Brasil,

Mercado da música na pandemia - Crise para uns e geração de oportunidade para outros

A música foi a grande aliada e refúgio de muitas pessoas durante o isolamento social provocado pela pandemia do coronavírus. Um estudo conduzido por neurocientistas do Reino Unido mostrou que algumas músicas podem ajudar a controlar o estresse e a ansiedade, alguns dos sentimentos que marcaram forte presença no atual cenário.

O setor da música foi um dos mais afetados pela crise mundial. Mais de 50 festivais conhecidos no mundo foram adiados como o Lollapalooza Brasil, Rock in Rio Lisboa, Ultra Music Festival em Miami (EUA), Coachella e milhares de shows de grandes nomes da música, em respeito as medidas de restrição adotas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para lidar com a paralisação no setor, assim como em outros negócios, a inovação foi a principal virada de chave. Sair da zona de conforto foi o que fez o cantor brasileiro, Richard Martin, nascido em São Paulo, apostar em seu sonho fora do país.

O artista de 28 anos - que vive em Nashville (EUA) - aproveitou sua formação em Music Business e experiência no setor para gerir sua carreira e explorar as múltiplas possibilidades do universo artístico. Durante a pandemia, usufruiu da cidade mais vazia para fazer ensaios fotográficos que pudessem alimentar suas redes sociais, produziu e participou de lives onde pode trazer ainda mais visibilidade para o seu trabalho, e compôs e lançou músicas de sucesso com inesperada performance entre o seu público composto por brasileiros e americanos. “A pandemia acelerou o processo que já estava crescente. Precisamos evoluir para se adaptar. Eu nunca substituiria o ao vivo mas, por enquanto, foi necessário pensar em outras maneiras que não comprometessem minha evolução até aqui”, confessou o cantor.

Assim como Richard, aproximadamente 3,4 milhões de artistas, técnicos de som e luz, produtores, empresários e outros profissionais interligados ao meio foram impactados, segundo o DATA SIM - Núcleo de pesquisa e organização de dados.

O pós-pandemia

O olhar tecnológico e o privilégio para muitos em investir de forma virtual na carreira, abriu novos horizontes e perspectivas para artistas que acreditavam ser impossível conquistar espaço no meio digital.

O Facebook, Whatsapp e Instagram registraram crescimento de 40% durante o isolamento social e a música teve sua grande contribuição nisso. Richard, que coleciona mais de 28 mil seguidores nacionais e internacionais em seu perfil, já planeja novas lives e prepara seu público para seu novo lançamento “Even the rain fall for you”.

Segundo ele, a saúde está acima de tudo, mas suas produções não podem parar. “Sonho em representar o Brasil nos Estados Unidos e acredito que essa nova realidade pôde criar experiências e fortalecer ainda mais a troca cultural entre os dois países. Consegui mostrar através do meu trabalho, que Nashville não fala só sobre o Country, e que aqui também trabalhamos o Pop, o Rock e muitos outros ritmos. Sem dúvidas a internet foi fundamental para isso.”

Com saudades do Brasil, o músico possui viagem marcada para São Paulo, para início de outubro e, seguindo todas as medidas de segurança, planeja não só visitar a família, como também dar seguimento aos seus planos de carreira e parcerias com cantores brasileiros estreitando cada vez mais o seu relacionamento com seus fãs no país.

SOBRE RICHARD MARTIN

Nascido em São Paulo, Brasil, o cantor Richard Martin foi introduzido ao meio da música ainda criança. Durante o colegial, participou de algumas bandas e teve a oportunidade de desenvolver o seu talento com o apoio de seus pais. Em busca de tornar o seu grande sonho possível, foi para os Estados Unidos. Aos 22 anos, uma nova mudança, dessa vez para Nashville, a cidade da música country, onde o cantor enxergou a oportunidade e alcançou inspiração para conquistar o mundo através de suas canções.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo