Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Embrapa lança kafta vegetal e apresenta tecnologias na Anufood em São Paulo

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Embrapa Agroindústria de Alimentos
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Agro
  • Imprimir

A Embrapa participa da terceira edição da Anufood Brazil, feira de negócios para o setor de alimentos e bebidas, de 12 a 14 de abril, das 10h às 19h, no São Paulo Expo, em São Paulo. No estande da Empresa, será lançada a kafta vegetal, produzida com ingredientes com características sensoriais de textura, sabor e aparência similares à kafta feita com produtos de origem animal. No local, também serão expostos ativos para parceria e tecnologias desenvolvidas pela Embrapa - inclusive através de parcerias com os setores público e privado – e também haverá degustação de produtos, incluindo a kafta.

As Unidades que participam do evento são: Embrapa Agroindústria de Alimentos (Rio de Janeiro, RJ), Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP), Embrapa Instrumentação (São Carlos, SP), Embrapa Uva e Vinho (Bento Gonçalves, RS), Embrapa Hortaliças (Brasília, DF), Embrapa Acre (Rio Branco, AC), Embrapa Pecuária Sul (Bagé, RS), Embrapa Meio-Norte (Teresina, PI) e Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza, CE). As tecnologias, práticas e outras novidades que estarão no estande da Embrapa incluem:

Kafta à base de plantas: Por meio de um projeto de inovação aberta, a Embrapa Agroindústria de Alimentos e a Amazonika Mundi, empresa de Niterói, desenvolveram a kafta plant-based, que tem o nome comercial “Kafta Amazonika”. A composição do produto tem como um dos ingredientes a fibra de caju tratada (desenvolvida pela Embrapa Agroindústria Tropical), que apresenta características neutras de sabor e odor.

Edamame: A cultivar de soja BRS 267 pode ampliar o consumo de um alimento ainda pouco conhecido no Brasil, o edamame. A cultivar produz grãos grandes, de sabor suave, que apresentam textura similar a outras leguminosas como grão-de-bico, ervilha verde e alguns tipos de feijões. O trabalho de pesquisa e de transferência de tecnologia da cultivar reúne equipes da Embrapa Soja (PR), Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ), Embrapa Trigo (RS) e Embrapa Agrobiologia (RJ).

Corante natural em pó para alimentos obtido a partir da casca da jabuticaba: Desenvolvido pela Embrapa Agroindústria de Alimentos, o produto em pó é obtido a partir da casca da jabuticaba para utilização como corante natural em alimentos processados como cápsulas de suplemento alimentar. É rico em antocianinas, pigmentos naturais responsáveis pela coloração de rosa a roxo de frutas, hortaliças e flores.

Meliponicultura: A Embrapa Meio Ambiente investe no desenvolvimento de tecnologias para criação e uso sustentável das abelhas sem ferrão. O objetivo é gerar renda a partir da biodiversidade brasileira de abelhas e aumentar a produtividade dos cultivos dependentes delas para polinização. Em parceria com a Associação Brasileira de Estudos das Abelhas, divulga conteúdo técnico-científico para o público geral, capacita criadores de abelhas e agricultores e contribui para a conservação dos polinizadores.

Produção Integrada: o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) coordena nacionalmente o Programa de Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil), focado na adequação de sistemas produtivos para geração de alimentos de alta qualidade. A Embrapa Meio Ambiente trabalha, desde 2006, com a produção integrada de morango no estado de São Paulo.

Ressonância Magnética para análise de alimentos: A nova aplicação da tecnologia de ressonância magnética na carne e em produtos processados e industrializados, à base de proteína animal, será o destaque da Embrapa Instrumentação, por meio da startup Fine Instrument Technology (FIT). Empregada no SpecFit, a tecnologia foi reconhecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e pela norma AOAC, para a avaliação do teor de lipídeos em carnes, produtos cárneos e pescados.

BRS Vitória: cultivar de uva de mesa preta sem sementes, desenvolvida pela Embrapa Uva e Vinho, que já conquistou consumidores no Brasil e no exterior com o sabor aframboesado, extremamente agradável. É produzida nos diferentes polos vitícolas do país, com destaque para a região do Semiárido onde, em função do clima, a colheita pode ser realizada todos os dias ao longo do ano. Na feira, os visitantes poderão degustar a uva produzida pela Cooperativa Agrícola de Petrolina.

BRS Lorena: uva branca, com sabor moscatel, indicada para a elaboração de sucos e vinhos brancos aromáticos e frisantes. A elevada produtividade da cultivar, da Embrapa Uva e Vinho, é uma das vantagens quando comparada a outras uvas brancas de processamento e que vem garantindo o cultivo nas regiões sul, sudeste e nordeste do Brasil. A Vinícola Góes (São Roque - SP) apresentará os produtos elaborados com a cultivar, desde o vinho seco, comercializado tanto em garrafas como em lata, até o Vinho Licoroso - Edição Especial Gumercindo de Góes 2011.

Ervilha, lentilha e grão-de-bico: apresentadas pela Embrapa Hortaliças em forma de farinha, com foco na aptidão dos três grãos para processamento. O destaque entre as leguminosas é para a cultivar de grão-de-bico BRS Aleppo, recomendada para áreas irrigadas com alto potencial produtivo, além de permitir colheita mecanizada, com aptidão industrial e in natura.

Fazenda Vertical: resultado de pesquisa desenvolvida pela Embrapa Hortaliças em parceria com a empresa 100% Livre, do ramo varejista de hortifrutis. Trata-se de um sistema de produção para diferentes espécies de hortaliças cultivadas em ambiente controlado e fechado, chamado de agricultura indoor - forma de cultivo em que são otimizados artificialmente todos os fatores ambientais que afetam o crescimento e a produção vegetal (nutrientes, água, temperatura, umidade, iluminação).

BRS Cotinga, BRS Anembé e CIP BRS Nuti: são as três novas cultivares de batata-doce, desenvolvidas pela Embrapa Hortaliças, que prometem colocar mais cores e nutrientes na dieta dos brasileiros. Em vez da casca rosada e da polpa de cor creme das variedades tradicionalmente plantadas e consumidas no país, as novas cultivares destacam-se pelos tons de roxo e de laranja, que são indicativos do alto teor de compostos bioativos benéficos para a saúde como as antocianinas e o betacaroteno, respectivamente.

Néctar misto de açaí: O produto desenvolvido no laboratório de tecnologia de alimentos da Embrapa Acre é composto por polpa de açaí, cupuaçu e guaraná, sem adição de conservantes, e pode durar quatro meses em temperatura ambiente. A tecnologia oferece potencial econômico para agroindústrias processadoras do açaí, por agregar valor ao produto e atender demandas de um mercado consumidor em expansão.

Castanha-do-brasil: A produção extrativista da castanha-do-brasil (ou castanha-do-pará) requer a aplicação de boas práticas para atender padrões de qualidade tanto das indústrias nacionais quanto do mercado internacional. A Embrapa Acre desenvolveu e validou boas práticas com o objetivo de melhorar a qualidade da castanha-do-brasil e garantir a segurança do alimento, o que garante valor agregado ao produto e gera renda ao produtor.

Cartilha “Oportunidades de Agregação de Valor à Carne Ovina – Da Carcaça aos Derivados Cárneos”: A Embrapa Pecuária Sul lança na Anufood a publicação que tem como objetivo apresentar diferentes alternativas de agregação de valor à carne ovina, levando em conta as diferentes raças e categorias de animal e, com isso, incentivar o aumento do consumo dessa proteína no Brasil.

Cultivares de feijão-caupi (BRS Imponente, BRS Pajeú, BRS Tumucumaque, BRS Novaera, BRS Guariba): Serão expostas amostras de grãos das cultivares desenvolvidas pela Embrapa Meio-Norte, destacando-se as biofortificadas e as voltadas para exportação. Também serão apresentados trabalhos com processamento do feijão-caupi (farinhas e grãos descascados e etapas da moagem) e amostras de cookies e mini fatias individuais de bolo de feijão, resultantes do processamento do feijão-caupi, que são produtos saudáveis e sem glúten e podem ser consumidos por pessoas alérgicas.

Composto bioativo de xarope de yacon e extrato de carotenoides: concentrado para incorporação em alimentos feito à base de extrato de yacon – raiz de origem andina, utilizada como alimento, com elevado conteúdo de fruto-oligossacarídeos, componentes capazes de atuar na composição da microbiota do cólon, proporcionando benefícios à saúde humana, em especial na melhoria do sistema de defesa antioxidante e do metabolismo de diabéticos.

Rolinho de frutas sabor banana com atividade probiótica: Fitas (rolinho de frutas) flexíveis, com aroma e sabor de banana, contendo bactérias probióticas que pode ser consumidas como snacks (petiscos) flexíveis e saudáveis, em substituição aos snacks convencionais.

Evento

A Anufood Brazil é organizada pela Koelnmesse Brasil em parceria com duas unidades da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a FGV Europe e a GV Agro. No evento, compradores nacionais e internacionais terão a oportunidade de encontros para realizar negócios, além de ter contato com as inovações da indústria.

Serviço

Anufood Brazil
Data: 12 a 14 de abril de 2022
Feira: 10h às 19h
Local: São Paulo Expo
Endereço: Rodovia dos Imigrantes Km 1,5 – Vila Água Funda, São Paulo – SP
Site do evento: https://www.anufoodbrazil.com.br/


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo