Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Tokenização de ativos: a evolução do Equity que a tecnologia trouxe

Empresa curitibana utiliza, pela primeira vez no Brasil, a tokenização de ativos para Equity

Por anos, investir, ou ter participação em uma empresa era algo que exigia um alto custo e uma série de burocracias. Assim, apenas empresas de grande porte que estavam adequadas aos critérios do mercado de ações, tinham a oportunidade de se desenvolverem com aporte de investidores. Agora, porém, por meio da Tokenização de Ativos, a GGV Inteligência em Vendas se tornou a primeira empresa brasileira a democratizar o acesso à divisão do Equity em forma de token.

Antes de tudo, é indispensável entender o que é Equity. De acordo com Geraldo Hisao, co-fundador da GGV, “em poucas palavras, o Equity está relacionado à soma dos valores e investimentos depositados em uma empresa”. Desse modo, o Equity de uma instituição pode ser compreendido também como as cotas que a empresa dispõe. Assim, o Equity é o valor total atribuído a uma corporação. Portanto, no momento de investir, o sócio adquire uma porcentagem do Equity da empresa.

Apesar disso, haja vista que o investimento seguro, estruturado e devidamente ordenado, (nesse caso, a divisão do Equity), era um benefício destinado somente às grandes empresas, as instituições menores que demostravam chances de um crescimento exponencial não tinham a oportunidade de crescer por meio de investidores..

“O investimento em empresas se dava, inicialmente, somente pelo mercado de ações ou entrando em uma sociedade”, afirma Hisao. Dessa forma, com dezenas de determinações, milhares de empresas eram impedidas de dividir o seu Equity e, assim, conseguir o incentivo de investidores. Apesar disso, atualmente, por meio da Tokenização, o acesso a esse tipo de investimento se tornou mais fácil tanto para investidores, quanto para as empresas.

A Tokenização de Ativos é um processo que utiliza a mesma tecnologia do Bitcoin, o blockchain e que permite a divisão de um bem, de qualquer valor, em token. Desse modo, ao tokenizar o Equity de uma empresa, é possível comprar partes da instiuição de forma rápida, fácil, transparente, irraqueável e, portanto, segura.

Apesar disso, haja vista que o investimento seguro, estruturado e devidamente ordenado, nesse caso, a divisão do Equity, era um benefícios des

A GGV, empresa curitibana, é a primeira instituição brasileira a investir nesse modelo de tokenização. Assim, nessa nova era moderna do mundo dos negócios, ao contrário de ter que se limitar à centenas de burocracias e determinações, “a Tokenização dos Ativos do Equity da empresa possibilita que, em alguns segundos, por um dispositivo eletrônico, sejam compradas e vendidas cotas de qualquer empresa no mundo”, explica Hisao. Vale ressaltar ainda que o Token GGV é listado de maneira privada e, de acordo com o co-fundador, “nesse primeiro momento será utilizado apenas para partnership, o que, logo, facilita as transações do Equity entre os colaboradores”.

Democratizar o acesso à participação de empresas é dar mais oportunidade de crescimento aos negócios em desenvolvimento. A modernização dos modelos de negócio e sociedades empresariais torna-se, por meio da GGV, digital e tokenizado, o que impacta positivamente a economia da cidade e do país.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo