Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

A reinvenção dos produtores de hortifruti para ganhar competitividade

*Por Lucied Marques

Desde o início do isolamento social, o setor de hortifruti é um dos mais impactados, já que as medidas de restrição de circulação, o fechamento de escolas e bares, a redução das atividades em restaurantes e o acesso em feiras livres trouxeram grandes desafios para a cadeia produtiva de alimentos. Foi necessária uma movimentação extra do setor para se reinventar, organizando e somando esforços para vencer uma situação nunca vivenciada.

Nesse contexto, pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA), da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), apontam as oportunidades que produtores e consumidores encontraram no cenário de incertezas durante o período de isolamento social. A conexão entre eles continuou ativa por meio de aplicativos de troca de mensagens, redes sociais, serviços de entrega e até por drive-thru para a entrega dos produtos. Houve ainda a realização de parcerias entre entidades públicas e privadas para manter a cadeia com a rentabilidade próxima dos últimos anos, no mesmo período. E uma lição já foi aprendida: todos os novos modelos de negócio têm potencial para também serem praticados no futuro "pós-pandemia".

Durante esses meses em que o setor precisou se reinventar, os meios digitais passaram a fazer parte da rotina de produtores em todo o mundo. As vendas mudaram rapidamente de formato e os consumidores gostaram da novidade. Isso é confirmado no estudo "Barometer Covid-19", feito pela empresa inglesa Kantar (representada pelo Ibope no Brasil). No levantamento realizado em março deste ano, no grupo de alimentos e bebidas, 17% dos entrevistados disseram ter sido a primeira vez que compraram este tipo de produto on-line. A mudança foi gerada pela confiança do consumidor no sistema de compras nesse formato, com entregas em sua residência. Os comerciantes, por sua vez, identificaram uma necessidade de adotar um serviço que, até então, era considerado caro e desconfortável.

Essa nova rotina virtual passou a ser vivenciada por produtores de todos os portes que, dessa forma, puderam encurtar a cadeia e se aproximar mais de seus consumidores. As adaptações aconteceram e a questão do isolamento social caminha agora para um novo formato, com escolas e eventos ainda fechados, e restaurantes que aos poucos devem retomar as atividades, seguindo regras para receber os frequentadores, como a intensificação dos cuidados de limpeza e higiene. E esse é apenas um exemplo. Novos modelos no pós-pandemia ainda vão chegar e novas adaptações vão acontecer.

Além disso, no segundo semestre, o mercado interno ainda será impactado pela queda do poder aquisitivo em função do aumento do desemprego e ajustes na economia. Mais uma vez iremos mudar a forma de consumir e alguns alimentos mais caros podem ser temporariamente substituídos na lista de compras.

Mesmo nesse cenário, não tenho dúvidas de que o produtor vai se reinventar para continuar a vender seus produtos, enquanto na outra ponta, o consumidor encontrará saídas para comprar produtos de qualidade, priorizando sua saúde e bem-estar. O importante é que todos estejam atentos às oportunidades e aos diferentes agentes dessa cadeia de valor, para superarmos juntos os desafios que estão por vir, como a saída que todos encontraram para continuar vendendo e consumindo durante o período mais crítico dos últimos 100 anos.

Lucied Marques, diretora Comercial e de Negócios da Yara Brasil, com MBA em Gestão de Negócios pelo Ibmec Business School.

Sobre a Yara

A Yara, líder mundial em nutrição de plantas, cultiva conhecimento para alimentar o mundo e proteger o planeta de forma responsável. Para concretizar esses compromissos, lidera o desenvolvimento de ferramentas agrícolas digitais destinadas à agricultura de precisão e trabalha em estreita colaboração com seus parceiros em toda a cadeia de valor de alimentos com o objetivo de desenvolver soluções sustentáveis e ser a empresa de nutrição de plantas do futuro. Fundada na Noruega, em 1905, para resolver a emergente crise de fome na Europa, a Yara está presente no mundo todo, com mais de 17 mil colaboradores e operações em mais de 60 países. Em 2018, registrou uma receita de US﹩ 12,9 bilhões.

No Brasil, a Yara contribui para desenvolver a agricultura nacional, contemplando em suas soluções nutricionais todos os solos e culturas. A empresa também fornece soluções industriais para a redução de poluentes, melhorando a qualidade do ar das cidades. Presente no País desde a década de 1970, a empresa possui operações industriais, de mistura e distribuição nos principais polos agrícolas do Brasil, contando com aproximadamente 7 mil colaboradores.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo