Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Biotecnologia Microgeo®️ é tema de trabalhos publicados em revistas científicas internacionais

Biotecnologia Microgeo®️ é tema de trabalhos publicados em revistas científicas internacionais

Dois experimentos feitos com adubo biológico produzido com Microgeo®️ na cultura de milho foram temas de publicações das revistas internacionais: Revista Mexicana de Ciências Agrícolas e Journal of Plant Nutrition. Os estudos foram desenvolvidos por pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e da Virginia Polytechnic Institute & State University, nos Estados Unidos.

“Revistas científicas especializadas realizam uma revisão criteriosa do artigo podendo este ser aprovado para publicação ou reprovado. São periódicos de muito prestígio devido ao rigor e seleção de temas inovadores que estes trazem. É muito gratificante que experimentos conduzidos com a Biotecnologia Microgeo®, em diferentes temas, tenham sido publicados em periódicos de tamanha credibilidade”, disse Eng. Agr. MSc. Maria Stefânia D’Andrea-Kühl, da Microgeo.

O adubo biológico produzido com Microgeo® constituído por, em média, 300 grupos de microrganismos, apresenta resultados positivos em três pilares dos cultivos: eficiência nutricional, bioestruturação física do solo e saúde ecológica do solo e da planta. Os trabalhos publicados exploraram dois desses pilares.

O experimento divulgado pela Revista Mexicana de Ciências Agrícolas, desenvolvido pelos pesquisadores da Universidade de Maringá, concluiu que, através de aplicações foliares, o adubo biológico promoveu mais saúde ao sistema produtivo e também influenciou na ativação dos mecanismos de defesa e na indução de resistência da planta de milho.

“Foram feitos tratamentos com diferentes doses em 8 repetições e as avaliações começaram a partir de 24 horas da aplicação. A intenção era mensurar por quanto tempo ficou ativado o mecanismo de defesa da planta e os resultados positivos da Biotecnologia Microgeo® se deram logo na primeira medição”, contou Maria Stefânia.

Já o foco do trabalho dos pesquisadores da Universidade da Virgínia, nos EUA, foi a busca pela maior eficiência nutricional do agrossistema. O objetivo foi avaliar o efeito integrado e individual de ácido húmico, chás de composto, Biotecnologia Microgeo® e inoculante juntamente com fertilizante inorgânico no crescimento, vigor e produtividade do milho em comparação com um controle recebendo apenas fertilizantes inorgânico (padrão convencional).

Os resultados demonstraram que a Biotecnologia Microgeo® apresentou resultados em produtividade superiores ao ácido húmico, compost tea e inoculante avaliados. Além disso, obteve sinergismo com ácido húmico na produtividade do milho sendo o único tratamento com diferença estatística.

A Microgeo é uma empresa que incentiva consultores e pesquisadores a desenvolverem experimentos em diferentes culturas e regiões do país, com o objetivo de explorar como o uso da adubação biológica contribui para o restabelecimento do microbioma ao agrossistema, gerando benefícios para o solo, para as plantas e potencializando outros manejos utilizados na propriedade.

“Estamos acompanhando outras pesquisas em desenvolvimento que com certeza serão temas de novas publicações. Esse tipo de trabalho, além de reafirmar o potencial da nossa tecnologia, oferece dados e oportunidades para que produtores aumentem suas produtividades sem esquecer da sustentabilidade”, finalizou Maria Stefânia.

Sobre a Microgeo

Fundada no ano de 2000, na cidade de Limeira-SP, a Microgeo é uma empresa 100% brasileira do setor de biológicos, com foco na produção e comercialização da inovadora tecnologia MICROGEO® – um componente balanceado que nutre, regula e mantém a produção contínua do Adubo Biológico através do Processo de Compostagem Líquida Contínua (CLC®). A solução é a única no mercado que maneja e restabelece o microbioma do solo, e está presente em todos os estados do Brasil, além dos países vizinhos, como Paraguai e Uruguai. O adubo biológico produzido com Microgeo pode ser aplicado via pulverização, fertirrigação, independente das condições climáticas em conjunto com outros insumos como defensivos químicos ou biológicos e fertilizantes.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo