Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

‘Agricultor precisa saber quando e qual produto usar e o apicultor manejar seus apiários corretamente’

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Fernanda Campos
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Agro
  • Imprimir

Polinizaçao na cultura do nabo Polinizaçao na cultura do nabo

Apicultor presente nos três estados da região Sul trabalha em parceria com cerca de 300 produtores de frutas e grãos, para polinização, e nunca registrou perda de colmeias em decorrência de mau uso de defensivos agrícolas

Produtor qualificado de mel orgânico, o apicultor Célio Roberto Althaus Iurkevicv considera seu pasto apícola “um exemplo” para a cadeia produtiva. Com apiários instalados nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, ele mantém de 1,5 mil a 4 mil colmeias, entre o inverno e o verão. Um dos poucos na atividade a atuar nos três estados do Sul brasileiro, Iurkevicv também utiliza seus apiários na polinização de cultivos e dá emprego a entre 6 e 8 pessoas, incluindo seus filhos.

Conforme o apicultor, somente este ano 700 de suas colmeias já produziram cerca de 50 toneladas de mel orgânico, sendo quase 70% do total para o mercado externo. Iurkevicv, que atua na apicultura há 30 anos, figura entre os apicultores parceiros do Colmeia Viva, um movimento do setor de defensivos agrícolas que tem por objetivo promover o diálogo entre a agricultura e apicultura, para proteger abelhas e cultivos.

“Colmeia Viva é um projeto muito bom para levar informação a agricultores e apicultores. Precisa viajar ainda mais o Brasil, estender conhecimento, explicar a importância e a necessidade das abelhas nas lavouras, para fazer a polinização”, diz Iurkevicv. “Trabalho em parceria com aproximadamente trezentos produtores de frutas e grãos, fazendo polinização de cultivos. Nunca perdi colmeias por aplicação de defensivos agrícolas”, acrescenta ele.

“Meu pasto apícola é uma referência na área, pois sigo um calendário apícola anual. Todo mês faço manejo das colmeias corretamente, trabalho o ciclo da florada do mato com as abelhas. O problema da mortalidade de abelhas não é a aplicação de produtos, mas a falta de conhecimento do agricultor a respeito do uso correto de defensivos. Na florada não se deve aplicar inseticida. Do lado do apicultor, falta manejo correto de colmeias, trocar a rainha, tirar a cera e, principalmente, tratamento de varroas, ácaro que infesta colônias de abelhas, um problema mundial. É fundamental que as partes conheçam seu negócio.”

Célio Iurkevicv destaca ainda que este mês está com 400 de suas colmeias fazendo a polinização na cultura da ameixa. “Depois iremos para a maçã, aproximadamente duas mil caixas. Ainda no inverno polinizaremos a canola; tenho de oitocentas a mil caixas nesta cultura. A ausência de polinização pelas abelhas, nestas culturas, pode causar perda de 40% a 100% da produção.”

“Na sojicultura, cultura beneficiada pela polinização, estamos testando o trabalho com abelhas e observamos um aumento de 5% a 30% na produtividade. A polinização na hora da florada de qualquer cultura é o momento de garantir a produtividade da safra”, acrescenta Iurkevicv.

Segundo Iurkevicv, um exemplo comum de manejo inadequado de defensivos é a utilização de inseticida quando a cultura está em florada. “Não pode. A flor no pomar é o que garante a produtividade. A abelha sempre vai ajudar. Sendo cultura dependente, não-dependente ou beneficiada, a abelha entrega resultado.”

O apicultor relata ainda que soube, pelo noticiário, que no estado de São Paulo a laranja perdeu produtividade. “Sabe o que acontece? Apicultores do Paraná e do Sul como um todo migram para lá e têm grandes perdas com defensivos, não trocam suas rainhas, não tratam varroas e as colmeias ficam fracas. As caixas são instaladas muitas vezes sem o conhecimento do produtor de laranja, portanto não há o diálogo entre as partes prejudicando tanto o apicultor quanto o fruticultor.”

Coopercampos - Por seu elevado conhecimento técnico da atividade apícola, Célio Iurkevicv tornou-se uma referência em toda a região na qual atua. Ele adianta que formou uma parceria construtiva com a Coopercampos, cooperativa agrícola com 50 anos de história e cerca de 1,5 mil associados, sediada no município catarinense de Campos Novos. “Apresento meu trabalho nos Dias de Campo e mostro a importância das abelhas na polinização de cultivos”, conta.

Ao final da conversa, Célio Iurkevicz lembra da necessidade de o apicultor, com a ajuda do agricultor, alimentar às abelhas no período do inverno. “É preciso plantar e cobrir um pedaço da propriedade com nabo e canola, que são culturas de inverno e mantêm abelhas bem-alimentadas, dentro do mato. Na época certa, elas vêm polinizar.” Outro ponto importante, segundo ele, é que a abelha trabalha das 6h às 10h30 e no período da tarde, das 16h30 até escurecer. “Estes são os melhores horários de polinização, então é importante não aplicar produtos nas lavouras”, finaliza.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo