Brasil,

ABRADi lança cartilha de mídia programática

Associação explica que um dos objetivos é evitar veiculação de anúncios em sites que propagam fake news

Após diversas discussões com profissionais da área, para entender o ecossistema que abrange marca, veículo e agência, e analisar questões internas relacionadas à operação da mídia programática, a Associação Brasileira dos Agentes Digitais (ABRADi) desenvolveu uma cartilha com “10 Mandamentos para compra de mídia programática”, a partir de métodos práticos e aplicáveis no dia a dia, com intuito de possibilitar discussões mais técnicas e entrega de informações relevantes. O material ficará disponível para download de maneira gratuita no site.

“Desenvolvemos a cartilha com o objetivo de comunicar para todo o mercado de forma sucinta e didática, as principais etapas que precisam ser consideradas na compra da mídia programática. “Acreditamos que esse seja o momento ideal, pois em meio a tantas informações distorcidas, precisamos entregar um conteúdo relevante, que auxilie no combate à Fake News”, explica Marcelo Sousa presidente da associação.

A entidade também esclarece que a iniciativa, desenvolvida pelo Comitê de Mídia da ABRADi, visa educar o mercado, possibilitar discussões entre os agentes e , a partir dessas reflexões, colaborar com o avanço da transformação digital.

Desde a década de 80 que o termo “Fake News” é utilizado para caracterizar informações não verídicas. Mas, segundo o Google Trends, a expressão ficou popular em 2016 e continua sendo um problema que os agentes digitais tentam resolver. Então, também por esse motivo, a associação decidiu lançar a cartilha. “Em um período de tanta desinformação, decidimos abordar etapas essenciais, como o planejamento e a execução, por isso, mencionamos como funciona a mídia programática e quais são as possibilidades de mitigar a inclusão de um anúncio em sites de fake News”, esclarece Thais Andrade, líder do Comitê de Mídia.

“Vale ressaltar que nos posicionamos para utilizar uma linguagem que não fale somente de maneira técnica, o que poderia limitar os leitores, mas pretendemos facilitar a comunicação com todo o mercado e, com isso, termos uma base sólida para discussões posteriores mais profundas”, completa Andrade.

Segundo o comitê que desenvolveu o material algumas informações ainda não são totalmente transparentes, principalmente para o anunciante, que paga por essa mídia e para os usuários que são impactados por esses anúncios, portanto o assunto passou a ser pertinente, especialmente esclarecendo sobre a compra e veiculação de anúncios e como a falta de transparência abre lacunas para questionar todo o processo que a mídia programática utiliza.

A Cartilha de Mídia Programática foi um material que obteve envolvimento de todas as regionais:

ABRADi Nacional - Marcelo Sousa -

ABRADi Regional DF - Adriana Moya -

ABRADi Regional GO - Rafaela Brugger Bastos -

ABRADi Regional MS - Kenneth Corrêa -

ABRADi Regional Norte - Durango Martins Duarte -

ABRADi Regional PB - Alek Maracaja -

ABRADi Regional PR - Ney Queiroz -

ABRADi Regional RJ - Fábio Medeiros -

ABRADi Regional RN - Daniele Gomes Barone -

ABRADi Regional RS - Moyses Costa -

ABRADi Regional SC - Daniel Kroin -

ABRADi Regional SP - Rodrigo de Oliveira Neves -

Mais informações pelo site www.abradi.com.br


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo