Brasil,

Doenças respiratórias bovinas – um desafio para o sistema de confinamento brasileiro

Por Everton Carvalho*

O momento é propício para o desenvolvimento do setor de bovinocultura de corte– a peste suína africana (PSA) que assola a China desde o ano passado e o consequente aumento da demanda mundial por carne são alguns fatores importantes que justificam o crescimento de produção e de exportação da carne brasileira.

Para aproveitar esta oportunidade de forma mais eficiente e lucrativa, o sistema de confinamento, certamente, se apresenta como uma boa alternativa. Como um dos principais atores deste mercado, o Brasil tem hoje cerca de 5,6 milhões de cabeças de gado sob este sistema, sendo as regiões sudeste e centro-oeste as de maiores concentrações.

De acordo com o último levantamento do Serviço de Informação de Mercado (SIM), da DSM, o número (referente a 2019) representa um crescimento de 2% em relação ao ano anterior e 10,7% superior ao rebanho confinado em 2015, quando a empresa começou a fazer o levantamento.

Ainda que esta modalidade se mostre como uma boa opção para incrementar a produção, é necessário considerar os desafios inerentes ao aumento da concentração de animais e principalmente à sanidade. Fatores como: transporte, aglomeração, mudança de ambiente, alteração de dieta e poeira causam estresse nos animais, reduzem a imunidade e tornam o ambiente propício ao aparecimento de doenças virais e bacterianas.

Para se ter uma ideia do problema, as doenças respiratórias são responsáveis por 75% das enfermidades em confinamento e causam 50% das mortes. Hoje, a pneumonia é a doença de maior importância nos confinamentos brasileiros.

Animais diagnosticados com a doença ou ainda que a apresentem na forma subclínica (sem sinais clínicos) têm menor desempenho e podem deixar de ganhar até 26 Kg durante o período de confinamento.

Em um mercado cada vez mais exigente e de margens estreitas é inaceitável que tenhamos este tipo de perda. Por isso, é necessária a adoção de protocolos sanitários com produtos que atendam a todos estes desafios.

Imunizar o rebanho contra a pneumonia e outras doenças respiratórias de maior prevalência é a melhor e mais eficiente medida para garantir a saúde e a lucratividade do sistema. Independentemente do “efeito china”, e do momento oportuno com as altas nos preços da arroba, os pecuaristas precisam estar conscientes de que os investimentos em tecnologia para aumentar a produtividade são duradouros, visto que a expansão da cadeia de carne pelo mundo está cada vez mais fortalecida e a demanda global por carne só tende a crescer nos próximos anos.

*é Gerente Técnico de Bovinos e Equinos da Zoetis


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo