Brasil,

Petra Belas Artes Apresenta Mostra Com 6 Clássicos do Cinema Japonês e Traz de Volta Ricardo Darín, Agora em 5 Filmes

Cinema também mantem a gratuidade para profissionais de saúde por tempo indeterminado, basta apresentar um comprovante na bilheteria

O Petra Belas Artes segue com suas incríveis mostras semanais! De 04 a 10 de fevereiro, será a vez dos “Grandes Mestres do Cinema Japonês”, em homenagem ao “Dia da Fundação Nacional do Japão”, quando anualmente, no dia 11 de fevereiro, os japoneses celebram a fundação da sua nação e a ascensão do seu primeiro imperador, o Imperador Jimmu, fato ocorrido nesta data, no ano de 660 a.C.

A mostra reúnirá seis clássicos vindos da Terra do Sol Nascente: “Contos da Lua Vaga Depois da Chuva” (1953), de Kenji Mizoguchi; “A Balada de Narayama” (1983), de Shôhei Imamura; “Juventude Nua” (1960), de Nagisa Oshima; “Era uma Vez em Tóquio” (1953), de Yasujiro Ozu; “Trono Manchado de Sangue” (1957) e “Dersu Uzala” (1975), esses dois últimos dirigidos por Akira Kurosawa.

São obras essenciais para amantes do cinema em geral, e até mesmo para outros grandes nomes do cinema contemporâneo, diretores adorados pelas novas gerações e que assumem devoção pelos mestres japoneses.

Com direção de Kenji Mizoguchi e trama baseada em dois contos do escritor Ueda Akinari, “Contos da Lua Vaga Depois da Chuva” – um dos filmes favoritos dos grandes Diretores Martin Scorsese e Andrei Tarkovsky –, ganhou o Leão de Prata de Melhor Direção no Festival de Veneza e foi indicado ao Oscar, na categoria de Melhor Figurino.

“A Balada de Narayama”, de Shohei Imamura, foi o grande vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes 1983, e é refilmagem de outro longa homônimo, de 1958, dirigido por Keisuke Kinoshita.

“Juventude Nua” é o segundo longa do diretor Nagisa Oshima, o mesmo do polêmico e escandaloso "Império dos Sentidos", e o primeiro de uma trilogia de filmes que Oshima realizou para a produtora Shochiku, projeto que acabaria provocando o seu rompimento com a companhia.

“Era Uma Vez em Tóquio” foi inspirado no filme “A Cruz dos Anjos”, de Leo McCarye. Apesar do diretor Yasujiro Ozu nunca ter assistido a esse filme, seu roteirista Kogo Noda o viu e se baseou no mesmo. Os dois, Ozu e Noda, ficaram por volta de 100 dias em uma pousada no interior apenas trabalhando no roteiro, e, depois disso, todo o desenvolvimento das filmagens e montagem se deu muito rápido. Estima-se que todo o processo levou 4 meses. Todos os banners que aparecem no filme foram pintados pelo próprio Ozu.

“Trono Manchado de Sangue” é a versão de Akira Kurosawa da obra "Macbeth", de William Shakespeare, com a grande atuação de Toshiro Mifune, ator preferido de Kurosawa, com quem trabalhou em 16 filmes. Este clássico foi considerado, pelo crítico literário americano Harold Bloom como a melhor adaptação cinematográfica de Macbeth.

Vencedor do Oscar 1976 de Melhor Filme Estrangeiro para a Rússia, “Dersu Uzala” foi uma encomenda de um embaixador russo, que pediu ao japonês Akira Kurosawa que dirigisse um filme russo para os russos, pois, segundo o embaixador, naquela época, o país não tinha bons roteiristas nem diretores para a tarefa.

Uma oportunidade imperdível de se ver na tela grande estas seis maravilhas que só melhoram com o tempo. Arigatô, Petra Belas Artes!

Atendendo a pedidos, Ricardo Darín está de volta, agora em 5 filmes

Após exibir dois filmes estrelados por Ricardo Darín, há duas semanas, o Petra Belas Artes retorna com “Truman” e “Samy e Eu” mais três longas com o divo argentino: “Clube da Lua” (2004), “O Mesmo Amor, a Mesma Chuva” (1999), ambos de Juan José Campanella; e "A Educação das Fadas" (2006), de José Luis Cuerda.

O lindo e comovente “Clube da Lua” conta a história de um tradicional espaço social e esportivo de um bairro portenho, criado na década de 1940, o clube de dança Luna de Avellaneda, que está ameaçado de ser transformado em cassino devido à crise econômica argentina, mas um trio de antigos frequentadores vai fazer de tudo para salvar o Luna. Esta foi a segunda parceria entre Darín e o diretor Juan José Campanella, iniciada com “O Filho da Noiva” e que teve seu maior momento com o ganhador do Oscar “O Segredo dos Seus Olhos”.

Juntos, Darín e Campanella realizaram ainda “O Mesmo Amor, a Mesma Chuva”, que conta a fascinante história de amor entre Jorge e Laura, de 1980 a 1999, em um contexto em que a política e a história argentinas transitam entre a ditadura, a guerra das Malvinas e a democracia nascente.

Inédito no Brasil, “A Educação das Fadas” venceu o prêmio Goya, o mais importante do cinema espanhol, na categoria de Melhor Canção Original, e traz no elenco, além de Darín, a musa francesa Irène Jacob, a mesma de "A Dupla Vida de Véronique" e “A Fraternidade é Vermelha", dois grandes cults de Krzysztof Kieslowski. O diretor José Luis Cuerda, por sinal, faleceu há exatamente no ano passado, em 04 de fevereiro de 2020, na mesma data em que se inicia esta mostra com o seu filme. Cuerda, que participou como ator de "Morte ao Vivo" e foi produtor de "Os Outros", ambos de Alejandro Amenábar, dirigiu o belíssimo "A Língua das Mariposas", lançado nos cinemas brasileiros em 1999. A emocionante história de "A Educação das Fadas" é sobre uma mulher casada e feliz, mãe de um filho de oito anos. De repente, ela decide terminar o relacionamento com o segundo marido e o menino acredita que apenas uma fada pode salvar seu casamento. Mas será que as fadas existem?

Vencedor de dezenas de prêmios internacionais, incluindo 5 troféus Goya, que equivale ao Oscar do cinema espanhol, "Truman" nos leva a Madri, ao encontro de Julián (Darín) e Tomás (Javier Cámara), dois amigos de infância. Tomás, que há anos vive no Canadá, retorna à Espanha para ajudar o amigo, que está doente e desenganado pelos médicos, a resolver suas últimas pendências, entre elas o destino de Truman, o cão de estimação e fiel companheiro de Julián.

“Samy e Eu” é sobre um roteirista de um humorístico de TV que, apesar do relativo sucesso do programa, sente que sua criatividade começa a se esgotar. Precisando mudar de ares, ele decide deixar a televisão e retomar uma paixão que ele mantém guardada: a literatura. Um dia, um mal-entendido faz com que Samy conheça Mary, uma jovem que também está disposta a dar um novo passo na sua vida. Desse encontro surge uma atração irresistível entre eles, e, apaixonada, Mary arma um incrível plano para manter Samy na televisão e torná-lo um homem de grande sucesso. Ela, então, produz um reality show sobre a vida dele.

Onde mais você encontra Darín multiplicado por cinco? Só no cinema de rua mais amado de São Paulo!

Seguem em cartaz:

- “Minha Irmã”, com a grande atriz alemã Nina Hoss, um filme dirigido a quatro mãos por Stéphanie Chuat e Véronique Reymond;
- O japonês “Perfil de Uma Mulher”, o novo filme de Koji Fukada, um dos melhores diretores japoneses surgidos na última década;
- Com Juliano Cazarré, Paolla Oliveira e Paulo Tiefenthaler nos papeis principais, o suspense brasileiro “Dente Por Dente”, dirigido por Júlio Taubkin e Pedro Arantes;
- A incrível live-action “Pinocchio”, estrelada por Roberto Benigni;
- “Fale com as Abelhas”, filme de época com Anna Paquin no elenco principal.
- "Um Crime Em Comum", segundo longa do diretor e roteirista argentino Francisco Márquez, selecionado para a Mostra Panorama do Festival de Berlim.

Programação Petra Belas Artes

Semana: 04 a 10 de fevereiro de 2021

ATENÇÃO: Sábado e Domingo não haverá expediente

Em cartaz:

EM CARTAZ: Dente por Dente
Horário: 14h30

Sala 1 – Villa-Lobos

EM CARTAZ: Minha Irmã

Horário: 16h20

Sala 1 – Villa-Lobos

EM CARTAZ: Fale Com as Abelhas
Horário: 18h40

Sala 1 – Villa-Lobos

EM CARTAZ: Pinochio
Horário: 15h00

Sala 2 – Leon Cakoff

EM CARTAZ: Perfil de Uma Mulher

Horário: 18h00

Sala 2 – Leon Cakoff

Especial:

ESPECIAL “MOSTRA RICARDO DARÍN” (ingressos R 20,00 e 10,00, a meia-entrada): quinta (04/02), Samy e Eu, às 16h00; Clube da Lua, às 19h00 / sexta (05/02), O Mesmo Amor, a Mesma Chuva, às 16h00; A Educação das Fadas, às 19h00 / segunda (08/02), Truman, às 16h00; O Mesmo Amor, a Mesma Chuva, às 19h00 / terça (09/02), Educação das Fadas, às 16h00; Clube da Lua, às 19h00 / quarta (10/02), Truman, às 16h00; Samy e Eu, às 19h00

Sala 3 – Rubens Ewald Filho

ESPECIAL “GRANDES MESTRES DO CINEMA JAPONÊS” (ingressos R 20,00 e 10,00, a meia-entrada): quinta (04/02), Contos da Lua Vaga, às 14h00; Era uma Vez em Tóquio, às 16h40; Trono Manchado de Sangue, às 19h20 / sexta (05/02), A Balada de Narayama, às 13h30; Juventude Nua, às 16h40; Dersu Uzala, 19h20 / segunda (08/02), Juventude Nua (96min), 14h00; Contos da Lua Vaga, às 16h40; Era uma Vez em Tóquio, 19h20 / terça (09/02) Trono Manchado de Sangue, às 14h00; A Balada de Narayama, 16h30; Dersu Uzala, às 19h20; quarta (10/02), Dersu Uzala, às 13h40; Era uma Vez em Tóquio, às 16h40; Contos da Lua Vaga, às 19h20

Sala 4 - Oscar Niemeyer

Sinopses “Grandes Mestres Japoneses:

CONTOS DA LUA VAGA DEPOIS DA CHUVA

(Ugetsu)

Japão, 1953, 96 min., p/b, drama, idioma: japonês (legendado), 14 anos.

Direção: Kenji Mizoguchi

Elenco: Masayuki Mori, Machiko Kyô e Kinuyo Tanaka.

No século XVI, em plena guerra civil, dois irmãos fazendeiros vão à capital local para tentar vender peças de cerâmica. Eles vendem todas, e depois o destino dos dois se separa quando Tobei decide se tornar samurai, e Genjuro quer enriquecer através do comércio. Entre as surpresas que os esperam, Genjuro descobre que a rica mulher que o recebeu em seu palácio, é na verdade, um fantasma.

A BALADA DE NARAYAMA

(Narayama Bushico)

Japão, 1983, 130 min., cor, drama, idioma: japonês (legendado), 14 anos.

Direção: Shôhei lmamura

Elenco: Ken Ogata, Sumiko Sakamoto e Tonpei Hidari.

Em Narayama, uma pequena cidade japonesa, há uma tradição: aquele que completa setenta anos deve deixar a vila e ir até o topo de uma montanha para encontrar a morte. Quem se recusa a cumprir a regra traz desgraça para sua família. Orin tem sessenta e nove anos e no inverno chegará sua vez de subir o monte. Mas sua maior preocupação no momento é encontrar uma esposa para seu filho mais velho Tatsuhei.

JUVENTUDE NUA

(Seishun Zankoku Monogatari)

Japão, 1960, cor, drama, idioma: japonês (legendado), 14 anos.

Direção: Nagisa Ôshima

Elenco: Miyuki Kuwano, Yûsuke Kawazu e Yoshiko Kuga.

Um jovem severo seduz uma bela jovem para tirar proveito de sua especialidade em assaltar homens que a concedem carona.

ERA UMA VEZ EM TÓQUIO

(Tokyo Monogatari)

Japão, 1953, 136 min., p/b, drama, idioma: japonês (legendado), 14 anos.

Direção: Yasurjiro Ozu

Elenco: Chishû Ryû, Chieko Higashiyama e Sô Yamamura.

Um casal de idosos deixa sua filha no campo para visitar os outros filhos em Tóquio, cidade que eles nunca tinham ido. Porém os filhos os recebem com indiferença, e estão sempre muito atarefados para terem tempo para os pais. Apenas a nora deles, que perdeu o marido na guerra, parece dar atenção aos dois. Quando a mãe fica doente, os filhos vão visitá-la junto com a nora, e complexos sentimentos são revelados.

TRONO MANCHADO DE SANGUE

(Kumonosu-Jo)

Japão, 1957, 110 min., p/b, drama, idioma: japonês (legendado), 14 anos.

Direção: Akira Kurosawa

Elenco: Toshirô Mifune, Minoru Chiaki e Isuzu Yamada.

Yoshiteru Miki e Taketori Washizu são os comandantes do primeiro e do segundo castelo de um reino local, cuja sede fica no Castelo das Teias de Aranha. Após defenderem seu senhor em batalha, eles estão retornando para casa quando encontram um espírito que prediz o futuro de ambos. Ele diz que Washizu em breve assumirá o trono e que o filho de Miki, Yoshaki, o sucederá. Ao retornar para casa, Washizu comenta a predição com a esposa, lady Asaji. Ela acredita no que o espírito disse e incentiva o marido a agir quando o atual rei chega em seu castelo, para passar a noite.

DERSU USALA

(Dersu Uzala)

URSS, 1975, 142 min., cor, aventura, idiomas: russo e chinês (legendado), 14 anos.

Direção: Akira Kurosawa

Elenco: Maksim Munzuk, Yuriy Solomin e Mikhail Bychkov.

Explorador e cartógrafo do exército russo mapeia a Sibéria no fim século 19, com a ajuda de caçador nativo avesso aos padrões mercantis de conhecimento e relação com a natureza.

Sinopses - Especial “Ricardo Darín”:

SAMY E EU

(Samy y Yo)

Argentina, 2002, cor, 85 min., comédia, idioma: espanhol (legendado), 14 anos.

Direção: Eduardo Milewicz

Elenco: Ricardo Darín, Angie Cepeda e Cristina Banegas.

Samy está prestes a completar 40 anos. Entre seus desgostos estão sua namorada Laura, seu astigmatismo, sua mãe e sua irmã. Ele escreve o programa de TV de um comediante, mas ainda sonha em ser um escritor sério e respeitado. Todo ano tenta escrever um romance, mas todo ano falha. Ao avaliar sua crise existencial, Samy decide largar o emprego, a namorada e os laços que o prendem à família. No meio dessa confusão, Mary aparece. Ela é uma entusiasmada colombiana, que parece ser a única a enxergar o potencial dele. Mary então produz um reality show sobre a vida de Samy, que logo se transforma em um sucesso absoluto.

TRUMAN

(Truman)

Espanha, 2015, cor, 108 min., drama/comédia, idioma: espanhol (legendado), 14 anos.

Direção: Cesc Gay

Elenco: Ricardo Darín, Javier Cámara e Dolores Fonzi.

Dois amigos de infância, separados por um oceano, se encontram depois de muitos anos. Eles passam uns dias juntos, lembrando os velhos tempos e a grande amizade que se manteve com os anos, tornando-os inesquecíveis, pois seu reencontro é também o último adeus.

CLUBE DA LUA

(Luna de Avellaneda)

Espanha/Argentina, 2006, cor, 155 min., drama, idioma: espanhol (legendado), 14 anos.

Direção: Juan José Campanella

Elenco: Ricardo Darín, Eduardo Blanco e Mercedes Morán.

Criado na década de 1940, o clube de dança Luna de Avellaneda está ameaçado de ser transformado em cassino graças à crise econômica argentina. Mas há um trio de antigos frequentadores, Roman, Graciela e Amadeo, disposto a tudo para salvar o Luna.

O MESMO AMOR, A MESMA CHUVA

(El mismo amor, la misma lluvia)

Argentina, 1999, cor, 113 min., comédia, idioma: espanhol (legendado), 14 anos.

Direção: Juan José Campanella

Elenco: Ricardo Darín, Soledad Villamil e Eduardo Blanco.

Jorge vive de escrever contos românticos para uma revista. Aos 28 anos, ele é uma jovem promessa da literatura argentina, mas não consegue se fazer notar. Uma noite ele conhece Laura, uma garçonete que está à espera do namorado, do qual não tem notícias desde que ele partiu para o Uruguai alguns meses antes. Jorge e Laura ficam muito unidos e a moça, ciente do grande talento do rapaz, tenta convencê-lo a partir para a literatura propriamente dita. Com o tempo a relação vai se desgastando e eles acabam rompendo. É mostrada a trajetória dos dois personagens ao longo de duas décadas, com suas alegrias, desilusões e esperanças.

A EDUCAÇÃO DAS FADAS

(La educación de las hadas)

Espanha, 2006, 103 min., cor, drama, idioma: espanhol (dublado), 14 anos.

Direção: José Luis Cuerda

Elenco: Ricardo Darín e Irène Jacob.

Nicolás é um inventor de brinquedos. Ele encontrou em Ingrid, uma ornitóloga belga, a mulher de seus sonhos. O filho dela, Raul (Víctor Valdivia), tem 7 anos e uma imaginação fértil - e, para Nicolás, é como se o garoto fosse o filho que ele nunca teve. Todos vivem em plena felicidade até o dia em que Ingrid decide terminar a relação subitamente, sem qualquer explicação. Desesperado, Nicolás tenta de tudo para recuperar a harmonia de sua família.

Sinopse – Em cartaz:

MINHA IRMÃ
(Schwesterlein)
Suíça/Alemanha, 2019, cor, 99 min., drama, idioma: alemão (legendado)
Direção: Stéphanie Chuat e Véronique Reymond
Elenco: Nina Hoss, Lars Eidinger e Marthe Keller.

Lisa desistiu de suas ambições como dramaturga em Berlim e se mudou para a Suíça com os filhos e o marido, que dirige uma escola internacional lá. Quando seu irmão gêmeo Sven, um ator que é estrela do teatro em Berlim, adoece com leucemia, Lisa retorna à capital alemã.

PERFIL DE UMA MULHER

(Yokogao)

Japão, 2019, cor, 111 min., idioma: japonês (legendado)

Direção: Koji Fukada

Elenco: Mariko Tsutsui, Mikako Ichikawa, Sosuke Ikematsu e Hisako Ookata.

Ichiko é enfermeira particular e há anos cuida da matriarca da família Oisho e os considera como sua própria família. É também confidente da jovem Motoko, a filha mais velha da família. A vida tranquila e rotineira de Ichiko começa a mudar quando a irmã mais nova de Motoko desaparece. Logo a mídia e as investigações da polícia revelam que o sequestrador é o sobrinho de Ichiko.

DENTE POR DENTE

Brasil, 2021, cor, 85 min., suspense, idioma: português, 16 anos.

Direção: Júlio Taubkin e Pedro Arantes

Elenco: Juliano Cazarré, Paolla Oliveira e Renata Sorrah.

Ademar é sócio de uma empresa de segurança particular que presta serviço para uma grande construtora de São Paulo. Quando seu sócio Teixeira desaparece, Ademar começa uma investigação e, junto com Joana, mulher de Teixeira, percebe que o amigo estava envolvido em um esquema criminoso. A incansável busca de Ademar pela verdade é marcada por sonhos premonitórios assustadores.

FALE COM AS ABELHAS
(Tell it to the bees)
Inglaterra/Suécia, 2018, cor, 108 min., drama, idioma: inglês (legendado), 16 anos.
Direção: Annabel Jankel
Elenco: Anna Paquin, Billy Boyd e Gregor Selkirk.

Depois da morte do pai, a médica Jean Markham volta à sua cidade natal para assumir as funções dele. Quando ela conhece Charlie e sua mãe Lydia sua vida toma um rumo inesperado que coloca a sua carreira e reputação em risco. Uma sensível história de amor e luta contra o preconceito que movimentará uma pequena cidade escocesa na década de 1950.

PINOCCHIO
(Pinocchio)
Itália, 2021, cor, 137 min., idioma: italiano (legendado), 10 anos.
Direção: Matteo Garrone
Elenco: Roberto Benigni, Federico Ielapi e Gigi Proietti.

A verdade sombria por trás do clássico que marcou gerações. Gepeto é um solitário marceneiro que sonha em ser pai e deseja que Pinóquio, o boneco que acabou de construir, ganhe vida. Seu pedido é atendido, mas a desobediência de Pinóquio faz com que ele se perca de casa e embarque em uma jornada repleta de mistérios e seres fantásticos, que o levará a conhecer de perto os perigos do mundo.

Protocolo de segurança Covid-19 e serviço:

-Cinema aberto ao público por até 8 horas diárias, das 15h às 22h.
-Assentos intercalados determinados diretamente pelo sistema de compra dos ingressos.
-Distanciamento determinado nas áreas comuns.
-Consumo de produtos da bomboniere somente em sua poltrona.
-Equipe preparada com todos os equipamentos de proteção necessários.
-Higienização constante dos espaços; Intervalo de 30 minutos de uma sessão para outra, filmes não começam no mesmo horário (sessões serão intercaladas).
-Apenas 4 salas estarão abertas e com capacidade reduzida.
-A conferência de ingressos será visual ou através de leitores óticos, sem contato manual por parte do atendente.
-Álcool em gel disponível em todas as áreas do cinema.

Serviço:

Endereço: Rua da Consolação, 2423 – Consolação - Tel: 11 2894 5781
Site: www.cinebelasartes.com.br
Ingressos: Quinta a domingo e feriados - R$ 30 e R$ 15 / Segunda - R$ 20 e R$10
Entrada gratuita para profissionais de saúde, durante todo o mês de janeiro, mediante a comprovante.
Venda dos ingressos: na bilheteria (cartões de débito e crédito: todos; não aceita cheque) ou pelo site http://www.cinebelasartes.com.br/ingresso-online/


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo