Brasil,

Jackson Carlos apresenta série de lives-oficinas sobre produção sonora e arte plástica visual, em fevereiro e março, pelo Instagram

O guitarrista, violonista, produtor musical e diretor artístico, Jackson Carlos - Acervo pessoal JC/Divulgação O guitarrista, violonista, produtor musical e diretor artístico, Jackson Carlos - Acervo pessoal JC/Divulgação

As ações do projeto Bordões ocorrem nos dias 25 e 26 de fevereiro, 02 e 03 de março, às 19h, e contarão com a presença dos artistas visuais Jean Tomedi e Felipe Coff

Produção sonora e arte plástica visual em construção, sintonia e comunhão. Nos dias 25 e 26 de fevereiro, 02 e 03 de março, o guitarrista, violonista, produtor musical e diretor artístico, Jackson Carlos apresenta uma série de lives-oficinas em parceria com dois artistas visuais expoentes e contemporâneos, Jean Tomedi e Felipe Coff. Onde irão falar sobre os processos criativos e desenvolvimento das obras do projeto Bordões. As apresentações são gratuitas e abertas a toda comunidade e ocorrem sempre às 19h pelo www.instagram.com/jacksoncarlosmusic

As oficinas on-line são as contrapartidas sociais do projeto Bordões, que contempla a gravação de um EP com quatro músicas em formato solo. Álbum que irá expressar a identidade, as nuances e as peculiaridades de cada instrumento proposto e que será lançado em todas as plataformas digitais do artista no dia 3 de março. O processo criativo entre música, artes visuais, segundo Jackson Carlos, é uma forma de reforçar a importância das atividades artísticas que acontecem nas cidades e seus reflexos. “As artes visuais são extensões importantes no conceito artístico de cada canção composta do projeto. Os artistas plásticos envolvidos no Bordões ilustram de forma sensível as canções “Thí” e “Saará”, por Jean Tomedi; e “Aurora” e “Geppetto”, por Felipe Coff. Processos esses que vamos apresentar e falar um pouco mais nas oficinas on-line”, afirma.

Conforme Jackson Carlos, o título Bordões faz referências aos instrumentos de cordas usados neste trabalho: a guitarra, os violões de cordas de aço e nylon, e contrabaixo. “O objetivo deste trabalho, além de fomentar a produção musical autoral, com base em pesquisa artística e interação entre arte sonora e plástica, é de trazer experiências e conteúdos tanto para o acervo de produção musical e artística de Blumenau, quanto para os artistas naturais deste município”, complementa o músico.

Há anos Jackson Carlos vem desenvolvendo estudos e pesquisas sobre as linguagens do jazz, música brasileira e instrumental. No projeto Bordões ele pretende apresentar um pouco dessas pesquisas em formato sonoro. “O fato de também trabalhar como produtor e diretor musical possibilita um olhar e um senso estético mais apurado sobre o projeto como um todo. Além de formar técnicas e expressões musicais para além da composição, buscando comunicar a linguagem de cada composição através dos timbres e sobre toda extensão do universo do áudio”, acrescenta.

O projeto Bordões, de Jackson Carlos, é viabilizado por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020), no município de Blumenau.

JACKSON CARLOS

Guitarrista, violonista, produtor musical e diretor artístico brasileiro. Desenvolve pesquisa e estudo sobre o jazz e música brasileira. Atua na cena instrumental com grupos de jazz (standard), em formato solo e com seu trio (Jackson Carlos Trio).

JEAN TOMEDI

Artista plástico, arquiteto e urbanista brasileiro. Formado pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Atua nas artes visuais como muralista, pintor e escultor.

FELIPE COFF

Artista plástico brasileiro. Multifacetado, atua em várias frentes nas artes visuais, entre elas pintura, instalações artísticas, arte urbana, vídeo e escultura.

SERVIÇO
Lives-oficinas do projeto Bordões, de Jackson Carlos
25 e 26/02: Jackson Carlos com Jean Tomedi
02 e 03/03: Jackson Carlos com Felipe Coff
Sempre às 19h, pelo www.instagram.com/jacksoncarlosmusic
Gratuita e aberta a toda comunidade
Classificação etária Livre
Produção executiva: Fernanda Rickmann


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo