Brasil,

Das telas da TV para sua casa: brechós de luxo já se tornaram os queridinhos das consumidoras durante a quarentena

Na novela Totalmente Demais , personagem de Juliana Paes vai abrir um brechó de luxo, setor que se consolidou nos últimos anos e registrou crescimento de vendas em 2020 ao incentivar o consumo consciente e revitalizando closets com qualidade e preço acessível

Com a pandemia, todos tivemos que nos adaptar completamente, pessoas passaram a adotar o home office, as compras pela internet se tornaram realidade até por quem não era adepto ao e-commerce. As produções de TV também precisaram se adaptar e as emissoras voltaram a reexibir novelas, para o deleite dos apaixonados por esse tipo de produção. Totalmente Demais, exibidas na faixa das 19h, voltou com tudo e está bombando nas redes sociais. Uma das personagens mais comentadas é Carolina Castilho, interpretada por Juliana Paes. Editora de uma revista famosa, ela está passando por diversas reviravoltas e em breve vai abrir um brechó de luxo para vender suas peças exclusivas.

O que mudou nos brechós de luxo de 2015, quando a novela foi exibida pela primeira vez, e o ano de 2020? De lá para cá, os produtos seminovos de grifes internacionais caíram no gosto das fashionistas, ganhando mais adeptas do consumo consciente e incentivando da cultura do desapego. Uma bolsa, um sapato ou qualquer outro acessório de uma marca de luxo tem um alto custo e os brechós são uma ótima opção para que aquela peça não fique esquecida no fundo do armário. O mercado de second hand estimula o desapego e permite que mais mulheres tenham acesso a um produto sofisticado pagando um valor bem menor do que uma peça nova.

Antes da pandemia, o mercado de revenda estava prestes a dobrar de US$ 24 bilhões em 2019 para US$ 51 bilhões até 2024, de acordo com um relatório da Thredup, uma das maiores lojas online do mundo de roupas seminovas, e da GlobalData, empresa de análise de varejo. Alguns casos individuais também sinalizavam a valorização do mercado.

Durante a pandemia, o setor esperava uma queda nas vendas, mas surpreendentemente os resultados se mostraram positivos e continuaram a crescer. A Vestiaire Collective, empresa francesa com atuação em toda a Europa, viu as vendas subirem 20% no final de abril. Já a americana Rebag vendeu mais bolsas no final de abril do que na Black Friday. Na Poshmark, por sua vez, a terceira semana de abril foi a melhor da empresa em termos de vendas.

Por dentro do brechó de luxo

A INFFINO, plataforma online para artigos de luxo seminovos, está há 10 anos no mercado e trabalha com artigos second hand de grifes internacionais como Prada, Channel e Hermès, algumas das marcas mais amadas do mundo. Assim como na novela, a fundadora da INFFINO, Mila Silbermann, também começou seu negócio quando decidiu desapegar de algumas de suas bolsas na internet. Em pouco tempo, algumas de suas amigas pediram ajuda para vender as peças de luxo que elas possuíam. Foi aí que ela percebeu que tinha uma oportunidade em mãos e depois de cinco anos, com o negócio evoluindo e com o volume crescente de vendas, havia chegado a hora de investir na gestão profissional da empresa.

“Temos uma preocupação muito grande em quebrar o tabu do desapego. O mercado da moda está se transformando e o second hand é uma oportunidade para a economia circular, além de incentivar a moda sustentável, algo tão importante para o meio ambiente e o consumo consciente, assim mais pessoas têm acesso a itens de luxo, permitindo com que mais mulheres possam revitalizar seus closets com qualidade e bom preço”, explica Milla.

Os brechós estão tornando o luxo mais acessível, principalmente em momentos de crise, em que o dólar alto impacta profundamente no valor de uma peça nova. E os brechós não chamam a atenção apenas de quem deseja revitalizar seu closet por um preço mais baixo. Para quem tem uma peça de luxo, há inúmeras vantagens, já que com o desapego, o alto valor investido na compra de bolsas, sapatos, roupas e acessórios acaba sendo diluído com a troca por um outro item de luxo.

Mesmo com tantas vantagens, muitas mulheres ainda se questionam quanto a autenticidade dos produtos e a segurança na compra, uma preocupação muito importante para evitar que se caia em uma fraude. Na INFFINO, para garantir que a cliente está realmente comprando um produto original, os processos de autenticação contam com a ajuda da Inteligência Artificial, confirmando a originalidade das peças. A empresa possui um selo de autenticidade que garante a originalidade do produto, agilizando a experiência tanto de quem está comprando, quanto de quem deseja desapegar.

Sobre a INFFINO

A INFFINO é referência em bolsas e peças de luxo seminovas no Brasil. Com atuação 100% online, a plataforma possui um acervo composto por mais de mil peças de grifes como Louis Vuitton, Chanel, Prada, Gucci e Hermès, cujos valores variam de até R$ 50 mil, com ticket médio em torno de R$ 2mil.

A empresa foi fundada em 2010 por Mila Silbermann e conta com os sócios Cassio Silbermann e Roberta Silbermann. Mila é pedagoga formada pela PUC-São Paulo e foi professora infantil de escolas como Pueri Domus e Lourenço Castanho durante 21 anos. Atualmente, além de comandar a INFFINO, é influenciadora digital no setor. Roberta é administradora de empresas formada pela Unicep-São Carlos e tem passagens por empresas como TAM e Santander. Cassio, por sua vez, é publicitário formado pela FAAP, tem MBA em Finanças pelo Ibmec e atuou por mais de 25 anos no mercado financeiro. Tem passagens pelo ING Bank, UBS Investiment Bank, RBS Global Bank, Deutsche Bank, entre outros. Também é Sócio-CFO do Onovolab, Campus de inovação localizado em São Carlos.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS