Brasil, 11 de Dezembro de 2018

+ F O N T E -

CCR ViaOeste, CCR RodoAnel e Instituto CCR promovem ações contra exploração sexual de crianças e adolescentes na saída do feriado do Dia das Crianças

Em apoio ao programa ‘Na mão certa’, as concessionárias distribuem mensagens de conscientização nas praças de pedágio, painéis eletrônicos e abordam caminhoneiros.

A CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, concessionárias que integram o Programa de Concessão de Rodovias de São Paulo, realizam amanhã, 11 de outubro, uma série de atividades contra a exploração sexual de crianças e adolescentes. A ação, coordenada pelo Instituto CCR, apoia o programa ‘Na mão certa’, da Childhood Brasil.

Com o objetivo de aproveitar o alto volume da saída de feriado de Dia das Crianças, as concessionárias distribuirão 10 mil folhetos nas praças de pedágio do Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Anel. O material explica o que são a violência, o abuso e a exploração sexual e orientam sobre prevenção e como denunciar. Além disso, as empresas também veicularão mensagens em PMVs (painéis de mensagens variáveis) e banners em seus sites divulgando o Disque 100, o Disque-Denúncia da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Todas as ações são apoiadas pela ARTESP – Agência Reguladora de Transportes de São Paulo.

Durante todo o dia, a CCR ViaOeste promove também ações de conscientização junto aos caminhoneiros que utilizam os serviços do programa Estrada para a Saúde, localizado no km 57 (sentido Capital) da Rodovia Castello Branco (SP 280).

Programa Na Mão Certa

Lançado em 2006, o Programa Na Mão Certa congrega as empresas por meio de adesão ao Pacto Empresarial Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras. O objetivo é enfrentar essa grave violação de direitos humanos. O Grupo CCR aderiu ao pacto há dez anos, propondo ações com a finalidade de proteger crianças e adolescentes da exploração sexual nas estradas. “Esta campanha é uma constante para o Instituto CCR. É nosso dever atuar como intermediários na batalha contra a exploração sexual infantil. Os usuários dos serviços prestados pelas empresas do Grupo e os internautas que acessam as páginas do Grupo CCR e do Instituto são nosso canal de acesso para um engajamento ainda maior em nossa luta pela proteção da criança e do adolescente. O objetivo é transformar cada um de nós em um agente fiscalizador. E quem vir qualquer atitude suspeita, deve informar pelo disque 100!”, ressalta a gestora do Instituto CCR, Marina Mattaraia.

Números da violência

O Disque 100 é o principal canal de comunicação da ouvidoria do Ministério dos Direitos Humanos. Em 2017, registrou 142.665 denúncias de violações de direitos humanos em geral e, desse total, 84.049 se referiam a violações diversas a crianças e adolescentes – dentro desse número, a violação sexual foi citada em 20.330 registros. As denúncias são encaminhadas a órgãos como Ministério Público, Conselho Tutelar, delegacias de Polícia e de Proteção à criança e ao adolescente, ouvidorias e outros serviços.

Mais sobre a Childhoood Brasil

Certificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), a Childhood Brasil trabalha para influenciar a agenda de proteção da infância e adolescência no País, em parceria com empresas, com a sociedade civil ou com o governo. A organização tem o papel de garantir que os assuntos relacionados ao abuso e a exploração sexual sejam pauta de políticas públicas e privadas oferecendo informação, soluções e estratégias para os diferentes setores da sociedade.

Criada em 1999 pela Rainha Silvia da Suécia com o objetivo de proteger a infância e “garantir que as crianças sejam crianças”, a Childhood Brasil é uma organização brasileira que faz parte da World Childhood Foundation (Childhood), instituição internacional que conta com mais três escritórios: Estados Unidos, Alemanha e Suécia.

Saiba como denunciar

É possível denunciar qualquer suspeita de abuso ou exploração sexual infantil discando 100, o Disque Direitos Humanos, que funciona 24 horas diariamente, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel, bastando discar 100. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado pelo demandante. Em casos de emergência, pode-se ligar para a Polícia Militar pelo telefone 190 ou para a Polícia Rodoviária Federal pelo telefone 191.

Sobre o Instituto CCR:

O Grupo CCR criou em 2014 o Instituto CCR, entidade privada, sem fins lucrativos, para estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa. O Instituto CCR vai otimizar a utilização de recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo em projetos estruturados em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. O Grupo CCR apoia o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, com a experiência de ter levado mais de 500 projetos para 120 cidades que, desde 2003, já beneficiaram 7 milhões de pessoas com investimento de R$ 185 milhões em projetos estruturados. Para saber mais, acesse o site www.institutoccr.com.br


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo