Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Refis da Pandemia: governo mais uma vez deve socorrer as empresas

Murillo Torelli Pinto

Um novo Programa Especial de Regularização Tributária (Refis) está sendo preparado pelo Congresso. Esse Refis tem algumas particularidades interessantes. A primeira é o parcelamento e renegociação de dívidas tributárias mais antigas que a covid-19. A outra característica particular é que o programa não estará disponível para todas as empresas, somente para as empresas com queda superior a 15% na receita no período da pandemia, podendo conceder descontos de até 70% do valor da dívida (das multas e juros), sendo progressivo, "quanto maior a queda na receita, maiores serão os descontos".

As empresas que apuram o Imposto de Renda (IRPJ) e a Contribuição Social do Lucro Líquido (CSLL) pelo regime do Lucro Real terão outra vantagem, que será a possiblidade de usar o saldo de prejuízo fiscal (acumulado em períodos anteriores) como créditos tributários no pagamento de impostos. Atualmente, o saldo de prejuízo fiscal demora para ser usado, pois seu processo de compensação está limitado a 30% dos lucros futuros.

Essas duas medidas, desconto progressivo e uso do prejuízo fiscal, serão incluídas no projeto já em tramitação no Senado, e são um forte indicador de processo de transição para a tão aguardada reforma tributária.

É interessante notar que o desconto que pode chegar a 70% não é do valor dos tributos, mas dos encargos de juros e de multas que transcorreram do período do não pagamento do tributo até a data de adesão ao Refis. A medida proposta pelo Congresso apresenta descontos de até 100% sobre as multas e sobre os juros, os descontos chegam a 70%. A parcela, que tem de ser paga à vista, deve oscilar entre 2,5% e 20% da dívida, sendo menor para as empresas que tiveram maiores quedas no faturamento.

As polêmicas estão relacionadas com a queda na receita do governo com essas renúncias fiscais (apesar de serem consideradas dívidas de difícil recebimento) e limitação das empresas que poderão se beneficiar do programa. Parlamentares estão defendendo que o programa deveria ser aberto para todas as empresas (independente da queda nas receitas) e paras as pessoas físicas.

O atual Refis é um processo interessante para governo, pois ele renuncia à arrecadação de parte dos valores das multas e juros, mas acaba ajudando as empresas e conseguindo a arrecadação do valor dos tributos. Sem os descontos, muitas empresas jamais conseguiriam pagar essas dívidas tributárias. O governo entra na máxima (ou mínima) "antes receber o pouco do que não receber nada". Para as empresas também é interessante, pois elas podem diminuir as dívidas fiscais e aproveitarem o crescimento econômico que o país deve passar nos próximos meses e anos. O Ministro da Economia Paulo Guedes chamou o Refis de "passaporte tributário".

Murillo Torelli Pinto é professor de Contabilidade Financeira e Tributária da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Sobre a Universidade Presbiteriana Mackenzie

A Universidade Presbiteriana Mackenzie está na 103º posição entre as melhores instituições de ensino da América Latina, segundo a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação. Possui três campi no estado de São Paulo, em Higienópolis, Alphaville e Campinas. Os cursos oferecidos pelo Mackenzie contemplam Graduação, Pós-Graduação Mestrado e Doutorado, Pós-Graduação Especialização, Extensão, EaD, Cursos In Company e Centro de Línguas Estrangeiras.

Em 2021, serão comemorados os 150 anos da instituição no Brasil. Ao longo deste período, a instituição manteve-se fiel aos valores confessionais vinculados à sua origem na Igreja Presbiteriana do Brasil.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo