Brasil, 17 de Junho de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Consumo de ARLA 32 reduz déficit e fecha ano 35% abaixo do necessário para a frota de pesados

Com a nova fase do PROCONVE 8, as emissões de NOx precisarão ser reduzidas em 80%

Segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), anualmente, sete milhões de pessoas no mundo morrem por causa da poluição do ar. Ainda, nove em cada dez pessoas estão expostas a altos níveis de poluentes. Isso contribui para o desenvolvimento de doenças respiratórias, mas os resultados da OMS mostram também uma forte ligação entre poluição do ar e as doenças cardiovasculares ou câncer. Preocupadas com esse cenário, as empresas investem continuamente em soluções para controlar as emissões de poluentes. O ARLA 32, Agente Redutor Líquido Automotivo utilizado em veículos produzidos a partir de 2012, tem sido uma das alternativas mais eficientes.

A AFEEVAS (Associação dos Fabricantes de Equipamentos para Controle de Emissões Veiculares da América do Sul) realiza periodicamente um estudo para verificar o consumo do ARLA 32 comparativamente ao do Diesel S-10. De acordo com a análise do ano de 2018, o consumo do ARLA 32 apresentou melhora e fechou o período em 35%. Esse número ainda está muito aquém do necessário para atender às necessidades ambientais e não é compatível com as exigências da nova fase P8 da legislação do PROCONVE, estabelecida pelo CONAMA em novembro de 2018 e que reduz significativamente as emissões dos gases de escape, sendo 80% para o NOx.

De acordo com Elcio Farah, diretor adjunto da AFEEVAS, há uma evolução no cenário. “Está longe do ideal, mas tem mostrado uma melhora gradativa. A intensificação das operações de fiscalização em todo o país e a conscientização das transportadoras contribuíram para esse progresso do mercado”, afirma.

Entre as ilegalidades referentes ao ARLA 32 estão: a diluição com água, fabricação caseira, baixa qualidade dos componentes, fraude fiscal, emuladores eletrônicos, etc. As operações de fiscalização realizadas pela Polícia Rodoviária Federal e IBAMA contribuíram grandemente para a redução do déficit. Outra tecnologia sendo utilizada otimiza as operações na hora de identificar as fraudes do ARLA 32 é o uso do Scantool, aparelho que realiza uma leitura das informações armazenadas no OBD (On-Board Diagnostics) dos veículos e consegue mostrar todas as falhas de utilização durante seu uso pregresso.

“Cada veículo que não utiliza o Arla 32 emite de 4 a 5 vezes mais poluentes. Por isso a importância da conscientização. É um processo gradual, mas a expectativa é que o mercado entenda que essas irregularidades praticadas prejudicam os veículos, o meio ambiente, a população e a economia do país como um todo”, comenta Farah.

A AFEEVAS faz um alerta aos motoristas e transportadoras que não circulam regularmente, pois a utilização de emuladores ou soluções caseiras e de origem duvidosa podem causar um prejuízo de mais de R$ 20 mil para a troca do catalisador, além de multas de até R$ 1 Mi, pontos na CNH, prisão do infrator e apreensão do veículo.

Sobre a AFEEVAS

A AFEEVAS - Associação dos Fabricantes de Equipamentos para Controle de Emissões Veiculares da América do Sul - tem como objetivo promover a atualização tecnológica e a disseminação de informações técnicas na área de controle de emissões de poluentes atmosféricos dos motores de combustão interna de veículos e máquinas auto propelidos na América do Sul.

Para mais informações, acesse: www.afeevas.org.br; www.arla32.org.br

https://www.facebook.com/afeevas e https://www.linkedin.com/company/afeevas

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::