as facilidades da vida lhe traziam agora um tédio mortal ao Espírito sensível.

Maria chorou longamente, embora não compreendesse ainda o que pleiteava o Profeta desconhecido.

Entretanto, Seu convite amoroso parecia ressoar-lhe nas fibras mais sensíveis de mulher. Jesus chamava os homens para uma vida nova.

Antes do famoso banquete em Naim, onde ela ungiria publicamente os pés de Jesus com os bálsamos perfumados de seu afeto, notou-se que uma barca tranquila conduzia a pecadora a Cafarnaum.

Dispusera-se a procurar o Messias, após muitas hesitações.

A recém-chegada sentou-se, com indefinível emoção a estrangular-lhe o peito.

Vencendo, porém, as suas mais fortes impressões, assim falou, em voz súplice:

Senhor, ouvi a vossa palavra consoladora e venho ao vosso encontro!... Tendes a clarividência do céu e podeis adivinhar como tenho vivido!

Sou uma filha do pecado. Todos me condenam. Entretanto, Mestre, observai como tenho sede do verdadeiro amor!...

Minha existência, como todos os prazeres, tem sido estéril e amargurada...

As primeiras lágrimas lhe borbulharam dos olhos, enquanto Jesus a contemplava, com bondade infinita.

Ela, porém, continuou:

Ouvi o vosso amoroso convite ao Evangelho! Desejava ser das vossas ovelhas. mas, será que Deus me aceitaria?

O Profeta Nazareno fitou-a, enternecido, sondando as profundezas de seu pensamento, e respondeu, bondoso:

Maria, levanta os olhos para o céu e regozija-te no caminho, porque escutaste a Boa Nova do Reino, e Deus te abençoa as alegrias!

Acaso, poderias pensar que alguém no mundo estivesse condenado ao pecado eterno? Onde, então, o amor de nosso Pai?

Nunca viste a primavera dar flores sobre uma casa em ruínas? As ruínas são as criaturas humanas. Porém, as flores são as esperanças em Deus.

Sobre todas as falências e desventuras próprias do homem, as bênçãos paternais de Deus descem e chamam. Sentes hoje esse novo sol a iluminar-te o destino!

Caminha agora, sob a sua luz, porque o amor cobre a multidão dos pecados.

* * *

Muitas vezes nos sentimos como essa casa em ruínas. De nada temos vontade, e tudo parece querer desmoronar sobre nossa cabeça confusa.

Mas, que maravilha saber que a primavera é capaz de dar flores em nós!

Que maravilha saber que a vida nos dá sempre novas chances, assim como deu a Maria. Chances de trilhar novos caminhos, de recomeçar.

Lembremos sempre da figura da casa em ruínas na lição de Jesus. Lembremos sempre da primavera. Lembremos que Maria de Magdala encontrou o verdadeiro amor, e recomeçou...

Redação do Momento Espírita com base no cap. 20,
do livro Boa Nova, pelo Espírito Humberto de Campos,
psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. FEB.
Em 19.8.2019.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo