Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

A importância da análise de riscos em máquinas

Por José Amauri Martins*

Com a publicação da revisão do texto da NR 12 em 2010, um termo pouco explorado até então passou a ser empregado no dia a dia no chão de fábrica: a análise de riscos. De forma não muito assertiva, a análise de risco passou a ser empregada nos trabalhos de adequação da segurança em máquinas.

A análise de riscos é o item principal e necessário apontado na NR 12 para se implementar segurança em máquinas em operação, independente da sua origem e período de fabricação, ou no momento que o fabricante executar seu projeto. Muitas vezes, a análise de risco é questionada ou interpretada de maneira equivocada. Assim, por desconhecimentos do assunto, muitos profissionais da área acabam cometendo equívocos em sua aplicação.

Para ter a melhor compreensão do que é a análise de riscos, farei um paralelo com a medicina. Quando o paciente vai ao médico, ele passa por uma consulta e é submetido a vários exames clínicos para diagnosticar possíveis níveis de fatores que podem indicar anormalidades, indicativas de doenças. Com os dados dos exames em mãos, o médico fará a prescrição de medicamentos para conduzir os níveis irregulares aos aceitáveis, reduzindo os riscos e preservando a saúde do paciente. O que o médico fez no paciente foi uma análise de riscos, riscos estes que poderiam levá-los a uma condição frágil da saúde ou até mesmo ao óbito.

Na engenharia, o processo da análise de riscos é muito semelhante. Neste caso, o paciente é a máquina e o médico é o engenheiro. Dificilmente a máquina entraria em parada irreversível (óbito), mas os seus perigos podem levar o operador a sofrer acidentes, que podem ser graves ou até causar a morte. A análise de riscos deverá analisar parte por parte da máquina, avaliando os riscos produzidos por seus movimentos gerados durante o ciclo de trabalho.

Assim como na medicina – na qual o médico analisa os resultados dos exames, prescreve a medicação e assina a receita em que consta o seu registro profissional (o CRM) –, na análise, apreciação e redução dos riscos feita por especialista o engenheiro deve emitir a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), instrumento do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) no qual o engenheiro se responsabiliza pelos dados obtidos e pelo apontamento das adequações necessárias. Com a elaboração da documentação da análise de riscos, o engenheiro assume as responsabilidades técnicas, respondendo juridicamente por possíveis falhas que venham a ocorrer na adequação de segurança.

As empresas usuárias de máquinas que não elaboram uma correta análise de riscos nas máquinas podem tomar o remédio errado, ou seja, fazer um investimento que não resolverá a necessidade de tornar a máquina segura. A análise de riscos não pode ser uma atividade empírica, deve seguir critérios técnicos, observando a norma técnica “ABNT NBR ISO 12100 – 2013 - Segurança de máquinas – Princípios gerais de projeto – Apreciação e redução de riscos”, que traz um guia para o projeto, a apreciação e a redução dos riscos. O engenheiro deve sempre se basear por critérios técnicos na observação das características da máquina, considerando ainda o processo de produção.

* José Amauri Martins é especialista em NR 12 da Schmersal


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS