Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Executivos da WeWork e do SoftBank Group International apontam para a era da smart flexibility

Marcelo Claure e Sandeep Mathrani participaram do WeWork Innovation Summit, evento online sobre inovação, na última quarta-feira

Na última quarta-feira, 28 de abril, o CEO da WeWork, líder mundial em espaços de trabalho flexíveis, Sandeep Mathrani, e o chairman executivo da WeWork e CEO do SoftBank Group International, Marcelo Claure, participaram do WeWork Innovation Summit. O evento virtual uniu executivos da empresa, especialistas e líderes de mercado em discussões sobre inovação no local de trabalho.

Os dois executivos reforçaram a tendência da smart flexibility nesta nova era. “Durante a pandemia, quem tinha contrato de locação de escritórios de longo prazo, se viu com seus espaços fechados há meses e a vontade de mudar para um modelo mais flexível”, comenta Mathrani. Foi assim que a empresa passou a investir no conceito de smart flexibility, que vale não apenas para acordos, mas também para espaços e para a maneira de trabalhar. “Na WeWork, até o mobiliário é flexível, permitindo customizar os ambientes para a necessidade de cada membro”, completa.

Segundo Mathrani, veremos as empresas testarem diversas maneiras de se trabalhar de maneira hibrida nos próximos meses. “Flexibilidade é a chave. Este é o futuro: as pessoas podem escolher a melhor alternativa para cada dia ou situaçãode trabalho, enquanto aproximamos os escritórios de onde as pessoas moram”, explica. “As pessoas querem ir ao trabalho, mas querem a flexibilidade de estar fora do escritório uma ou duas vezes na semana. Este novo arranjo não é tão simples e ainda não há uma fórmula certa a ser seguida”, adiciona. Cada empresa deve descobrir o caminho que mais se adequa a sua realidade.

“Estamos embarcando no novo normal e já estamos vendo prévias dele todos os dias”, reforça Marcelo Claure. “As mudanças na maneira como trabalhamos foram chocantes. No início, trabalhar de casa foi ótimo, mas, com o tempo, passamos a notar as limitações do home office, e a nos sentirmos menos engajados, empoderados e realizados”, adiciona.

Pesquisa recente da WeWork com profissionais e executivos americanos mostra que 90% das pessoas querem voltar ao escritório ao menos uma vez na semana. “Passamos o ano passado entendendo o que nossos clientes precisavam e descobrimos que eles ainda valorizam espaço, colaboração e conexão”, explica Claure. Foi assim que surgiu o WeWork All Access, que se encaixa perfeitamente na tendência da smart flexibility. O produto possibilita que um membro trabalhe a partir de qualquer unidade da WeWork no mundo. A solução já é oferecida nos EUA e tem lançamento previsto para a América Latina nos próximos meses. “Espaços descentralizados, com locais de trabalho perto de casa, centros de colaboração: não importa a sua abordagem em relação ao trabalho híbrido, a WeWork é um fornecedor que consegue entregar todas essas variações”, completa.

“A flexibilidade permite que repensemos nossos próprios processos, e isso é essencial no ambiente de trabalho. Não é suficiente reunir um grupo de pessoas online. Acredito que a habilidade de pensar de forma híbrida será uma parte enorme do nosso futuro”, reforça Adam Grant, psicólogo organizacional da The Wharton School of Business, nos EUA, que também participou do WeWork Innovation Summit.

A WeWork fechou o primeiro trimestre de 2021 com um volume de vendas equiparável ao do mesmo período de 2020, pré-pandemia. A companhia tem registrado o retorno de pequenas e médias empresas aos seus espaços desde janeiro e, agora, vê negócios maiores voltando. “Equipes e gestores querem voltar ao escritório, mas não sabem como as coisas estarão nos próximos meses e não desejam se comprometer por muito tempo”, explica. O cenário favorece a WeWork, que oferece soluções de espaços flexíveis desde sua fundação. Ao invés de se comprometer com um contrato de aluguel por dez anos, seus membros podem ter acesso a escritórios por períodos que vão de uma hora a dois anos. “A smart flexibility empodera a empresa para que ela atualize seu espaço sem custos extras, dando a liberdade de experimentar e expandir seus negócios em seus próprios termos”, explica Claure.

Sandeep Mathrani assumiu o posto de CEO da WeWork em fevereiro de 2020 com o objetivo de otimizar as dimensões e o portfólio imobiliário da empresa. “A pandemia acabou por acelerar esse processo. Completamos em dez meses o que prevíamos para os próximos 18 ou 24”, conta. “No meio da pandemia, achamos o caminho para tornar nosso negócio lucrativo e de capital aberto”, completa. Em março, a BowX Acquisition Corp, uma SPAC, anunciou que está se fundindo com a WeWork para torná-la pública com um valor de US$ 9 bilhões.

O WeWork Innovation Summit ainda contou com falas de representantes da Northeastern University, One Medical, Wix.com, Cushman & Wakefield, entre outros. Assista às discussões aqui.

Sobre a WeWork

A WeWork foi fundada em 2010 com a perspectiva de criar ambientes onde pessoas e empresas pudessem se unir e fazer o seu melhor. Desde a abertura do primeiro escritório em Nova York, nos tornamos um fornecedor de espaços flexíveis presente globalmente e comprometido em entregar soluções tecnológicas, ambientes inspiradores e experiências em comunidade inigualáveis. Estamos constantemente reimaginando como o local de trabalho pode ajudar a todos, de freelancers a empresas listadas na Fortune, a estarem mais motivados, conectados e a serem mais produtivos. A WeWork conta com 490 mil clientes ao redor do mundo, com mais de 800 unidades espalhadas por 38 países e 151 cidades. No Brasil, são 32 espaços em oito cidades - São Paulo (São Paulo, Alphaville, São Bernardo do Campo, Osasco e São José dos Campos), Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Para mais informações sobre a WeWork, visite wework.com


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo