Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Rentabilidade elevada atrai investidores ao crowdfunding imobiliário e aumenta destinação de recursos à incorporação imobiliária

Em operações concluídas, rentabilidade média chega a 15,73% ao ano. No total, operações da Urbe.me já destinaram R$ 85 milhões a empresas.

Primeira plataforma de crowdfunding imobiliário do país, a Urbe.me realizou, desde 2015, 95 rodadas de captação coletiva que resultaram na destinação de R$ 85 milhões a 60 empreendimentos. A rentabilidade diferenciada (média de 15,73% ao ano com picos acima de 20% anuais nas 58 operações que cumpriram seu ciclo total – da captação ao prazo contratual para pagamento a investidores – foi um dos principais fatores que acabaram por popularizar a modalidade, tanto como opção de investimento quanto de fonte de recursos para empresas do setor.

Para as incorporadoras, o crowdfunding viabiliza etapas dos projetos que financiamentos bancários ao setor não cobrem. “Para financiar incorporação, documentação, lançamento, dentre outras que bancos não contemplam e que representam cerca de 5% do custo total, as empresas utilizavam, ou caixa próprio ou tinham de atrair um investidor capaz de aportar alguns milhões no empreendimento”, diz Eduarda Fabris, sócio e COO da Urbe.me.

“No crowdfunding, estes recursos chegam por meio da reunião de centenas de aportes que partem de R$ 1 mil. Em troca, os investidores recebem, além de uma remuneração mínima mensal, geralmente de 200% do CDI, uma participação do VGV, no final. Apesar dessa remuneração ser hoje bastante significativa se comparada à de outras opções de investimento, para as empresas, significa um custo menor que teriam para atrair um investidor institucional”, explica.

Outra vantagem para as empresas é que estes recursos chegam de uma só vez. “Financiamentos bancários são liberados à medida que etapas das obras são concluídas. Portanto, sempre chegam depois. O crowdfunding, ao liberá-los de uma só vez, possibilita que os projetos sejam agilizados, principalmente em seus estágios iniciais”, afirma.

Nascida em um escritório de arquitetura, a OSPA, hoje um grupo de desenvolvimento imobiliário, a Urbe.me é rigorosa quanto à seleção dos projetos que disponibiliza. Além da viabilidade dos empreendimentos, são analisadas a situação financeira e reputação de mercado das empresas. Só são aceitos projetos de incorporadoras e construtoras que já realizaram, pelo menos, três projetos do mesmo porte do que busca captação. “Já fomos procurados por mais 500 empresas e menos de 5% dos projetos apresentados ingressaram na plataforma”, conta Eduarda.

Desde 2019, a Urbe.me atua como correspondente bancário, em operações peer to peer (empréstimos entre pessoas). Desta forma, passou a seguir as regulamentações do Bacen, o que lhe possibilitou ser ainda mais rigorosa na seleção de projetos.

“Anteriormente, as cotas ofertadas a investidores eram valores mobiliários. Por isso, seguíamos as determinações da Instrução Normativa 588, da CVM, que permite captações coletivas apenas para empresas que faturam até R$ 10 milhões anuais. Era um teto bastante limitador para atuar com incorporadoras. Já como correspondente bancário, não há limite de receita, o que nos possibilita atuar com empresas mais sólidas e, assim, proporcionar maior segurança aos investidores”, conclui.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo