Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Proporcione um Feliz Natal para a sua infraestrutura de TI

Saida Ortiz*

A pandemia acelerou a disseminação do comércio eletrônico e exigiu que varejistas se adaptassem, passando por uma profunda reinvenção para manter a lealdade dos clientes. Como se isso não bastasse, o setor de varejo vai, agora, passar pelo teste decisivo: as compras de final de ano.

Cartões de crédito e de débito serão usados de froma intensa e as lojas on-line precisam estar preparadas para suportar a interação e o volume de visitantes e de compras.

Algumas já estão se preparando para superar os desafios desta época do ano.

Nos Estados Unidos, por exemplo, a UPS está realizando 100 mil novas contratações para este Natal, à espera de um crescimento significativo nas vendas on-line por causa da pandemia do coronavírus.

A FedEx , por outro lado, garantiu há algumas semanas que, entre seus planos para a época de festas, contratarão 70 mil trabalhadores, 15 mil a mais do que no último mês de 2019.

Não são poucos os varejistas que expressaram a intenção de contratar diversos trabalhadores temporários para atender a demanda dos negócios on-line durante as festas. Isso inclui atender não apenas o comércio eletrônico em si mas, também, pedidos on-line para serem retirados nas lojas.

Ao Sul do Equador, o comércio eletrônico também está indo muito bem.

No México, de acordo com um estudo realizado pela Associação Mexicana de Vendedores On-line (em Espanhol, AMVO), o comércio eletrônico cresceu 90% entre abril e junho.

A entidade indica, ainda, que “a cadeia de lojas self-service Chedraui reportou 4,5% de vendas on-line no terceiro trimestre, mas também destacou que algumas das lojas no país alcançaram 20% de suas vendas através do comércio eletrônico.”

Na Colômbia, em seu relatório “Behavior of E-commerce in Colombia during 2020 and Perspectives for 2021,” a Câmara Colombiana de Comércio Eletrônico (CCCE, em Espanhol) indica que “até agosto de 2020, o crescimento acumulado nas vendas do comércio eletrônico foi 25,3% maior em relação ao mesmo período de 2019. Entretanto, o resto do ano é incerto, como tem sido 2020, o que impede que sejam traçadas perspectivas para o fechamento do ano do setor.”

É bom lembrar que o medo das aglomerações, além da previsão de uma segunda onda da COVID-19, pode fazer com que as pessoas prefiram os canais on-line em detrimento das lojas físicas, presenciais, e shopping centers para realizar suas compras de final de ano.

Data center: suporte à compra segura e confiável

Em junho deste ano aconteceu na Colômbia os “Dias sem IVA”: datas determinadas pelo governo deste país nas quais as pessoas podem comprar determinadas categorias de produtos sem pagar imposto sobre a venda - imposto correspondente ao ICMS brasileiro. Nesse momento de pico de vendas, diversos sites de comércio eletrônico caíram ou apenas mostravam – durante horas – uma página principal indicado uma mudança na linha digital, uim processo que nunca se completava. Essa fragilidade do ambiente digital provocou milhares de reclamações, inúmeras vendas interrompidas e um grande dano à reputação da marca.

Esse é um bom momento para os gestores dos negócios digitais fazerem todo o possível para garantir que a infraestrutura de TI necessária possa respaldar as operações comerciais durante as compras deste final de ano.

Ainda assim, como antecipar, por exemplo, uma falta de energia não planejada?

Aqui estão algumas recomendações:

Inspecione seus ativos digitais

Como diversas empresas normalmente bloqueiam ou limitam o acesso aos seus data centers de novembro até janeiro como uma medida preventiva para proteger-se contra erros e riscos de segurança, é muito importante garantir que a sua infraestrutura esteja pronta para lidar com qualquer incidente que possa causar downtime.

Se você tem instalações remotas de edge computing, elas agregam novos desafios logísticos. Portanto, as empresas devem designar equipes de serviços capazes de rapidamente tomar pé da situação e obter informações profissionais.

Priorize as atualizações

Após analisar as descobertas das suas inspeções, vale a pena criar um roadmap para priorizar o uso do orçamento de TI e realizar atualizações críticas.

Dado que as principais vulnerabilidades em geral vêm da infraestrutura de energia e refrigeração, as empresas precisam concentrar seus esforços nessas duas áreas.

Aumente a supervisão

Como as redes de TI dos negócios digitais estão distribuídas em diversas regiões geográficas, torna-se mais difícil gerenciar equipes para cada local. Nesse caso, existem diversas soluções de monitoramento remoto centralizado que permitem alertas mais rápidos sobre problemas e a restauração remota dos servidores, permitindo uma resolução mais rápida e uma economia de tempo para a equipe, que em geral tem acesso físico limitado ao data center durante as épocas mais movimentadas.

Se as lojas on-line e as empresas querem responder com eficácia, sem contratempos, aos desafios dessa época de Natal que está chegando, é essencial considerar o data center como um ativo que sustenta toda a sua estrutura de negócios na internet. E, desse modo, ter um Feliz Natal.

*Saida Ortiz Sedano é gerente geral da Vertiv NOLA (norte da LATAM)


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo