Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Especialistas alertam para a importância do uso de soluções sustentáveis para mitigar a falta de insumos na agricultura

Altos preços e falta de insumos foram assuntos debatidos durante live organizada pela Microgeo e pelo Instituto Pecege

A projeção de crise nas próximas safras, quando se fala de insumos agrícolas, vem gerando muito receio no agronegócio brasileiro. As altas substanciais dos preços e possível falta de produtos da cadeia de insumos, fertilizantes e defensivos já foi citada, inclusive, pela Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA).

Diante do cenário, durante uma live organizada pela Microgeo e o Instituto Pecege, especialistas alertaram que a busca de alternativas nacionais, biológicas e mudança no manejo, serão peças fundamentais para mitigar os impactos nas próximas safras.

“Nosso custo de produção depende dos insumos agrícolas. Para se ter ideia, os custos com defensivos respondem por cerca de um terço do total, fertilizantes e corretivos quase 30%, sementes e tratamento de sementes, 11%. Ou seja, em torno de 60% do custo de produção depende de insumos agrícolas. Além da falta, o custo, com a oferta restrita, está alto e impacta a produção nacional”, detalha o diretor de pesquisa da empresa especialista em estudo de mercado global em saúde animal e agricultura Kynetec, Millôr Mondini, que foi um dos palestrantes da live que aconteceu no final de janeiro.

Ainda de acordo com Mondini, a alta dependência é uma preocupação. Grandes produtores de insumos como China e Rússia enfrentam uma crise energética, o que tem impactado a produção. Os países também têm limitado os embarques, priorizando o abastecimento interno, gerando a possibilidade de faltar insumos para a próxima safra. Além disso, outro desafio enfrentado é o frete marítimo, que registra falta de contêineres e preços dez vezes mais caros.

“Com isso, é importante que o produtor busque por produtos alternativos para compor a cesta de ferramentas para o manejo. O produtor está mais aberto ao uso de novas ferramentas, sejam insumos ou outras formas para nutrir as culturas”, destaca.

Durante o encontro, destaques como investimentos na qualidade do solo, como meio de aumentar a produtividade, e o mercado de insumos biológicos, já que potencializa o manejo tradicional, foram citados como uma boa alternativa frente ao problema.

Segundo o gestor de projetos de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas do Pecege, João Rosa (Botão), que também foi um dos palestrantes, o produtor precisa investir para que possa explorar o máximo do potencial dos insumos e das plantas, aumentando a eficiência do manejo.

O diretor do Grupo Técnico de consultoria Floss, Luiz Gustavo Floss, apresentou seus resultados de adubação biológica com a biotecnologia Microgeo®. “É possível ampliar o potencial produtivo que temos hoje. Isso acontece quando se usa boa genética e insumo de qualidade. Também é importante investir na qualidade do solo, analisando as demandas e corrigindo para se ter o equilíbrio físico, químico e biológico. Os microorganismos são importantes para ajudar a ter mais nutrientes para as plantas. Um dos produtos é o Microgeo®, que aumenta a presença de microrganismos no solo, dando melhores condições para as plantas e resultando em incremento de produtividade”, conta Floss.

O diretor de Marketing da Microgeo, Caio Suppia, explica que especialmente em safras desafiadoras a adubação biológica é fundamental. “O diferencial de resposta é que a produção está na fazenda e o adubo biológico gerado é adaptado para as características locais. Ele promove a recomposição da biodiversidade em larga escala. O Brasil está se propondo a ser celeiro do mundo, mas é dependente de importação de insumos de outros países. Não temos matéria-prima e, por isso, é importante ter alternativas para reduzir a dependência, como os produtos biológicos”.

O Microgeo é um componente que nutre, regula e mantém a produção contínua do adubo biológico. Permite ao agricultor manter a produção de seu próprio adubo biológico através do Processo de Compostagem Líquida Contínua (CLC), na Biofábrica CLC, que é instalada em cada propriedade.

A maior diversidade de microrganismos no solo gera diversos benefícios, como a supressão de pragas e doenças de solo. Outro benefício é a reestruturação do solo que permite maior crescimento de raiz, deixando a planta mais preparada para as adversidades climáticas, como períodos de veranico, por exemplo. Além disso, o adubo biológico aplicado nas folhas atua na indução de resistência da planta contra possíveis ataques de pragas e doenças. O resultado é uma melhor produção, com alta produtividade e lucratividade.

O evento está disponível no Youtube através do link:

.

Sobre a Microgeo

Fundada no ano de 2000, na cidade de Limeira-SP, a Microgeo é uma empresa 100% brasileira do setor de biológicos, com foco na produção e comercialização da inovadora tecnologia MICROGEO® – um componente balanceado que nutre, regula e mantém a produção contínua do Adubo Biológico através do Processo de Compostagem Líquida Contínua (CLC®). A solução é a única no mercado que maneja e restabelece o microbioma do solo, e está presente em todos os estados do Brasil, além dos países vizinhos, como Paraguai e Uruguai. O adubo biológico produzido com Microgeo pode ser aplicado via pulverização, fertirrigação, independente das condições climáticas em conjunto com outros insumos como defensivos químicos ou biológicos e fertilizantes. Para saber mais, visite www.microgeo.com.br.

Sobre o Pecege

O Pecege é uma organização focada em expandir o conhecimento de qualidade, possibilitando que a educação e ideias inovadoras transformem positivamente realidades de pessoas no mundo todo. Um dos principais trabalhos desenvolvidos por nós envolve o gerenciamento dos MBAs USP/Esalq, em parceria com a Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq). Outras iniciativas educacionais internas estão representadas pela Faculdade Pecege, com o curso superior de Tecnologia em Processos Gerenciais; Plataforma Solution, com curadorias gratuitas de conteúdos e cursos rápidos e aplicáveis; e pelo Pecege Educação Corporativa, com programas de treinamentos formatados sob demanda para empresas.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo