Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Entidades empresariais paulistanas apoiam projeto de lei que fiscaliza e desburocratiza tributos municipais

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Assessoria de imprensa FecomercioSP
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Seguros
  • Imprimir

Evento promovido na FecomercioSP mostra a relevância do Projeto de Lei Municipal nº 338/2013 para equilibrar a relação entre contribuintes e Fisco

Em debate realizado ontem na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), representantes do Poderes Público e entidades empresariais confirmaram seu apoio ao Projeto de Lei Municipal nº 338/2013, de autoria do vereador Eduardo Tuma (PSDB/SP), que tem o objetivo de atuar na defesa de direitos, garantias e deveres dos contribuintes municipais da cidade de São Paulo por meio da criação de Conselho Municipal de Defesa do Contribuinte (Codecon Municipal).

Segundo Marcio Olívio Fernandes da Costa, presidente do Conselho de Assuntos Tributários da FecomercioSP e do Codecon-SP, é de grande importância que esse projeto de lei seja aprovado pela Prefeitura Municipal de São Paulo, a espelho dos resultados por ele presenciados no Codecon-SP, que exerce fiscalização e desburocratização dos tributos estaduais. Esse conselho está em exercício desde 2003 e busca aconselhar os contribuintes estaduais na solução de irregularidades, bem como emitir pareceres com aplicação jurídica.

Já para Ives Gandra Martins, jurista e presidente do Conselho Superior de Direito da FecomercioSP, levar adiante o projeto de lei do vereador Tuma representa dar um passo notável na maior cidade do Brasil, servindo de exemplo para os demais municípios. "Tributação justa gera emprego, desenvolvimento e receita para o governo. Tributações injustas geram queda de PIB, pouco crescimento e diminuição de receita", diz o jurista, enfatizando a relevância do assunto.

O vereador Eduardo Tuma apresentou as razões que impulsionam esse projeto de lei. "Infelizmente, temos no município uma ânsia arrecadatória muito grande e, no meu entendimento, ela encontra um conflito muito grande entre o direito e o poder de tributar. O município tem o direito de tributar e deve instituir tributos nos termos da lei, sempre buscando aquilo que chamamos de justiça fiscal", esclarece o vereador.

Haroldo Silveira Piccina, da Coordenadoria Sindical Capital - parceira na organização do debate -, reforçou a importância de uma legislação específica que trate dos contribuintes da cidade. "Está prevista dentro da proposta de criação do Código de Defesa do Contribuinte Municipal a criação do Codecon municipal, assunto que estamos debatendo aqui e que também tem a ver com a questão tributária nacional", observa.

Na ocasião, também participaram do evento Osvaldo Santos de Carvalho, diretor da Consultoria Tributária da Sefaz e membro do Codecon-SP (estadual); Marcio Shimomoto, presidente do Sescon-SP; Gildo Freire de Araújo, presidente do CRC-SP; e Walter Carlos Cardoso Henrique, advogado e representante da OAB-SP e membro do Codecon-SP (estadual).

Para concluir o debate, Marcio Olívio Fernandes da Costa expôs que é essencial a ação conjunta das entidades empresariais para que o projeto de lei seja aprovado pela Prefeitura de São Paulo. "O Codecon Municipal será um guardião apartidário da aplicabilidade da legislação tributária, uma força para unificar quem cobra impostos e quem os paga", conclui.

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 157 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por 11% do PIB paulista - aproximadamente 4% do PIB brasileiro - e gera 5 milhões de empregos.

------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo