Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Comércio de animais selvagens é tema de nova série de podcast

Produzido pela Proteção Animal Mundial, primeiro episódio trata sobre os riscos da interação entre pessoas e animais selvagens para a saúde pública

O comércio de animais selvagens e seus riscos para a humanidade são os temas centrais do podcast Mega Animal, apresentado pela Proteção Animal Mundial, organização não-governamental que atua em prol do bem-estar dos animais. Comandada pela jornalista Paulina Chamorro e produzida pelo estúdio Compasso Coolab, a série de podcasts aborda diferentes formas da mercantilização em escala industrial da vida silvestre, seja para alimentação, medicina tradicional, entretenimento ou acessórios de moda. A série é parte da campanha “Me deixa ser selvagem”, iniciativa da organização que pretende pressionar o grupo de líderes dos países do G-20, incluindo o governo brasileiro, a discutirem o banimento global do comércio de animais silvestres, em sua cúpula anual no próximo mês novembro.

“Com os podcasts queremos mostrar para as pessoas que a comercialização de animais silvestres está muito mais próxima de nós do que parece. O papagaio do vizinho, o show de golfinhos, a bolsa de jacaré são exemplos de animais transformados em mercadorias, que além de serem fonte de enorme sofrimento animal, representam riscos para a saúde das pessoas”, explica o gerente de Comunicação da Proteção Animal Mundial, João Gonçalves, lembrando que os episódios serão lançados nas principais plataformas de streaming quinzenalmente às quintas-feiras, iniciando no dia 24 de setembro.

O primeiro episódio, que irá falar sobre a relação dos animais silvestres com saúde pública e pandemias – antigas, atuais e futuras, conta com a participação do pesquisador da FIOCruz Christovam Barcellos e da médica veterinária, Flávia Miranda, que explicam a relação antiga entre humanos e animais.

Ao todo, a série Mega Animal terá seis episódios que entre outros temas vão debater o mercado de silvestres sendo comercializados como bichos de estimação, a exploração dos animais para a indústria do entretenimento, o uso de partes de animais selvagens na culinária, na moda e na medicina tradicional e a questão da caça no Brasil.

Fim do comércio de animais silvestres – Acabar com o comércio mundial de animais silvestres é essencial para proteger a saúde humana e a economia de novas pandemias como a Covid-19 e garantir uma vida sem sofrimento para os animais. Por isso, a Proteção Animal Mundial lançou uma campanha global que pede que os líderes do G20 trabalhem para a proibição permanente do comércio de animais silvestres no mundo. Em abaixo-assinado, iniciado em maio de 2020, a organização pede que o tema seja incluído na agenda da cúpula anual do G20 que acontece em novembro próximo. Como parte do G20, o governo brasileiro tem o poder de influenciar as superpotências globais a tomarem a atitude necessária para proteger os animais, as pessoas – saúde e economia – e o planeta.

Sobre a Proteção Animal Mundial (World Animal Protection)

A Proteção Animal Mundial move o mundo para proteger os animais por mais de 50 anos. A organização trabalha para melhorar o bem-estar dos animais e evitar seu sofrimento. As atividades da organização incluem trabalhar com empresas para garantir altos padrões de bem-estar para os animais sob seus cuidados; trabalhar com governos e outras partes interessadas para impedir que animais silvestres sejam cruelmente negociados, presos ou mortos; e salvar as vidas dos animais e os meios de subsistência das pessoas que dependem deles em situações de desastre. A organização influencia os tomadores de decisão a colocar os animais na agenda global e inspira as pessoas a mudarem a vida dos animais para melhor.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo