Brasil,

Risco de contaminação por micotoxinas cai ligeiramente na América do Sul, mas preocupa o mundo, aponta a Pesquisa Mundial de Micotoxinas da BIOMIN

Risco de contaminação por micotoxinas cai ligeiramente na América do Sul, mas preocupa o mundo, aponta a Pesquisa Mundial de Micotoxinas da BIOMIN

De janeiro a dezembro de 2019, a BIOMIN coletou mais de 20 mil amostras de ração animal e matérias-primas de 86 países (incluindo o Brasil) para a Pesquisa Mundial de Micotoxinas (MTX Survey)

Micotoxinas é assunto sério em todo o mundo. A Pesquisa Mundial de Micotoxinas da Biomin 2019, com análise de mais de 20 mil amostras de ração e ingredientes para nutrição animal coletados em 86 países dos vários continentes – incluindo o Brasil –, concluiu que 75% das amostras das diferentes regiões do planeta têm substâncias químicas tóxicas produzidas por fungos acima do limite aceitável.

O problema se tornou mais preocupante com o avanço das chamadas micotoxinas “emergentes”. As mais frequentemente encontradas são: Beauvericina, Eniatia e Moniliformina. Beauvericin. tem sido associada a efeitos negativos no sistema imunológico. Moniliformina já foi mencionada por seus efeitos tóxicos conhecidos, especialmente no coração. Para esta última, também já foram observados efeitos aditivos com fumonisinas em aves e com DON e fumonisinas em suínos.

“Todos os continentes são afetados por micotoxinas, em maior ou menor ocorrência. Os dados coletados na Pesquisa Mundial de Micotoxinas da Biomin são fundamentais para saber a concentração delas e quais regiões precisam de mais atenção. As micotoxinas representam um grande desafio para avicultura, suinocultura e pecuária como um todo. Em 2019, pela primeira vez incluímos na análise os riscos para a aquicultura, importante mercado em crescimento no mundo”, explica Alexandro Marchioro, Gerente Global de Produto da linha Antimicotoxinas da Biomin.

As classificações para análise das micotoxinas são divididas em níveis extremo, severo, alto e moderado.

Em 2019, o risco na América do Sul caiu de extremo para severo, com 89% das amostras contaminadas com fumosinas (FUM), presentes nas diversas matérias-primas e rações. A toxicidade da substância pode causar danos ao sistema imunológico, edemas pulmonares, lesões no fígado e também até levar os animais a óbito. A presença de deoxinevalenol (DON) é outro problema da região: 85% das amostras de trigo apresentaram altas concentrações. Além do trigo, o DON também é frequentemente encontrado em outros cereais e no milho.

A pesquisa alertou para risco extremo na América do Norte: 90% das amostras de rações apresentaram micotoxinas e 77% foram positivas para contaminação por DON. “Esse resultado pode estar relacionado às fortes inundações que atingiram a região no último ano e afetaram a colheita”, informa a Pesquisa. O risco também aumentou no continente africano, onde o milho e a ração animal são afetados fortemente pelas aflatoxinas. Outro dado colhido é a co-contaminação, ou seja, foram detectadas mais de uma micotoxina na mesma amostra em 77% dos casos.

“De forma geral, as micotoxinas são responsáveis por grandes prejuízos à produção animal. A ingestão de mais de uma ao mesmo tempo pode ser fatal para os animais. A partir da detecção de tendências regionais de micotoxinas, a indústria pode desenvolver ferramentas e elaborar programas de controle personalizados”, explica o Gerente Global de Produto da linha Antimicotoxinas da Biomin.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo