Brasil,

Busca pelo termo ansiedade dispara na internet durante a pandemia

Quando comparado ao semestre anterior, a pesquisa por respostas para a pergunta “como é ter crise de ansiedade” teve uma alta superior a 5.000% entre janeiro e julho - Divulgação Quando comparado ao semestre anterior, a pesquisa por respostas para a pergunta “como é ter crise de ansiedade” teve uma alta superior a 5.000% entre janeiro e julho - Divulgação

Psiquiatra Vinicius Guapo explica como manter o equilíbrio emocional no período

O isolamento social, a crise econômica, o desemprego e o medo da contaminação pelo novo coronavírus trouxeram impactos à saúde mental de muitas pessoas, aumentando o risco de ocorrência de transtornos de ansiedade. Em 2020, os brasileiros procuraram na internet sobre o tema três vezes mais do que a média dos últimos 16 anos, segundo o Google, principal ferramenta de busca. Quando comparado ao semestre anterior, a pesquisa por respostas para a pergunta “como é ter crise de ansiedade” teve uma alta superior a 5.000% entre janeiro e julho.

Já segundo levantamento feito pela empresa de pesquisas Ipsos, 41% dos brasileiros declararam sentir ansiedade, de acordo com sondagem dentro do contexto da pandemia.

O psiquiatra Vinicius Guapo - um dos idealizadores do PQU Podcast - iniciativa voltada aos psiquiatras em formação - explica que no atual período, o sentimento de angústia é compreensível e, embora não signifique necessariamente a presença de uma doença psiquiátrica, é um sinal de alerta. “A ansiedade é um sentimento comum ao ser humano. Desde a infância nos sentimos ansiosos por algo que está por vir e assim é em outras fases da vida, como quando vamos fazer uma viagem ou uma entrevista de emprego, por exemplo, mas quando a ansiedade é acompanhada de outros sintomas e, principalmente, quando os mecanismos de controle deixam de funcionar, transforma-se em problema”, fala o especialista.

Entre os sintomas de uma crise de ansiedade estão falta de ar, palpitações, dor de cabeça, suor excessivo, boca seca, dores musculares ou tremores e tontura. “O nosso equilíbrio emocional e sua relação com o funcionamento corporal é dinâmico e atentar-se a estes sinais é importante para buscar ajuda profissional”, salienta.

Algumas ações podem contribuir para o equilíbrio emocional e mental. Guapo ressalta que é importante manter uma rotina. “Procure estabelecer horários fixos para dormir, acordar, alimentar-se, descansar, fazer exercícios físicos e outras atividades que você queira incluir no seu dia a dia”, fala. “Valorize o que te dá prazer e traga sentido para o seu dia a dia, como ouvir música, dançar, fazer algum trabalho artesanal, cozinhar e meditar, por exemplo. Mantenha contato com as pessoas queridas, por mensagens, telefonemas ou videochamadas. Isso também ajuda a promover a sensação de proximidade, mesmo que as pessoas estejam fisicamente afastadas”, completa.

E para quem convive com alguém que esteja enfrentando crises de ansiedade, Guapo explica como ajudar. “Demonstre empatia, dê atenção, mostre que aquela pessoa não está só, isso é muito importante”.

Sobre o especialista

Dr. Vinicius Guapo - Nascido em Astorga, Paraná. Graduado médico pela Universidade Estadual de Londrina, em 2002. Iniciou residência médica em psiquiatria em 2003, no Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP e especializou-se em Emergências Psiquiátricas no mesmo serviço. É Mestre e Doutor em Saúde Mental pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP.

É coautor do livro “Tratado de Saúde Mental da Mulher” e de importantes artigos científicos na área sobre as diferenças entre os sexos no processamento emocional e saúde mental da mulher.

Atualmente, é médico colaborador na equipe de Emergências Psiquiátricas do HCFMRP – USP, onde supervisiona e treina alunos, em entrevista psiquiátrica, além de desenvolver e orientar projetos de pesquisa em psiquiatria e neurociências.

Sobre o PQU Podcast

O PQU Podcast divulga informações, entrevistas e reflexões sobre temas de interesse da Psiquiatria, voltadas a médicos (psiquiatras e residentes de psiquiatria em especial) e estudantes de Medicina. Foi listado entre os melhores podcasts na área médica, pelo blog especializado ProDoctor.

Os episódios do PQU Podcast são divididos em seis categorias: As evidências sugerem; A entrevista psiquiátrica; A formação do psiquiatra; É questão de opinião; Clássicos comentados; e Entrevistas com profissionais de renome em suas áreas de atuação. O conteúdo tem foco em psiquiatras em formação, estudantes de Medicina, psiquiatras e médicos de família e comunidade, mas também pode ser útil para médicos em geral e profissionais da saúde que atuam em saúde mental.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::