Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

10 passos para tirar a ideia de negócio do papel

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Sigma Six
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Seguros
  • Imprimir

Coach de alta performance e autora do livro "Escolha Sua Vida" ensina o caminho das pedras para tirar o sonho do papel e começar a fazer o que se ama

A escritora e coach de alta performance e criadora do “Programa Escolha Sua Vida”, Paula Abreu ensina os passos que devem ser dados para que a realização dos sonhos não fique apenas no papel. Responsável por mudar a vida de milhares de pessoas com seu programa online e livros, e com um faturamento anual de sete dígitos ao ano, Paula se baseia em seus estudos e trajetória pessoal, já que passou a fazer o que ama após 15 anos de uma carreira bem sucedida como advogada.

“Aprendi algumas coisas importantes para tirar o negócio do zero”, começa a coach, que trabalha com diversos pilares, como foco, clareza, coragem e produtividade, entre outros, para ajudar as pessoas a fazerem aquilo que realmente amam, e deixarem sua marca no mundo.
1 – Gerar mais clareza

O primeiro passo a ser dado, segundo Paula Abreu, é escrever. “Por incrível que pareça, o primeiro passo para tirar uma ideia de negócio do papel é colocá-la no papel”, conta. Ela destaca que é importante responder algumas perguntas poderosas, como por exemplo, por que começar o negócio é importante para você, ou o que vai mudar na sua vida quando você conseguir empreender. “Escreva sobre como será o seu dia perfeito quando seu negócio estiver de pé”. A empreendedora sugere algumas das perguntas que podem ser respondidas para gerar a clareza necessária:

Qual é a sua principal motivação para começar este negócio (dinheiro, liberdade, missão, expressão, criatividade, etc.)?

Quais são as suas habilidades e talentos?

Você gostaria de fornecer produtos e serviços?

Quanto dinheiro você tem para investir neste negócio?

2 – Preparar um Plano de Negócios

Paula destaca a importância de criar um guia escrito para ajudar a mapear como começar o negócio e como gerenciá-lo corretamente. Segundo a coach, trata-se de um processo mais simples do que aparenta. “Um modelo eficiente e simples de plano de negócios é o Canvas, que você pode encontrar gratuitamente na internet”, destaca.

3 – Gerar energia

Para ensinar a ter mais energia, Paula cita como exemplo Arianna Huffington, criadora do Huffington Post e uma das maiores empreendedoras do mundo, que diz que a função do líder é conseguir ver o topo do iceberg antes de todos, para assim cuidar da integridade do negócio. “Essa visão é ainda mais importante em um negócio novo. Se você não tiver energia, estiver estressado, desgastado, com sono, provavelmente não vai conseguir ter essa visão ampla do que está acontecendo na sua empresa”, destaca. Segundo a coach, para gerar mais energia é preciso beber mais água, cuidar da alimentação, com 70% do prato composto de verdes e, se possível, orgânicos, se exercitar com regularidade e meditar todos os dias. “Sugiro baixar uma meditação guiada em mp3 gratuita no site www.acreditaemedita.com.br”.

4 – Gerar coragem

Muitas ideias de negócio não saem do papel por causa do medo. E o medo se alimenta do desconhecido. Por isso, Paula destaca que a melhor maneira de conseguir ir em frente, mesmo quando existe medo, é jogar luz sobre o que ainda é desconhecido. “Faça perguntas poderosas a si mesmo sobre o que pode acontecer de pior se tudo der errado, e o que você poderia fazer nesta situação, pois mapeando todos os pontos fracos seus e do seu negócio você consegue gerar mais coragem”, ensina.

5 – Recursos

O quinto passo a ser dado é listar detalhadamente os recursos que são necessários para começar o novo negócio, tarefa que não deve ser difícil após o plano de negócio. “Você deve listar, também, os mentores, livros, treinamentos, workshops e cursos onde você pode aprender todas as habilidades e desenvolver os talentos de que vai precisar para tirar a sua ideia do papel”, ensina Paula, que também alerta para identificar potenciais fontes de financiamento para seu negócio, como parceiros, empréstimos, investidores, incentivo fiscal.

6 – Legalize

A coach lembra uma parte burocrática importante: cuidar da parte jurídica e contábil. “Um dos maiores erros do pequeno empreendedor é achar que isso não é importante, por ser ‘o negócio de um homem só’, mas é sim”. Ela sugere que se tenha ajuda de um advogado e um contador para determinar qual o melhor formato jurídico para a empresa, dar entrada na burocracia necessária e obter o CNPJ. “É super rápido, e você já contrata o contador para cuidar da sua contabilidade desde o início”. E ainda alerta para o caso de ser um negócio físico “Se não é um negócio digital, já dê início também aos processos de obtenção de todas as licenças necessárias, como alvarás, pois burocracia demora e, quanto antes você começar, mais rápido vai terminar”.

7 – Cuide do seu nome

A coach também destaca a importância de pesquisar se a marca está disponível, antes mesmo de investir tempo, recursos e esforço. Se estiver, é necessário já deixar registrado o domínio e tomar as medidas necessárias para registro da marca junto ao INPI. “Vi esse problema de perto: uma cliente minha começou um negócio que em poucos meses floresceu, e criou um curso digital de sucesso, foi chamada para entrevistas na televisão duas ou três vezes em um curto espaço de tempo, e descobriu que alguém tinha registrado um site com o mesmo nome do seu curso”, exemplifica.

8 – Precifique seus produtos e serviços

“Especialmente se você é um pequeno empreendedor, este passo é essencial para o sucesso e sobrevivência do seu negócio”. A coach lembra que muitos empreendedores estão trabalhando de graça ou pagando para trabalhar, sem saber. “Tudo porque nunca sentaram com papel e caneta para avaliar seus custos diretos e indiretos”. Segundo Paula Abreu, quem mais sofre com isso são os prestadores de serviços e profissionais liberais, como psicólogos, dentistas ou Coaches, que muitas vezes têm a ilusão de que têm pouco ou nenhum custo. “Na sua planilha de custo de vida precisa entrar todas as suas despesas mas, também, valores importantes para você manter o estilo de vida que você deseja e que vai lhe trazer felicidade. Se você quer viajar para o exterior uma vez ao ano, o valor desta viagem deve estar na sua planilha de custo de vida, dividido em 12 parcelas mensais, do contrário você vai precificar seus serviços de modo a pagar as contas, mas não incluindo a realização dos seus sonhos e desejos”, ensina.

9 – Aprenda a vender

Paula também explica que, ao abrir um negócio, o empreendedor terá que vender. “É engraçado que muita gente comece um negócio mas não entenda que, dali em diante, passará a ser um vendedor, seja dos seus produtos ou dos seus serviços, da sua expertise, do seu tempo, das suas ideias”, conta. Ela sugere que primeiro é preciso descobrir se há qualquer bloqueio com dinheiro e prosperidade. “Se tiver, trabalhe isso com diferentes ferramentas de desenvolvimento pessoal, tais como o coaching e EFT - Técnicas de Libertação Emocional”. Depois, é preciso estudar e aprender cada vez mais sobre marketing e vendas.

10 – Esteja preparado para errar

Empreender não é uma ciência exata. Paula ressalta que nenhum plano sobrevive ao campo de batalha, mas que no empreendedorismo, assim como na vida, não há fracassos, mas só resultados. “Cada vez que um plano não sair como você gostaria, pergunte-se o que pode fazer diferente para obter o resultado que deseja, e vá ajustando as suas ações”, conclui.

------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo