Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

NtechLab foca no mercado brasileiro com sua tecnologia líder mundial de reconhecimento facial

Após um investimento de US $ 15 milhões empresa anunciou a abertura de um escritório no país na cidade de São Paulo

A NtechLab, líder global em plataforma de análise de vídeo multi-objetos, anunciou hoje seu foco no Brasil com o FindFace Multi, uma ferramenta inovadora que detecta com precisão rostos, silhuetas de pessoas e carros em streams de vídeo em tempo real.

Os algoritmos do NtechLab são projetados para ajudar organizações e empresas a tomar melhores decisões. A tecnologia capacita governos e serviços de segurança a agir com maior velocidade e confiança e fornece às empresas comerciais melhores análises de audiência.

Usando uma busca facial baseada em critérios inteligentes, o sistema pode detectar e rastrear "pessoas de interesse" em uma fração de segundo. Ele também possui altos níveis de precisão na detecção de rostos quando eles estão parcialmente cobertos por máscaras médicas ou roupas. O reconhecimento da silhueta permite a identificação das pessoas pela cor das roupas e acessórios. O reconhecimento do veículo identifica o tipo de carroceria, cor, fabricante e modelo de um carro. Funciona mesmo se as placas, ou parte do carro, não estiverem visíveis.

Andrei Telenkov, CEO do NtechLab, apontou: "O Brasil é um país muito importante para nosso portfólio de negócios e deve expandir significativamente nossa presença no campo crescente de análise de vídeo. O foco no Brasil apoia a decisão estratégica de negócios da NtechLab e a campanha de estratégia de crescimento global voltada para conquista de novos mercados na América Latina, região do Golfo e Sudeste Asiático ”.

A Diretora Internacional da NtechLab, Liana Meliksetyan, acrescentou: “Em agosto, o sistema de reconhecimento de rosto do NtechLab foi adotado pelas Ferrovias Indianas em um grande movimento estratégico para melhorar o planejamento e reduzir o crime. O sistema será usado no trecho mais movimentado das Ferrovias Indianas e garantirá o reconhecimento simultâneo de até 50 pessoas em um único quadro. A conclusão bem-sucedida do projeto adiciona a Índia à lista dos 30 países que já usam nossa tecnologia”.

“Atualmente temos parceiros na Argentina, Brasil, Colômbia, México, e estamos procurando mais parceiros no Brasil para promover conjuntamente os produtos NtechLab, todos os quais demonstraram grande eficácia em segurança , varejo, bancos e outras áreas ”, destacou Jose Lopez, Head da América Latina da NtechLab.

Sobre NtechLab

Fundada em 2015, a NtechLab é um renomado especialista mundial em análise de vídeo contando com mais de 400.000 câmeras em 30 países conectadas globalmente ao software de reconhecimento facial da empresa. A empresa recentemente superou o Face Recognition Vendor Test (FRVT) realizado pelo Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) do Departamento de Comércio dos Estados Unidos. Com base nos resultados de sete testes independentes, o algoritmo desenvolvido pelo NtechLab obteve o primeiro lugar no ranking mundial.

O algoritmo de reconhecimento facial da NtechLab é integrado ao sistema de análise de vídeo da cidade de Moscou. A funcionalidade da solução permite o reconhecimento facial de alta precisão em tempo real através de streams de vídeo, comparando os resultados com bancos de dados de pessoas procuradas. Se uma correspondência for encontrada, o sistema envia alertas instantaneamente para os policiais. Todo o processo, desde a aparição real de uma pessoa na frente da câmera até o recebimento de um sinal, leva menos de um segundo, o que permite responder rapidamente a qualquer situação. A solução também pode ser usada para encontrar pessoas desaparecidas. Em 2020, mais de 5.000 crimes foram solucionados em Moscou por meio do sistema de análise de vídeo com reconhecimento facial, de acordo com dados do Ministério de Assuntos Internos da Rússia.

Em 2020, o NtechLab recebeu US $15 milhões em investimentos de dois grandes fundos soberanos da Rússia e Oriente Médio.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo