Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Agropalma projeta crescimento de 50% em sua produção nos próximos cinco anos

Tendo como principal pilar a sustentabilidade, companhia vai investir em diferentes áreas para aumentar a produtividade das plantações e a eficiência nas refinarias

Beny Fiterman, presidente das Empresas Não Financeiras do Conglomerado Alfa e presidente do Grupo Agropalma

Com novas estratégias de negócios traçadas em 2020, a Agropalma anuncia uma projeção de crescimento de 50% em sua produção, nos próximos cinco anos. Para atingir esse objetivo, a companhia investirá em diferentes áreas, que vão do campo à infraestrutura e tecnologia, tendo como principal pilar a sustentabilidade, dando continuidade às suas ações de preservação ao meio ambiente, responsabilidade social e governança. A empresa tem unidades em Tailândia (PA), onde está a plantação e seis usinas de extração de óleo bruto; Belém (PA), onde se localiza sua primeira refinaria; e Limeira (SP), município de sua segunda refinaria.

Beny Fiterman, presidente das Empresas Não Financeiras do Conglomerado Alfa e presidente do Grupo Agropalma, destaca que esse trabalho tem sido desenvolvido por meio de uma forte integração entre as áreas, para alinhamento das estratégias. "O crescimento sustentável da produção é a base do nosso planejamento, começando pela fazenda, pelo cultivo de palma, essencialmente. Hoje, temos um total de 107 mil hectares, sendo uma área preservada de 64 mil hectares, incluindo programas de monitoramento e proteção da biodiversidade. Nos 43 mil hectares destinados à plantação de palma, adotamos a política de desmatamento zero desde 2001 e toda nossa produção de óleo é certificada pela RSPO (Mesa Redonda de Óleo de Palma Sustentável), com 100% de rastreabilidade em todas as fases da nossa cadeia."

Atualmente, a Agropalma produz 16 toneladas de palma por hectare e a meta é chegar a aproximadamente 25 toneladas por hectare, em 5 anos, de acordo com o executivo. "Para isso, estamos adotando algumas medidas para melhorias de processos em diversas áreas. Entre as ações estão o controle rigoroso de plantas daninhas, elevação do PH do solo para maximizar a absorção de nutrientes das plantas, eliminação de plantas não-produtivas, adoção de poda e nutrição balanceada para todo o plantio. Além disso, vamos reduzir o ciclo de colheita, que hoje está em 12 dias, evitando desperdícios e entregando o fruto mais fresco às extratoras de óleo. Os plantios com idade superior a 25 anos serão gradativamente renovados com mudas de alta qualidade, em áreas preparadas com o que há de mais moderno em termos técnicos agrícolas. Todas as práticas mencionadas serão implementadas, sobretudo, com o preparado de todos os colaboradores, por meio de treinamentos técnicos e comportamentais", reforça Fiterman.

Outra ação da Agropalma está relacionada à tecnologia, com utilização de drones para monitoramento do plantio, como mapeamento de anomalias nas plantas, e o controle da efetividade da coleta pelo COI (Centro de Operações Integradas). Para isso, a empresa utiliza etiquetas RFID (identificação por radiofrequência) para monitorar a retirada das caixas com os frutos e a chegada às usinas de extração, promovendo mais agilidade ao processo. Hoje, 98% das caixas completas em campo chegam às indústrias em menos de 12 horas, garantindo um fruto mais fresco e o maior rendimento para extração do óleo. "Nas usinas, também trabalhamos pela melhoria contínua visando a produtividade, incluindo a manutenção adequada dos equipamentos e a adoção de sistemas para aumentar a eficiência energética, como a cobertura das lagoas de efluentes para captura de metano para geração de energia, assim como a melhoria da utilização de nossa biomassa."

Agropalma - Crédito Flavio Forner - Conservação Internacional

Mercado de palma

O óleo de palma é o óleo vegetal mais consumido no mundo, especialmente por sua versatilidade. É aplicado, principalmente, na indústria de alimentos, cosméticos e cadeia química, além da indústria de biodiesel. No Brasil, a produção anual está em cerca de 600 mil toneladas e a Agropalma produz em torno 160 mil toneladas. "Nosso país consome aproximadamente 1 milhão de toneladas de óleo de palma por ano, ou seja, precisamos importar para atender o mercado interno. A exportação da Agropalma corresponde a apenas 10% de sua produção, para Europa e Estados Unidos. O setor tem muito potencial para crescimento e acreditamos que isso é possível, atendendo todas as exigências nacionais e internacionais relacionadas à sustentabilidade. E a Agropalma está preparada para esse desenvolvimento", afirma Fiterman.

O presidente da companhia destaca que parte da produção conta com a participação da agricultura familiar, produtores integrados e empresas parceiras. Atualmente, 207 famílias fazem parte do programa de agricultura familiar da empresa, promovendo um significativo crescimento social e econômico na região de Tailândia.

Certificações

A Agropalma mantém 12 certificados internacionais de sustentabilidade, como o Selo Orgânico emitido pelo IBD, organização credenciada pela IFOAM (Federação Internacional de Movimentos de Agricultura Orgânica), que regulamenta a agricultura orgânica em todo o mundo e assegura um processo de produção dentro das diretrizes orgânicas, para cerca de 10% de sua produção total.

Em 2018, a empresa garantiu o primeiro lugar no ranking internacional Forest Heroes no relatório Green Cats: Scoring Palm Oil and Soy Companies on Forest Policies and Transparency. A Forest Heroes Campaign é uma organização de esforços globais para proteger as florestas e as comunidades selvagens e humanas que dependem delas. A Agropalma também é membro ativo de organizações como RSPO (Mesa Redonda de Óleo de Palma Sustentável), InPacto (Instituto Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo) e POIG (Grupo de Inovação do Óleo de Palma).

A companhia tem, ainda, um sério compromisso com a sociedade e a comunidade onde atua, promovendo ações socioeconômicas para melhorar a qualidade de vida das pessoas e, por meio de parcerias, realiza atividades que contribuem para a geração de renda e emprego.

Sobre a Agropalma

A Agropalma é a maior produtora de óleo de palma sustentável da América Latina e sua atuação perfaz toda a cadeia produtiva, da produção de mudas ao óleo refinado e gorduras especiais. Sua trajetória começou em 1982, no município de Tailândia, no Pará. Atualmente, a empresa conta com seis indústrias de extração de óleo bruto, um terminal de exportação e uma refinaria de óleo de palma, e emprega cerca de 5300 colaboradores. O compromisso da Agropalma com o meio ambiente é um de seus valores, o que é representado, na prática, por certificações ambientais, abrangendo insumos, matérias-primas e 100% de sua produção.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo