Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Como os hackathons podem ajudar na melhoria do setor de tecnologia

Como os hackathons podem ajudar na melhoria do setor de tecnologia

ESET traz dicas sobre como lideranças podem transformar as empresas investindo em maratonas tecnológicas

Criados como eventos nos quais profissionais do setor de tecnologia podem desenvolver aplicativos úteis em curtos períodos de tempo, os hackathons podem ser grandes aliados para a expansão e melhoria de empresas que atuam no ramo tecnológico. A ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, traz dicas sobre como lideranças podem investir nessa prática e melhorar o ambiente corporativo.

Além de uma oportunidade de aprimorar o trabalho em equipe, os hackathons auxiliam a melhorar a performance de gestores, já que proporcionam uma experiência capaz de fazer com que líderes percebam o crescimento profissional da equipe e passem a destinar mais recursos para esse tipo de prática dentro das empresas.

"No setor de tecnologia, passar um tempo imerso em uma ideia que pode servir para solucionar problemas corporativos e melhorar produtos da empresa pode ser bastante recompensador. Ter uma equipe especializada em encontrar soluções em um espaço curto de tempo - como em um final de semana, por exemplo - é uma forma de adquirir experiência multi-funcional", afirma o especialista em segurança da informação da ESET, Daniel Barbosa.

Uma outra forma de aplicar as técnicas de maratonas tecnológicas como os hackathons é para o recrutamento de profissionais para diferentes segmentos, em especial para equipes de TI, responsáveis por manter a privacidade dos dados da empresa e descobrir possíveis vulnerabilidades no sistema da empresa.

Para isso, é necessário que os líderes das corporações conheçam, ainda que minimamente, sobre programação e desenvolvimento de aplicativos e design. Dessa forma, é possível trabalhar de forma eficiente na montagem de equipes e organizar maratonas internas para valorizar a atuação de profissionais e trazer novas alternativas para problemas, muitas vezes, antigos.

Abaixo, a ESET listou os quatro passos para inserir um hackathon no ambiente corporativo:

• Disponibilizar um espaço: pode ser uma sala comercial exclusiva para a atividade ou apenas um ambiente dentro da própria empresa. O espaço precisa ser grande o suficiente para que os participantes possam se acomodar de forma confortável, já que a atividade costuma levar muitas horas;

• Montar equipes: dividir a equipe em pequenos grupos, compostos por diferentes profissionais, ajuda na tarefa de realizar multifunções e permite que surjam ideias inéditas para solução de problemas;

• Estimular a participação: é importante que os líderes das empresas mantenham um discurso que incentive as equipes participarem das atividades. Explicar o que é um hackathon e de que forma a prática pode ajudar nos serviços oferecidos pela corporação também são temas fundamentais;

• Acompanhar o andamento dos projetos: depois da realização da maratona, é preciso saber como estão sendo realizados os projetos selecionados. Por isso, os líderes devem manter uma comunicação próxima com a equipe que está desenvolvendo a solução e se colocar à disposição para possíveis problemas.

Para saber mais sobre segurança da informação, acesse o portal de notícias da ESET: http://www.welivesecurity.com/br/

Sobre a ESET

Desde 1987, a ESET® desenvolve soluções de segurança que ajudam mais de 100 milhões de usuários a aproveitar a tecnologia com segurança. Seu portfólio de soluções oferece às empresas e consumidores de todo o mundo um equilíbrio perfeito entre desempenho e proteção proativa. A empresa possui uma rede global de vendas que abrange 180 países e possui escritórios em Bratislava, San Diego, Cingapura, Buenos Aires, Cidade do México e São Paulo. Para mais informações, visite http://www.eset.com/br ou siga-nos no LinkedIn, Facebook e Twitter.

Copyright © 1992 - 2020. Todos os direitos reservados. ESET e NOD32 são marcas registradas da ESET. Outros nomes e marcas são marcas registradas de suas respectivas empresas.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS