Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Hiperconvergência: O 1º passo para a nuvem no setor público

*Elder Jascolka

Enquanto boa parte das empresas se mantém conectada às últimas novidades do mercado, dedicando um montante considerável no que há de mais inovador, as administrações públicas correm atrás do prejuízo a fim de prover mais qualidade e agilidade nos serviços prestados à população. Nos últimos anos, é perceptível o quanto o setor público vem investindo em Tecnologia da Informação e a solução de hiperconvergência tem assumido um papel fundamental nesse processo de digitalização do setor público.

É conhecido que o Governo, de maneira geral, sempre foi visto como um setor que leva mais tempo para a adoção de tecnologias quando comparado com as organizações privadas, mas existem várias razões para isso. Entre elas, destacam-se o processo licitatório, a rotatividade de gestores com preferências e estratégias diferentes e a enorme quantidade de sistemas legados que empacam muitas dessas inovações. No entanto, para este desafio especificamente, tecnologias hiperconvergentes estão ajudando os profissionais do segmento a tornarem seus ambientes mais digitalizados.

A tecnologia hiperconvergente é conhecida como o primeiro passo para a nuvem e, consequentemente, uma forma de tornar os serviços mais ágeis, flexíveis, fáceis de serem gerenciados e seguros. Ela é importante justamente por integrar recursos de computação, armazenamento e virtualização numa única infraestrutura, proporcionando mais visibilidade e facilidade no gerenciamento do ambiente de TI.

As vantagens dessa tecnologia não param por aí e são bastante viáveis para um setor que sofre tanto com as constantes transformações, a falta de investimentos e burocracias. A primeira delas é a redução de custos graças a um gerenciamento mais simples, com pouca necessidade de manutenção e uso de menos recursos, inclusive humanos. Além de manter os diversos setores mais integrados, esse tipo de solução oferece um ambiente ainda mais seguro, o que é de extrema importância em tempos em que diversas prefeituras sofrem paralisações ocasionadas por ransomware.

A busca pela digitalização no setor público também foi bastante impulsionada pela pandemia, já que as prefeituras precisaram continuar atendendo às demandas da população em meio a medidas de isolamento social. Mesmo agora com o fim do distanciamento, os governos tendem a intensificar suas agendas de jornadas digitais. Diversos estudos confirmam essa tendência.

Segundo o Gartner, até 2025, mais de 50% das agências governamentais terão modernizado os processos legados essenciais para melhorar a resiliência e a agilidade de suas operações. Já uma pesquisa recente da consultoria Vanson Bourne mostra que a média de adoção de hiperconvergência entre os gestores brasileiros (54%) consultados é acima da margem global (50%).

Como se pode ver, a digitalização é um caminho sem volta para as administrações públicas, que agora buscam parceiros preparados para ajudá-los nesse novo processo. Trabalhar com o governo envolve compreender os seus desafios, respeitar os processos e com tecnologias que viabilizam uma gestão mais ágil, transparente e segura capaz de oferecer os serviços que a população demanda. É para isso que estamos aqui.

*Elder Jascolka é country manager da Veeam Brasil


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo