Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Varejo: inadimplência registra alta de 7,4% no 1º trimestre de 2021

Varejo: inadimplência registra alta de 7,4% no 1º trimestre de 2021

Levantamento realizado pelo Meu Crediário refere-se às compras realizadas pelos consumidores no crediário em janeiro, fevereiro e março e que estão atrasadas entre 61 e 90 dias

A inadimplência do crediário no varejo de moda registrou aumento de 7,4% no primeiro trimestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são do Índice Meu Crediário, pesquisa que mede os níveis de inadimplência junto a cerca de 200 varejistas do país. De acordo com o levantamento, durante o período neste ano as lojas tinham a receber R$ 40,6 milhões e desse montante R$ 3,4 milhões (8,59%) foram pagos com atraso.

O índice de inadimplência do primeiro trimestre refere-se às compras realizadas pelos consumidores em janeiro, fevereiro e março e que estão atrasadas entre 61 e 90 dias. Após 90 dias, o cliente já é considerado inadimplente pelos órgãos de proteção de crédito. Realizado pelo Meu Crediário - fintech especializada no setor - o levantamento possui um nível de confiança de 95%.

De acordo com Jeison Schneider, CEO do Meu Crediário, este aumento é natural do período, em razão das contas de início de ano, mas também é reflexo da pandemia. “A inadimplência um pouco mais elevada no período é comum, pois normalmente ela é puxada pelos tributos e contas do começo do ano, principalmente para o público do crediário - classe C e D - que geralmente encontra mais dificuldade de organizar a vida financeira nesta época. Porém, temos ainda para compor este cenário um efeito colateral da pandemia, que deve permanecer durante o ano, e o fim do auxílio emergencial. No segundo trimestre devemos ter uma estabilidade neste indicador e no terceiro e quarto, este índice deve cair, mas ainda ficar acima se comparado com o ano passado”, explica.

Alta no crediário

O crediário próprio ganhou muito espaço em 2020 e continua com forte demanda em 2021. No primeiro trimestre deste ano, o Meu Crediário analisou um volume de crédito de R$ 47,6 milhões, um aumento de 54% na comparação com o ano passado, cujo valor foi de R$ 31 milhões. “Muitas redes varejistas perceberam que estão carentes sem uma solução de crediário próprio e, por isso, estão buscando por tecnologia nesse sentido agora. A operação de crediário está passando por uma forte digitalização e agregando valor para o consumidor brasileiro. Nos próximos anos a tendência é que muitas lojas passem a ter operações financeiras desenvolvidas por intermédio da operação de crediário já estruturada”, afirma o executivo.

Proprietário de um sistema de gestão especializado no crediário próprio do comércio varejista, o Meu Crediário idealizou o levantamento com intuito de trazer um panorama completo sobre o desempenho da modalidade no varejo de moda brasileiro. Dentro do setor, o crediário hoje representa em média 40% do faturamento dos lojistas.

Sobre o Meu Crediário

Lançado em 2016, o Meu Crediário oferece uma solução completa para a concessão de crédito em lojas de diversos segmentos varejistas como calçados, vestuários, óticas, etc. Para isso, a empresa dispõe de um poderoso sistema de análise de crédito, que conta também com a automatização de cobranças e a negativação de devedores. O objetivo é facilitar a gestão, reduzir o risco e aumentar a rentabilidade dos lojistas no crediário próprio. Mais informações em http://meucrediario.com.br.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo