Brasil,

Agências de Trabalho Temporário apontam aumento das contratações na modalidade

Em pesquisa realizada pela ASSERTTEM (Associação Brasileira do Trabalho Temporário), 80,6% das agências associadas afirmam que o aumento da demanda é o principal motivo da geração de vagas temporárias entre janeiro e junho de 2020

O Trabalho Temporário, modalidade regida pela Lei 6.019/74, tem ganhado destaque neste período de pandemia por ser uma opção formal de contratação, rápida, barata, flexível e que garante segurança econômica e jurídica tanto para os trabalhadores quanto para as empresas contratantes. Tanto é que, em recente pesquisa realizada pela Associação Brasileira do Trabalho Temporário (ASSERTTEM) com as agências associadas, 47,2% delas afirmaram que, em comparação ao início da pandemia, tiveram ou estão tendo aumento da procura por contratos temporários.

O estudo aponta ainda que, entre janeiro e junho deste ano, 47,5% das agências credenciadas contrataram mais de 500 trabalhadores temporários para os setores de Saúde, Alimentação, Agronegócio, Indústria e Logística. A vagas eram para atuação em cargos operacionais (69%), administrativos (25%) e de supervisão (6%), com média salarial de R$ 1.045 a R$ 2 mil (75%), de R$ 2.001 a R$ 3 mil (22,2%) e de R$ 3.001 a R$ 4 mil (2,8%).

Além disso, 80,6% das agências associadas afirmam que o aumento da demanda foi o principal motivo da geração de vagas temporárias. "Os dados da pesquisa provam que o Trabalho Temporário toma seu legado nessa crise e pode assumir o papel de protagonista como uma importante solução para a sobrevivência das empresas e o combate ao desemprego", explica o presidente da ASSERTTEM, Marcos de Abreu.

De acordo ele, a regulamentação do trabalho temporário, ocorrido há 7 meses com a publicação do decreto 10.060/2019, tem estimulado e contribuído as contratações nessa modalidade. "As agências de trabalho temporário possuem estrutura capaz de agir rápido e atender a demandas de todos os setores. Com o novo decreto, as empresas que desconheciam a forma de contratação têm uma maior compreensão da modalidade com segurança jurídica e econômica", reforça Abreu.

Pandemia

Mesmo após o início da pandemia da Covid-19, entre os meses de abril e junho, foi registrado o aumento no volume de vagas e contratações pelas agências de trabalho temporário, sendo que 17,1% realizou mais de 400 contratos.

Os trabalhadores contratados no período encontram-se em uma faixa etária entre 18 e 29 anos em 52,8% das vagas; de 30 a 44 anos para 44,4% dos cargos ocupados; e de 45 a 60 anos para 2,8% dos contratos. Do total de vagas preenchidas, 72,7% foram preenchidas pelo sexo masculino.

Já quanto ao quadro de temporários ativos, 38,9% das agências disseram que registraram aumento entre os meses de abril a junho de 2020, sendo que para a maioria a alta foi de até 30%.

"A modalidade deve ser vista como oportunidade para que as empresas consigam atender suas demandas urgentes e emergenciais e para ganharem fôlego durante a retomada até conseguirem efetivar os trabalhadores novamente", finaliza o presidente da ASSERTTEM.

Trabalho Temporário se destaca neste período de pandemia por ser uma opção formal de contratação, rápida, barata, flexível e com segurança jurídica


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS