Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Quais são as previsões para o mercado de tecnologia em 2021?

Quais são as previsões para o mercado de tecnologia em 2021?

Por Ricardo Brandão

Com a chegada de 2021, é comum que as empresas comecem a traçar novos objetivos e a estruturar um planejamento estratégico. Mesmo com os desafios impostos pela pandemia do COVID-19, de acordo com a consultoria Advance , o mercado de tecnologia deverá crescer 10% em 2021. Com o intuito de fornecer às organizações dados e insights para a melhor tomada de decisão, acompanhe abaixo um balanço de como foi 2020 para as empresas de tecnologia, além das principais previsões para o mercado em 2021.

É fato que a pandemia impactou as empresas de tecnologia em níveis diferentes. Segundo a Advance, 65% das companhias tiveram crescimento acumulado de janeiro a setembro de 2020. Contudo, 25% das organizações manifestaram retração, ou seja, menores resultados se comparado ao mesmo período de 2019. Esta amostra reflete bem a realidade do mercado brasileiro de tecnologia e sinaliza que a crise afetou mais as empresas menores, pois as de maior porte já estavam preparadas para trabalhar à distância e contavam com recursos tecnológicos mais avançados. Isto porque, em 2020, houve uma polarização, onde temos de um lado empresas que estão indo muito bem, e de outro, as que estão indo muito mal.

De acordo com a mesma pesquisa, 34% dos empresários afirmaram que o principal crescimento ou aprendizado da pandemia foi acerca da utilização do escritório remoto e das ferramentas digitais. As empresas de pequeno porte tiveram de aprender rapidamente a trabalhar remotamente, com indicadores de desempenho, planejamento e com uma nova forma de se comunicar com colaboradores e clientes. Os empresários que tinham fluxo de caixa e receita recorrente, tiveram um impacto relativamente menor. Em contrapartida, aqueles que não tinham, precisaram arcar com custos para investir em tecnologia e reorganizar seus processos.

Dentre as lições que 2020 trouxe, não podemos deixar de citar que, mais do que nunca, realizar um planejamento é fundamental para o sucesso dos negócios. Com as incertezas da pandemia, sabemos que elaborar um planejamento de longo prazo é inviável. O plano precisa ser curto, veloz e inovador. Outro ponto de atenção, está na questão de gestão e liderança, que passou a ser essencial para fazer com que a equipe trabalhasse de maneira assertiva. Na área de vendas, o marketing digital e as ferramentas de redes sociais tornaram-se imprescindíveis para realizar a conexão com o cliente e realizar novas prospecções.

Perspectivas para o mercado de TI em 2021

A pandemia mostrou que a tecnologia é necessária para a sobrevivência e crescimento das empresas de diversos segmentos como varejo, educação e saúde. Por isso, é esperado que esses setores realizem investimentos significativos na área TI em 2021, além do aumento de interesse dos investidores no mercado brasileiro de tecnologia.

Dentre as tecnologias que estão na agenda dos CIOs em 2021, um dos destaques é a transformação do ERP. Segundo previsões do Gartner, o uso da estratégia de ERP pós-moderno ou, mais recentemente, do "Composable ERP", é apontado como o melhor caminho para transformar os ERPs, muitas vezes desenvolvidos apenas para ambientes on premise. O primeiro passo da jornada para um ERP pós-moderno, é levar o software para a nuvem , assim, a entrega é rápida, menos burocrática, e oferece tudo o que é importante para o chamado modelo pós-moderno.

A cloud segue como um dos recursos mais aderentes às novas necessidades das empresas em 2021. Com as dificuldades enfrentadas pela irrupção da COVID-19, a nuvem ganhou ainda mais força e o aumento do uso das plataformas de cloud e dados deve continuar em 2021. A oportunidade de aprimorar a maneira como as empresas e os colaboradores trabalham e, assim, impulsionar negócios integram alguns dos motivos que fazem as companhias adotarem a nuvem, oferecendo contornos estratégicos à esta tecnologia.

Nesse contexto, mesmo com um cenário positivo para a área de tecnologia, de investimentos e crescimento, 2021 também será marcado por desafios. Em 2020 observamos uma onda de demissões por conta da crise. Um levantamento do Sebrae destacou que 31,58% das empresas precisaram dispensar funcionários. Por conta disto, para 2021, haverá uma carência ainda maior de mão de obra qualificada, principalmente na área de TI. As empresas que reduziram o quadro de funcionários terão grande dificuldade para recontratá-los e voltarem a ser competitivas.

Mesmo 2021 sendo um ano bom para o mercado de TI, nem todas as empresas terão resultados satisfatórios, por conta da polarização, que continuará. A lição que fica é que as empresas com alta taxa de crescimento são aquelas que analisam o mercado, as oportunidades e também as ameaças. Aqueles que desenharam e redesenharam o seu modelo de negócio para atender a demanda de maneira diferenciada, oferecendo uma carteira de ofertas e serviços com um plano de estratégias e ações, estruturando as áreas de marketing e vendas com grande disciplina na execução do plano, sobreviveram à crise. Para este ano, o segredo é pensar constantemente em inovação, aprender com os erros e ajustar o plano para otimizar cada vez mais os resultados.

Ricardo Brandão é CEO da Sky.One , startup especializada no desenvolvimento de plataformas que automatizam e facilitam o uso da computação em nuvem.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo