Logo
Imprimir esta página

Black Friday exige maior atenção de varejistas em relação à segurança física e cibernética das lojas e dos consumidores

As expectativas do varejo em relação à data são enormes, visando recuperar parte das perdas resultantes da pandemia, mas é preciso usar a tecnologia para garantir uma boa experiência aos clientes que decidirem ir pessoalmente às compras, evitando aglomerações e outros riscos, além de proteção e eficiência logísticas às lojas

A Black Friday começou a ser realizada no Brasil em 2010 e desde o primeiro ano vem ganhando importância no calendário varejista, tornando-se a a segunda data mais importante para vendas on-line e uma das três maiores em volume de vendas em geral. No período que a antecede, fala-se muito em cibersegurança e nos cuidados que os consumidores precisam ter no comércio eletrônico.

Mas é preciso também que o varejo fique atento à seguraça física e à necessidade de maior eficiência logística. Por isso, a Genetec , empresa canadense líder em tecnologia nas áreas de segurança unificada, segurança pública, operações e inteligência de negócios, tem reforçado junto aos seus clientes do setor a necessidade de atualização constante das soluções de segurança e inteligência de negócios a fim de garantir experiências mais eficazes e interessantes aos clientes, bem como uma logística mais assertiva para cumprir os prazos acordados, com a qualidade esperada pelos consumidores. Além, é claro, de assegurar proteção contra contaminações pelo Coronavírus e outros vírus que venham a ameaçar a saúde e bem-estar das pessoas.

Para este ano, a Confederação Nacional do Comércio (CNC) tem a expectativa de movimentar R﹩ 3,34 bilhões em vendas em todo o País durante a Black Friday. "Depois de mais de um ano e meio de isolamento social e com a evolução do número de pessoas totalmente imunizadas, a tendência é que os consumidores finalmente voltem às compras e os volumes de vendas superem ou pelo menos alcancem os atingidos em 2019 (antes da Pandemia) em função das promoções. Porém, depois da recente experiência traumática, os cuidados precisam ser mantidos e até redobrados para assegurar que os clientes tenham boas experiências e voltem novamente às compras para o Natal e Reveillon", afirma Michel Ricardo, diretor de Desenvolvimento de Negócios da Genetec Brasil.

Segundo Ricardo, diante deste contexto, a tecnologia é uma grande parceira, pois pode ajudar o setor a garantir a segurança de seus clientes, colaboradores e parceiros (fisicamente) e a sua própria segurança patrimonial. O primeiro passo para isto é as empresas avaliarem se estão ou não bem preparadas em termos de segurança física. "Essa avaliação é válida tanto para a Black Friday, como para as próximas datas comemorativas importantes para o comércio.

O viés do consumidor - é preciso manter as pessoas seguras em relação à covid-19 e oferecer uma experiência de compras satisfatória

Se o varejista, seja de rua ou de shopping, já tem uma estrutura de segurança, ele precisa verificar o que pode fazer para melhorá-la. Agora, se a loja ainda não se preparou, precisará de uma consultoria para avaliar o que é o mínimo necessário a ser feito e saber como a tecnologia pode ajudá-la. Mais do que colocar um funcionário na porta com o termômetro ou apenas instalar câmeras, o ideal é planejar a segurança como um todo, de modo a proteger os clientes. Existe, por exemplo, uma plataforma que permite manter o distanciamento adequado entre as pessoas nas filas e de medir o tempo de espera, para diminuir as filas.

A inteligência de negócios usada pela ferramenta da Genetec permite verificar ainda o uso de máscara e se está sendo cumprida a ocupação máxima de pessoas na loja, conforme determinação legal. De acordo com o tamanho do estabelecimento, é importante também ter um controle de fluxo interno. Outro ponto importante é a proteção ao furto. O cliente que vai às lojas precisa estar tranquilo enquanto faz suas compras, sabendo que o estabelecimento está cuidando também de seus bens materiais. "Nossas soluções estão unificadas e é possível visualizar os dados e receber alertas quando os limites de ocupação estiverem sendo alcançados, em tempo real. O alerta vai para o centro de controle e para qualquer funcionário cadastrado pelo administrador, inclusive no celular. Tudo personalizado de acordo com as diretrizes sanitárias de cada localidade", explica Ricardo.

O viés do varejista - precisa estar fisicamente protegido nesse momento de aumento das vendas e garantir o retorno de seus investimentos (ROI)

Todo período de maior movimento de vendas é mais crítico, especialmente nos centros de distribuição. O estoque e o controle de docas são pontos de atenção sempre, mas em especial em datas como essas. "Ainda que estejamos em um momento de crise, grandes varejistas continuam a investir nos CDs. A tecnologia é aliada do varejista para evitar perdas internas e para otimizar processos, é um investimento. Isso também significa mais acuracidade, ou seja, um melhor atendimento para o consumidor, seja no on-line ou na loja física", afirma o diretor da Genetec.

As ferramentas que a Genetec oferece possibilitam visibilidade em tempo real das operações de pátio e ativos e do inventário de produtos, auxiliando na redução de custos com atrasos e detenção de containers, redução de aluguel e de trabalho de docas ociosas, melhor gerenciamento dos compromissos e análise de performance, e até do tempo de espera para carga e descarga, entre outros pontos. Também aqui se aplicam as questões sanitárias de contagem de pessoas, informações de distanciamento etc. "Temos uma solução bem interessante para a área de docas - o Sipelia - que permite a integração de intercomunicadores com a central de segurança, o nosso Security Center. Além de liberação de acesso, ele funciona também, por exemplo, para o recebimento de entregas, fazendo até a conferência de notas fiscais, tudo sem contato presencial. Interfones, videoporteiros e até drones estão a serviço das empresas para assegurar ainda mais segurança aos colaboradores das docas, especialmente nesse momento de pandemia", ressalta Ricardo.

Outro fator ressaltado pelo executivo é a necessidade do varejista escolher sempre, mas especialmente neste momento de dificuldades econômicas, soluções que tragam, além de segurança física e cibernética, inteligência aos negócios. Ou seja, que contribuam para a geração de dados que ajudem a melhorar a gestão dos negócio como um todo, propiciando economia ao incorporar, por exemplo, soluções de IoT, que ajudem a controlar o consumo e a temperatura dos equipamentos, e que assim tragam mais rapidamente retorno dos investimentos (ROI).

Sobre a Genetec

A Genetec Inc. é uma empresa de tecnologia inovadora, com um vasto portfólio de soluções nas áreas de segurança, inteligência e operações. O produto carro-chefe da empresa, o Security Center, é uma plataforma de arquitetura aberta que unifica o monitoramento por vídeo baseado em IP, controle de acesso, reconhecimento automático de placas automotivas (ANPR), comunicação e análise de dados. A Genetec também desenvolve serviços e soluções na nuvem, pensados para melhorar a segurança, e contribui com novos níveis de inteligência operacional para governos, empresas, transporte e as comunidades em que vivemos. Fundada em 1997, com sede em Montreal, Canadá, a Genetec atende seus clientes globais por meio de uma extensa rede de revendedores, integradores, canais certificados e consultores, em mais de 80 países.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2022 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto