Brasil, 17 de Outubro de 2018

+ F O N T E -

Labace 2018 começa na próxima terça-feira (14.08) com 47 aeronaves expostas em Congonhas e expectativa de negócios da ordem de US$ 280 milhões

Das quase 100 empresas expositoras, 20% estão no Brasil pela primeira vez. De olho no mercado brasileiro, 51 empresas de diversas partes do mundo, incluindo empresas russas e chinesas, vêm para a feira como visitantes-oficiais, para avaliar a participação em 2019 e 2020. Mercado brasileiro de aviação executiva registra pequeno crescimento da frota, mas tem alta no número de operações (pousos e decolagens), revelando retomada dos voos o que aquece consequentemente o segmento de oficinas, peças e serviços

Começa na próxima terça-feira, 14 de agosto, a 15.a edição da Labace (Latin American Business Aviation Conference & Exhibition). Ao longo de três dias, o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo vai sediar o maior evento de aviação da América Latina. Serão 47 aeronaves expostas, incluindo jatos que variam de US$ 2 a US$ 60 milhões. Mais de 90 empresas participam da feira que tem expectativa de comercializar algo em torno de US$ 280 milhões em negócios iniciados e fechados durante o evento e ao longo dos próximos meses.

O Brasil é dono da segunda maior frota do mundo da aviação geral (tudo que não envolve os voos comerciais). São 15.406 aeronaves (dados de maio de 2018), divididas em jatos (756), turboélices (1.278), helicópteros (2.083) e aeronaves convencionais (11.204). Um crescimento de 0,3% em relação a 2016 na frota total, de 3,7% só nos turboélices, 1,7% na frota de jatos. Aeronaves convencionais registraram queda e o número de helicópteros se manteve praticamente estável. Em 2010, eram 12.310 aeronaves e nos anos seguintes a taxa de crescimento da frota de aviação geral chegou a 7% ao ano, antes da crise na economia brasileira.

Um dos destaques da Labace este ano é o número de empresas que, de olho no potencial do mercado brasileiro, decidiram participar pela primeira vez da feira. São 20 empresas, quase 20% do total de expositores. Outras 51 empresas ainda não estão expondo, mas virão como convidadas-especiais para analisar a eventual participação em 2019 e 2020. “Os russos e os chineses já estão conosco, o mundo inteiro está de olho no potencial do mercado brasileiro porque nada muda o perfil do país de dimensões continentais e dependente da aviação geral, uma vez que aviação comercial atinge apenas pouco mais de 100 dos mais de 5.500 municípios”, disse Flavio Pires, CEO da Abag (Associação Brasileira de Aviação Geral), organizadora da Labace.

De acordo com Leonardo Fiuza, presidente do Conselho da Abag, o crescimento da aviação geral foi puxado pelo agronegócio. “O Nordeste e o Centro-Oeste foram as únicas regiões que registraram aumento da frota, mas outro sinal que nos deixa otimistas é que as operações (pousos e decolagens) aumentaram 13% de 2016 para 2017, em um claro sinal de que as pessoas voltaram a voar para fazer negócios”, explicou. Os dados levam em conta os movimentos de pousos e decolagem nos 33 principais aeroportos.

Entre os grandes nomes da indústria que estão presentes na Labace estão Embraer, Helibras, Bombardier, Dassault, Cirrus, Garmin, Beechcraft, Bell Helicopter, Líder Aviação, TAM Aviação Executiva, Boeing Business Jets, Honeywell, Gulfstream, Pilatus e várias outras.

Novidades da feira

Uma das novidades é a mudança do local de entrada. O que antes era na Avenida Washington Luiz, agora será na Rua Tamoios, 361, endereço já conhecido pelo staff da feira. Com isso, há um melhor aproveitamento das áreas adjacentes ao antigo hangar, tornando a feira mais funcional e com melhor circulação para os visitantes e também para os expositores.

A Labace também promete nesta edição uma programação mais variada e robusta no segmento de conferências, com espaços para debater os temas que mais preocupam e desafiam a aviação de negócios no Brasil e no mundo. São simpósios, seminários e palestras técnicas que acontecem ao longo dos três dias. Alguns dos destaques são o Simpósio Internacional de Transporte Aeromédico, o debate em torno da pirataria na aviação com a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil e a reunião com a SAC – Secretaria de Aviação Civil que vai tratar do que o Brasil quer para a aviação geral nos próximos 20 anos . Todas as palestras são gratuitas e a programação completa está em https://labace.com.br/programacao/

Ao longo de 15 anos, a Labace recebeu nada menos que 145 mil visitantes, 1.830 expositores e 650 aeronaves. A Labace 2018 acontece na terça-feira, dia 14, das 12h às 20h, na quarta- feira das 12h às 20h e quinta-feira, das 12h às 19h. Mais informações www.labace.com.br

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo