Brasil, 14 de Dezembro de 2018

+ F O N T E -

Vendas de veículos novos crescem 15% até novembro

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, divulgou na quinta-feira, 6, em São Paulo, SP o balanço da indústria automobilística em novembro. Os números mostram que 2,33 milhões de veículos foram comercializados este ano, o que significa crescimento de 15% sobre os 2,02 milhões licenciados no ano passado.

Os dados mensais apontam para aumento de 13,1%: foram 230,9 mil unidades em novembro e 204,2 mil no mesmo período do ano passado. Em outubro deste ano, 254,7 mil unidades foram negociadas, o que representa baixa de 9,3%.

Para o presidente da Anfavea, Antonio Megale, os resultados da indústria automobilística no acumulado do ano demostram que 2018 será o ano da retomada do setor:

“Certamente fecharemos este ano com crescimento acima do que planejávamos. 2018 será o ano da retomada do setor e por isso estamos muito otimistas. Já esperávamos uma queda em novembro devido ao menor número de dias úteis em relação a outubro. O importante foi a manutenção da média diária em 11,5 mil unidades”.

As fábricas produziram no último mês 245,1 mil veículos, o que representa retração de 6,9% se comparado com as 263,2 mil de outubro e diminuição de 1,6% se defrontado com novembro do ano passado, com 249,1 mil unidades. No acumulado do ano 2,70 milhões de unidades deixaram as linhas de montagem: expansão de 8,8% frente ao mesmo período de 2017, que registrou 2,48 milhões de unidades.

As exportações em novembro foram de 34,4 mil unidades, queda de 11,3% contra as 38,7 mil de outubro e 53% menor frente a novembro do ano passado, quando 73,1 mil veículos deixaram o País. O setor exportou até novembro 597,4 mil unidades – baixa de 15,3% sobre as 704,9 mil do ano passado.

Caminhões e ônibus
As vendas de caminhões até novembro subiram 49%: foram 68,4 mil unidades em 2018 e 45,9 mil no ano passado. Somente em novembro 7,7 mil unidades foram vendidas, o que representa alta de 40,3% frente as 5,5 mil de novembro de 2017 e diminuição de 2,7% ante as 7,9 mil de outubro.

Em novembro 10 mil caminhões foram fabricados, aumento de 22,3% contra as 8,2 mil de novembro do ano passado e recuo de 8% na análise com as 10,9 mil de outubro. A produção no acumulado do ano apresentou elevação de 29,7% quando comparadas as 98,1 mil de unidades deste ano com as 75,6 mil de 2017.

As exportações de caminhões caíram 9,8% no acumulado do ano, com 23,5 mil unidades em 2018 e 26,1 mil do ano anterior. Somente no penúltimo mês deste ano 1,3 mil unidades deixaram as fronteiras brasileiras, o que significa baixa de 23,9% frente as 1,7 mil de outubro e de 42,7% com relação as 2,3 mil de novembro de 2017.

O licenciamento de ônibus no acumulado foi de 13,6 mil unidades, expansão de 29,3% ante as 10,5 mil do ano passado. As vendas em novembro foram menores em 13,1% com 1,5 mil unidades no mês e 1,7 mil em outubro. Na análise contra as 1,1 mil de novembro de 2017, a elevação é de 34,2%.

A produção ficou 10% inferior – foram 2,1 mil unidades em novembro e 2,3 mil em outubro. Ao defrontar o resultado com novembro do ano passado, quando foram produzidos 1,7 mil chassis para ônibus, houve alta de 24,9%. No acumulado o crescimento é de 42%: 27,4 mil este ano e 19,3 mil em 2017.

Até novembro 8,2 mil ônibus foram exportados, o que representa queda de 0,8% se comparado com as 8,3 mil de igual período do ano passado.

Máquinas agrícolas e rodoviárias
As vendas no segmento de máquinas agrícolas e rodoviárias em novembro ficaram menores em 25,5% em relação a outubro, com 3,8 mil e 5,0 mil unidades respectivamente. No comparativo contra novembro do ano passado, com 2,9 mil unidades, foi registrado crescimento de 27,5%. No acumulado o aumento das vendas chegou a 11,9%, com 43,4 mil este ano e 38,8 mil no ano passado.

A produção no acumulado deste ano subiu 19,4% com 60,2 mil em 2018 e 50,4 mil no ano passado. Em novembro 6,6 mil unidades foram fabricadas, o que representa decréscimo de 11,1% ante outubro com 7,4 mil e elevação de 73,3% contra novembro do ano passado com 3,8 mil unidades.

As exportações de máquinas agrícolas e rodoviárias até novembro somam 11,8 mil unidades, baixa de 6,7% em relação as 12,7 mil do ano passado.

Outras informações:

No link www.anfavea.com.br/coletiva.pdf está disponível a apresentação feita à imprensa.
Também está disponível no site www.anfavea.com.br/carta-da-anfavea.html a Carta da Anfavea Digital com informações detalhadas sobre produção, mercado interno, exportações e emprego da indústria automobilística, além de vídeos, áudios e fotos dos representantes da entidade.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo