Brasil, 12 de Dezembro de 2018

+ F O N T E -

O que compensa mais para o motorista de Uber?

Cuponation, portal de descontos, realizou uma pesquisa sobre qual é a opção mais economicamente favorável ao motorista de Uber: dirigir com carro alugado, carro quitado ou financiado, em três períodos diferentes

A Uber é uma empresa que presta serviços eletrônicos de transporte privado urbano por meio de um aplicativo já muito popular entre os brasileiros desde de 2014. Segundo a própria empresa, são mais de 500 mil motoristas ativos por mês, e só no estado de São Paulo estão 30% destes (algo em torno de 150 mil). Tendo em vista esse expressivo número de autônomos, o Cuponation, plataforma de descontos online, compilou num infográfico interativo uma pesquisa sobre o que compensaria mais: trabalhar com carro alugado, próprio (sendo este quitado) ou financiar o veículo.

Para realização da pesquisa foram considerados os possíveis gastos com cada um dos quadros dentro de três intervalos (três meses, um ano e três anos). Os critérios usados foram: combustível, preço do aluguel, seguro, IPVA, taxa de licenciamento, valor das parcelas, entrada do financiamento e depreciação do carro. Para tais valores foi feita a média de cada um dos dados provenientes de diferentes fontes. Confira:

No que se refere ao aluguel, de acordo com um levantamento que considerou as locadoras Hertz, Movida e Localiza, o custo médio mensal seria de R$ 1.517. Já a taxa de licenciamento tem valor anual fixo de R$ 100. De acordo com o portal MotoristaTop, o motorista de Uber roda cerca de 3.000 km por mês, e o valor médio da gasolina no país é de R$ 4,28, enquanto o etanol custa R$ 3,30 (de acordo com a ANP e a GlobalPetrolPrices, respectivamente).

Pelo simulador da iCarros, a compra de um veículo pelo preço considerado, a entrada mínima teria que ser de R$ 5.000. Já as parcelas seriam de R$ 1.604 ao mês. Sendo assim, no período de três meses os gastos finais para o aluguel totalizariam R$ 4.461, enquanto para o carro quitado seria de R$ 6532 e o veículo financiado somaria R$ 16.344 . Ou seja, para este intervalo é mais viável que o motorista alugue um carro Entretanto, é válido ressaltar que no caso do carro quitado, descontando a depreciação de três meses (3,25%), o autônomo ainda teria um ativo de R$ 40.325.

No caso de 12 meses, com o aluguel o gasto final seria de R$ 31.044, com o quitado de R$ 22.083 e com o veículo financiado esse valor seria de R$ 46.331. Sendo assim, no período de um ano é mais viável que o motorista use o carro quitado e, no final do ano, ainda terá um ativo de R$ 36.261 depois da depreciação completa dos 13%.

E por fim, depois de três anos (considerando o parcelamento médio feito pela plataforma de 36 vezes), o motorista que optou pelo aluguel teria um gasto de R$ 93.132, o de um ano um gasto de R$ 64.227 e o de três anos R$ 126.971. Assim como no intervalo de 12 meses, para este intervalo também é mais viável que o motorista opte por usar o carro quitado. No entanto, ao final de 3 anos, nos dois últimos quadros o motorista continuaria com um ativo de R$ 27.447.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo