Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Atrativo alimentar é alternativa para mitigar ataques da Helicoverpa a biotecnologias de última geração

Circular do IMA voltada a cotonicultores frisa importância do monitoramento de mariposas como medida preventiva

Primavera do Leste (MT) – Uma circular recém-divulgada pelo IMA – Instituto Mato-Grossense do Algodão – faz diversos alertas a produtores da pluma, e também de outras culturas, acerca de ataques de Helicoverpa às chamadas biotecnologias de última geração. O problema, já identificado anteriormente em áreas da Bahia, levou o IMA a oficializar o Alerta de monitoramento em lavouras de algodão VIP, assinado pelos pesquisadores Jacob Crosariol Netto, Guilherme Gomes Rolim, Rogério Inoue e Eduardo Moreira de Barros.

Nesse documento o IMA destaca, por exemplo, que a Helicoverpa tem alta capacidade reprodutiva e preferência por botões florais e maçãs do algodoeiro. A circular elenca ainda as medidas recomendadas para conter danos da lagarta às biotecnologias, sobretudo o monitoramento de lavouras, aplicações de inseticidas mais seletivos a inimigos naturais e uso de armadilhas para mariposas, entre elas armadilhas de base alimentar ou ‘atrativos alimentares’.

“A principal recomendação é executar o bom monitoramento da lavoura. Uma vez constatada a praga, agregam-se ferramentas de controle, como inseticidas químicos e biológicos e armadilhas para mariposas. Quanto mais recursos o produtor integrar, maior a chance de um programa de manejo da Helicoverpa ter sucesso”, resume o biólogo e entomologista do IMA, Jacob Crosariol Netto.

Crosariol Netto assinala que o uso de armadilhas constitui parte importante do monitoramento. “Mariposas atuam à noite. No Mato Grosso, de um dia para outro, pode-se capturar até trinta mariposas numa única armadilha. Uma população representativa de mariposas sinaliza haver número proporcional de ovos da Helicoverpa colocados na área de plantio de algodão”, explica ele.

Criado em 2007, o Instituto Mato-Grossense do Algodão conta com seis Centros de Pesquisa no estado de MT. O IMA não visa lucro e atende diversas demandas de seus produtores associados, nas áreas de pesquisa, desenvolvimento e tecnologias. Um dos principais investimentos da entidade se concentra no Programa de Melhoramento Genético de Algodão. A iniciativa, segundo Crosariol Netto, visa a desenvolver variedades mais produtivas e com melhor qualidade da fibra.

Atração, controle e resistência

A companhia de origem australo-americana AgBiTech trouxe ao Brasil o atrativo para mariposas da marca Chamariz®. Conforme a empresa, a ferramenta, de fácil aplicação, chega às lavouras por via terrestre ou aérea, inclusive em drones. O gerente técnico da AgBiTech, engenheiro agrônomo Marcelo Lima, informa que o produto reúne uma mistura de extratos alimentares à base de plantas, especialmente desenvolvida para atrair e controlar mariposas dos principais lepdopteros-pragas.

“Trata-se de recurso seguro, eficaz e seletivo a insetos”, descreve Lima. Na Austrália, assinala ele, o atrativo da empresa já foi recomendado por órgãos reguladores e adotado por 60% dos agricultores. “Chamariz® atrai às mariposas da Helicoverpa e as controla pela ação inseticida agregada. O produto impede o desenvolvimento da praga e interrompe seu avanço.”

Ainda de acordo com Lima, no algodoeiro brasileiro o atrativo da AgBiTech também demonstrou encaixe altamente favorável nas práticas de manejo integrado de pragas (MIP) e de resistência de lagartas a inseticidas químicos e biotecnologias.

Desde 2002, a AgBiTech fornece produtos consistentes, de alta tecnologia, que ajudam a tornar a agricultura mais rentável e sustentável. A empresa combina experiência a campo com inovação científica. Trabalha com agricultores, consultores e pesquisadores e desenvolve soluções altamente eficazes para manejo de pragas agrícolas. Controlada pelo fundo de Private Equity Paine Schwartz Partners (PSP), a AgBiTech fabrica toda a sua linha de produtos na mais moderna unidade produtora de baculovírus do mundo, em Dallas (Texas, EUA).


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo