Brasil,

Eleições 2020: estratégias práticas para o sucesso de uma campanha política para vereadores

Tamara Crantschaninov, gestora de políticas públicas e chefe de operações da Confirma, dá dicas imbatíveis para uma campanha de sucesso e gastando pouco

A cada eleição, os candidatos enfrentam um dilema: como ser totalmente eficiente, ou seja, obter o maior número de votos possíveis, e ainda com pouco recursos. Especialmente nesta eleição, em que o período de campanha será mais curto do que o normal, as campanhas precisam ser mais estratégicas do que nunca.

Para facilitar a tomada de decisão, a Confirma, plataforma digital de inteligência estratégica para a gestão de campanhas eleitorais, criou um guia exclusivo que destaca seis principais estratégias para garantir uma campanha mais barata e mais eficiente. Informações como quem são seus eleitores, onde eles estão, como organizar uma campanha e o poder da comunicação em campanhas eleitorais, consideradas essenciais, foram contempladas.

“Idealizamos esse material pensando nos candidatos a vereadores em função de ser, provavelmente, a primeira campanha que realizam. Com esse passo-a-passo o candidato ou candidata estará apto para organizar a melhor campanha possível, entendendo seu eleitorado e as ferramentas que dominará com a nossa ajuda”, esclarece Tamara Crantschaninov, chefe de operações da Confirma.

Como entender quem são os eleitores do candidato é o ponto de partida. Identificar o eleitorado é essencial na conquista da eleição, pois permite que o discurso seja alinhado aos desejos e medos do público. Basicamente, tudo que pode ser utilizado como discurso ou proposta de campanha. Para facilitar, é possível escolher duas estratégias: com a análise da personalidade do candidato e seus interesses de campanha, entende-se quais bairros do município concentram eleitores compatíveis com esse perfil; e, identificado o perfil do eleitorado, tem início a construção da candidatura de acordo com as demandas desse público específico.

Segundo a Confirma, para exemplificar, se o objetivo é conquistar votos em um local com grande concentração de mulheres que trabalham fora e tem filhos é preciso ter propostas que atendam a esse grupo específico. Se já foi identificado o bairro de atuação, é possível utilizar as informações de perfil do eleitorado no site do TSE ou, de forma mais fácil e rápida, na Plataforma Confirma, que traz gênero, estado civil, escolaridade e faixa etária desse território, por local de votação.

A segunda dica é saber quem são os candidatos mais votados na base eleitoral do candidato e o comportamento nos últimos anos. Essa é outra estratégia fundamental e o candidato pode optar por dois caminhos: se já sabe em que bairro quer atuar, pode verificar quais candidatos foram mais votados nas eleições anteriores e traçar um comparativo entre os perfis. “A ferramenta Mapa de Voto, da Confirma, traz os resultados georreferenciados das últimas oito eleições, por exemplo”, declara Tamara. Se o candidato não sabe por onde começar, pode verificar os candidatos com perfis semelhantes e entender onde costumam ter votos. Esta etapa é um grande diferencial para a campanha e evitará erros e desperdícios ao longo do caminho.

Saber a quantidade de votos para ser eleito e como planejar a estratégia é a terceira dica. Calcular corretamente o potencial de votos é um passo crucial para uma campanha vitoriosa e eficiente, porque permite que sua campanha saiba exatamente o esforço que deve ser feito para ser eleito.

A quantidade de votos para ser eleito/a depende de alguns fatores. O mais importante deles é o quociente eleitoral, ou seja, a quantidade de votos que um partido precisa ter para conquistar cada cadeira na Câmara Municipal. Esse número é obtido pelo total de eleitores dividido pelo número de vagas na Câmara, ou seja, será menor para municípios pequenos.

“Este ano, as coligações partidárias não valem mais para os cargos proporcionais, de vereador. Ou seja, a conta do quociente eleitoral só levará em conta os votos do seu partido”, explica Tamara. Dessa forma, é fundamental que a estratégia partidária seja construída em conjunto e monitorada no desenvolvimento da campanha. Se todos/as os/as candidato/as disputarem votos no mesmo local, provavelmente terão menos votos do que se estivessem distribuídos pelo município.

A próxima dica é identificar qual o valor deve ser investido na campanha. A cada ano as campanhas têm se tornado mais concorridas e surgem diversas candidaturas com perfil de renovação política, apostando em campanhas mais baratas e ágeis, o que significa que o perfil de campanha tem se alterado ao longo dos anos.

Com a pandemia de Covid-19, o cenário eleitoral promete ser ainda mais diferente, com uma intensificação da utilização da inteligência de dados e das redes sociais nas campanhas municipais.

Para saber o quanto gastar, o candidato deve verificar a média de gastos de seus principais concorrentes nas eleições passadas. Todas essas informações estão disponíveis no sistema de divulgação de contas do TSE e também na Plataforma Confirma.

Sabendo qual foi o gasto de uma candidatura eleita, é possível ter uma estimativa dos esforços que devem ser feitos na campanha atual. Além disso, é fundamental entender como gastar. Segundo a Confirma, “a campanha nas redes sociais será intensa em 2020. Investir uma parte de seus recursos em inteligência de dados e mídias sociais será um diferencial estratégico”, esclarece.

Entender o poder das estratégias de comunicação vencedoras e os principais diferenciais dos que foram ou não eleitos é a penúltima dica. Um eleitor só é convencido sobre um candidato a partir do momento em que as duas partes se comunicam. É preciso falar diretamente com o eleitor, entender seus medos, dores e anseios para a cidade. Mostrar-se como alternativa viável e capaz de solucionar estas questões.

Por isso, toda boa estratégia de comunicação se inicia com um bom mapeamento dos eleitores, conversas e compreensão de suas dificuldades. Como está a vida deste eleitor? Quais são seus medos, seus desejos? Essa escuta irá tornar possível compatibilizar seu plano de comunicação com o engajamento constante de seu eleitorado.

Além de uma boa comunicação com os eleitores, também é fundamental estar presente, ao vivo ou nas redes sociais. “Investir em estratégias de comunicação direta, porta a porta (não em tempos de pandemia), Lives e mensagens “inbox” para as pessoas que te seguem nas redes sociais são ações fundamentais. Ao criar este canal direto, é mais fácil que exista empatia do eleitorado com sua candidatura”, indica Tamara.

A dica final é monitorar o desempenho da estratégia adotada. Essa ação nem sempre é fácil, principalmente em municípios maiores. É preciso saber como o eleitor tem respondido aos contatos, evitar que entrem em contato mais de uma vez com a mesma pessoa, ter certeza que falou com todos os eleitores em potencial, controlar as finanças e monitorar o desempenho da sua estratégia de comunicação.

Aqui vão algumas técnicas de gestão que podem ser adotadas pela equipe de campanha: ter representantes da candidatura nos territórios visados, para acompanhamento das ações e replicação da sua mensagem no eleitorado; comunicar-se rapidamente com todos os pontos focais, diariamente, para garantir um alinhamento de discurso e ações entre todos, com um registro centralizado de tudo o que foi realizado durante o dia; aproveitar o período da pré-campanha para antever processos necessários durante a campanha, como cotação de material, preparação de peças publicitárias, formação de uma rede de contatos; acompanhar a evolução dos contatos de contato e dos potenciais votos diariamente, de preferência com uma ferramenta centralizada.

A sua estratégia deverá ser revista durante toda a campanha. Ao utilizar as ferramentas e técnicas de planejamento que já passamos nos passos anteriores, você terá um bom ponto de partida.

É fundamental ter um ajuste fino com sua equipe de campanha a todos os momentos, garantindo que todos estejam andando na mesma direção. Atividades fundamentais e críticas, como a captação de recursos e a comunicação, podem ter coordenadores próprios, permitindo que o/a candidato/a foque em falar com eleitores e fazer campanha, de fato!

“Para garantir um monitoramento eficaz, é preciso utilizar um sistema de gerenciamento de informações. A plataforma Confirma possui atributos que atendem a todos os requisitos abordados e que garantem a realização de uma campanha mais eficaz, barata e com sucesso”, conclui Tamara Crantschaninov.

Chefe de Operações da Confirma, Tamara é gestora de políticas públicas (USP), mestra e doutora em Administração Pública e Governo (FGV). Foi assessora técnica do Prefeito de São Paulo (2013/14) e da Defensoria Pública do Estado de São Paulo. Atua em gestão de projetos para o setor público, análise de políticas públicas, gestão democrática e desenvolvimento local e regional.

Mais informações sobre a plataforma Confirma podem ser obtidas em www.confirma.site, além de um teste gratuito com duração de 3 dias que permite entender e avaliar o funcionamento e as atribuições para a gestão de uma campanha eleitoral.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo